Um tour pelo novo e legal escritório da Knauf em Londres

Uma equipe de designers da empresa de arquitetura Mailen Design recentemente projetou um novo escritório de peças, showroom de peças e espaço para eventos de peças para o fabricante de produtos de construção Knauf em Londres, Inglaterra.

knauf-london-office-8
Lobby

“Trabalhando em estreita colaboração com o fornecedor de produtos, os produtos da Knauf são implementados de várias maneiras em todo o interior, desde a recepção e os móveis até os pisos, paredes e tetos.

Apoiando esse cenário, há uma série de instalações arquitetônicas em todo o showroom. Uma estrutura semelhante a um ventilador fornece uma vitrine que chama a atenção no showroom. As instalações tentam mostrar a inovação do próprio produto e como ele pode ser moldado de diversas formas. Três esculturas geométricas do tamanho de humanos mostram as diferentes maneiras pelas quais os painéis de design da Knauf podem ser exibidos, seja um folheado de madeira ou uma superfície impressa como pedra ou várias cores.

Uma escada central leva os visitantes a um espaço para eventos e reuniões no porão, ladeado por uma instalação formada por painéis geométricos dobrados que desce do teto do térreo até o nível mais baixo. Processos de projeto paramétrico complexos foram usados ​​para explorar as possibilidades geométricas do produto enquanto testava o desempenho acústico. A parede paramétrica se estende por um espaço de eventos no porão, onde atua como painéis acústicos.

A forma e a forma dentro do espaço melhoram o desempenho acústico, através da maneira como o teto e as paredes se dobram e envolvem a sala de exposições, mostrando os tipos de espaços possíveis com os sistemas Knauf ”, diz Mailem Design.

  • Location: Clerkenwell – London, England
  • Date completed: 2018
  • Size: 3,000 square feet
  • Design: Mailen Design
  • Photos: Peter Landers
knauf-london-office-9
Lobby
knauf-london-office-6
Staircase
knauf-london-office-7
Workstations
knauf-london-office-10
Corridor
knauf-london-office-11
Lounge
knauf-london-office-13
Communal space
knauf-london-office-1
Meeting room
knauf-london-office-2
Meeting room
knauf-london-office-3
Meeting room
knauf-london-office-5
Meeting room
knauf-london-office-12
Hallway
knauf-london-office-4

Netflix começa a aumentar qualidade de vídeos na Europa

Serviço de streaming tinha diminuido a qualidade de filmes e séries para evitar a sobrecarga na rede surante a quarentena

Para não sobrecarregar redes na Europa, Netflix prometeu até 25% de redução na qualidade dos vídeos durante início da pandemia 

Na Europa, série e filmes da Netflix já podem ser assistidos com maior qualidade de imagem, em comparação ao começo da quarentena. O serviço de streaming confirmou ao site FlatpanelsHD que está trabalhando para restaurar a qualidade dos vídeos em vários países.

A diminuição na taxa de bits dos vídeos começou em meados de março, com o objetivo de não sobrecarregar as redes europeias. Na época, muitos países estavam estreitando as medidas de isolamento para evitar o contágio pelo coronavírus, e a maior quantidade de pessoas em casa poderia resultar em uma sobrecarga com uso da plataforma.

Agora, países como Dinamarca, Alemanha e Noruega já relatam o aumento na qualidade dos vídeos, segundo o site americano The Verge, e a retomada, aos poucos, ao fluxo normal foi confirmada pela própria empresa. “Somente no último mês, adicionamos quatro vezes a capacidade normal”, disse um porta-voz ao site FlatpanelsHD. “À medida que as condições melhorarem, elevaremos essas limitações”.

A Netflix, que foi o aplicativo mais baixado no primeiro trimestre de 2020, já possui uma ferramenta interna que ajusta a qualidade de streaming de acordo com a rede disponível na região acessada, mas reduziu o tráfego nos últimos meses em acordo com o comissário da indústria da União Europeia, Thierry Breton. 

Próximo ‘Mad Max’ terá volta da Imperatriz Furiosa, confirma George Miller

Filme mostará juventude da heroína de ‘Estrada da Fúria’, mas diretor descarta rejuvenescer Charlize Theron digitalmente para o papel: ‘Acho que ainda não chegamos lá’
Kyle Buchanan / The New York Times

Charlize interpreta a personagem Imperatriz Furiosa no filme

NOVA YORK — Cinco anos após “Mad Max: Estrada da Fúria” chegar aos cinemas, o diretor George Miller quer levar Furiosa de volta às telas. Mas dessa vez sem Charlize Theron.

Em entrevista ao “New York Times”, Miller confirmou os rumores de que está desenvolvendo um filme independente sobre a heroína, que se tornou um ícone do cinema graças à interpretação de Theron. Mas a atriz não deve voltar ao papel: o novo filme contará a juventude de Furiosa, e Miller está procurando uma atriz de 20 anos para assumir o papel.

Após a pandemia
Miller espera retomar a história de Furiosa quando concluir o drama “Três mil anos de saudade”, estrelado por Tilda Swinton e Idris Elba. Previsto para iniciar as filmagens nesse trimestre, o filme teve a produção adiada quando o medo do coronavírus forçou um desligamento em todo o setor.

— Quando terminarmos esse, e esperamos que tudo se resolva em relação à pandemia, veremos o que o mundo nos permite fazer com a Furiosa — disse Miller.

O projeto vem sendo desenvolvido há muito tempo. Durante a década e meia que levou para criar “Estrada da Fúria”, Miller e seu co-roteirista, Nick Lathouris, construíram histórias extensas  para todos os personagens do filme, desde o antagonista Immortan Joe até o secundário Doof Warrior, que empunha a guitarra-lança-chamas.

Mas foi Furiosa quem recebeu mais atenção. Miller procurou responder a perguntas sobre como era a vida da personagem no idílico “Green Place”, por que ela foi levada do grupo conhecido como Vuvalini e como ela se tornou a guerreira severa que conhecemos em “Estrada da Fúria”

— Era simplesmente uma maneira de ajudar Charlize e a nós mesmos — disse Miller.

Sem rejuvenescimento por CGI
Ainda assim, eles acharam a história de Furiosa tão convincente que decidiram escrever um segundo roteiro mesmo antes de “Estrada da Fúria” começar a ser filmado.

— Pude ler quando fui escalada — diz Rosie Huntington-Whiteley, que interpretou Splendid, uma das esposas de “Estrada da Fúria”. — É genial. Eu sempre me perguntei se esse filme seria feito.

Riley Keough, Zoë Kravitz, Rosie Huntington-Whiteley, Abbey Lee e Courtney Eaton em ‘Mad Max: Estrada da Fúria’ Foto: Divulgação

Por anos, parecia que não, já que Miller estava travando em uma batalha legal com a Warner Bros. por lucros não pagos relacionados ao filme. Mas agora que Miller recebeu o aval para prosseguir, já começou os testes para o papel principal e admite que quem for escalada como Furiosa terá uma grande responsabilidade a cumprir.

— Por muito tempo, pensei que poderíamos rejuvenescer Charlize com computação gráfica, mas acho que ainda não chegamos lá — diz o cineasta. — Apesar do desafio corajoso de “O irlandês”, acho que ainda há uma estranheza. Todo mundo está prestes a resolvê-la, em particular os designers japoneses de videogame, mas acredito que ainda haja um caminho a ser percorrido.

Equipe técnica de volta
Mesmo sem Theron, alguns membros cruciais da equipe dse “Estrada da Fúria” estarão de volta. Um deles é o designer de produção vencedor do Oscar Colin Gibson, que apresentou um detalhe animador sobre a escala da nova produção. Para “Estrada da Fúria”, foram produzidos 135 veículos, dos quais vemos 88 na tela; o novo filme terá ainda mais.

Um filme sobre Furiosa ainda maior que “Estrada da Fúria”? Isso foi o suficiente para atrair o diretor de fotografia John Seale, que passou os últimos anos em um estado de semiaposentadoreia.

— Tive ótimas oportunidades de trabalhar depois da “Estrada da Fúria”, como você pode imaginar, e passei todas elas — diz Seale. — Mas na já disse a George: “Se qualquer um me ligar, estou aposentado. Se você ligar, almoçaremos. E sete anos depois, ele ligou.

Mulher-Maravilha 1984 | Heroína estampa nova capa da revista SFX

Longa segue marcado para 14 de agosto
JULIA SABBAGA

Here’s an exclusive look at #WonderWoman1984 on the cover of this month’s issue of @SFXmagazine, available to buy from May 20

Diana Prince está poderosa estampando a capa da nova edição da revista SFX. A imagem, que pode ser conferida abaixo, mostra a heroína de Mulher-Maravilha 1984 exibindo seus braceletes.

Ainda não há detalhes sobre a história de Mulher-Maravilha 1984, mas agora a amazona vivida por Gal Gadot será mostrada na década de 1980. Chris Pine retorna ao papel de Steve Trevor, Kristen Wiig será a vilã Barbara Minerva, a Mulher-Leopardo, e Pedro Pascal será o também vilão Max Lord. 

Victor Demarchelier for ELLE UK with Merel Zoet

Photographer: Victor Demarchelier. Stylist: Jenny Kennedy. Hair: Hiroshi Matsushita. Makeup: Celia Evans. Model: Merel Zoet.

Regan Cameron for Harper’s Bazaar Germany with Julia van Os

Photography: Regan Cameron. Styled by: Kerstin Schneider. Hair: Kristen Shaw. Makeup: Cedric Jolivet. Casting: Stephan Dimu. Model: Julia van Os.

Sangue e Água | Nova série da Netflix ganha trailer cheio de luxo e suspense

Série sul-africana estreia na próxima quarta-feira (20)
GABRIEL AVILA

Sangue e Água: Série teen africana da Netflix

Netflix revelou o primeiro trailer da série Sangue e Água. A produção sul-africana conta a história de Puleng Khumalo (Ama Qamata), uma jovem que se infiltra em um colégio de luxo para investigar o paradeiro de sua irmã, desaparecida há 17 anos.

Leia a sinopse: “Ambientada nas imediações do Parkhurst College, uma prestigiada escola do centro da cidade para alunos de elite e acadêmicos excelentes, Sangue e Água acompanha os esforços de Puleng Khumalo (Ama Qamata), enquanto ela planeja sua transferência para o colégio a fim de investigar o caso de sequestro no nascimento da irmã mais velha que nunca conheceu há 17 anos”.

Com direção de Nosipho Dumisa (Nommer 37), a primeira temporada terá 6 episódios e chega à Netflix em 20 de maio.

As novidades de beleza mais legais da semana

Os melhores produtos para atualizar seu nécessaire de beauté sem sair de casa
SOFIA FERREIRA (@SOFIACSF)

As melhores novidades de beleza da semana (Foto: Reprodução Instagram @intothegloss)

Enquanto estamos em casa respeitando as medidas de isolamento social, o mercado de beleza lança novidades quentíssimas. Aqui, compilamos uma lista das mais legais para atualizar seu nécessaire de beauté e se preparar para as saídas assim que a quarentena acabar. O melhor? Todos podem ser adquiridos sem sair de casa. Confira:

Glow To Go, Océane
A maquiadora paulistana Nádia Tambasco se uniu a Océane para criar uma coleção de paletas de make. A Paleta de Iluminadores (R$ 79), traz quatro tons cintilantes poderosos para criar a pele glow assinatura da beauty expert em casa. Já a Paleta de Sombras (R$ 94) tem oito tons neutros coringas para produções diurnas ou noturnas.

Novidades de beleza da semana (Foto: Divulgação)
Glow To Go, Océane (Foto: Divulgação)

Base Teint Couture City Balm, R$ 199, Givenchy
A nova base da linha de beauté da casa francesa tem como proposta unir em um só produto os efeitos de maquiagem e skincare. A fórmula entrega cobertura média, acabamento luminoso e duração de até 24 horas. Ainda possui FPS 25 e proteção a poluição e luz visível. À venda no site da Sephora.

Novidades de beleza da semana (Foto: Divulgação)
Base Teint Couture City Balm, R$ 199, Givenchy (Foto: Divulgação)

Eye Brows Big Boost Fibre gel, R$149, MAC
Esse gel colorido de sobrancelhas da MAC promete dar volume e definição à região por até 24 horas. Sua fórmula, à prova de suor, tem microfibras sintéticas que ajudam a preencher falhas e encorpar os fios. Disponível em 8 tonalidades.

Novidades de beleza da semana (Foto: Divulgação)
Eye Brows Big Boost Fibre gel, R$149, MAC (Foto: Divulgação)

Hot Oil Cencentrate, R$ 168, Bumble and bumble
Esse kit com 4 ampolas promete hidratar profundamente seus fios e acabar de vez com o aspecto de pontas ressecadas. O produto deve ser usado semanalmente, antes da lavagem, da raiz às pontas do cabelo. A fórmula é um mix dos óleos de coco, amêndoa, semente de uva, cártamo, macadâmia e rícino.

Bumble and bumble; Hairdressers Hairdresser’s Invisible Oil; Hot oil concentrate 4pc 4 piece 4 pack 4pack tube; HIO; box carton; product shot; Rick Burda; crop; no background bkgd (Foto: Divulgação)
Hot Oil Cencentrate, R$ 168, Bumble and bumble (Foto: Divulgação)


Micro Foam Cleanser, R$ 199, FOREO
À base de vitamina E e aminoácidos, ativos que protegem a pele do ressecamento, esse sabonete líquido promete limpar profundamente seus poros de maneira suave e agradável. A fórmula é vegana e livre de parabenos e óleos minerais.

Novidades de beleza da semana (Foto: Divulgação)
Micro Foam Cleanser, R$ 199, FOREO (Foto: Divulgação)

Hidratante firmador, R$ 100, Sallve
Esse sérum-gel novidade da Sallve traz pela primeira vez uma fórmula com oito formas (e três pesos) de ácido hialurônico, que agem em diferentes camadas da pele. A promessa é de hidratação profunda, efeito tensor imediato e um boost de luminosidade para sua cútis.

Novidades de beleza da semana (Foto: Divulgação)
Hidratante firmador, R$ 100, Sallve (Foto: Divulgação)

Mineral 89 Olhos, R$ 170, Vichy
Depois do sucesso do sérum Mineral 89, best-seller da Vichy no mercado brasileiro, a marca lança agora uma versão para olhos que promete, além de reparar e hidratar a barreira da pele, suavizar as olheiras e desinchar pálpebras e bolsas. A textura é levíssima e tem rápida absorção pela pele – e é ótima opção para quem sofre com oleosidade!

Novidades de beleza da semana (Foto: Divulgação)
Mineral 89 Olhos, R$ 170, Vichy (Foto: Divulgação)

Super Potent Sérum Capture Totale Cell Energy, R$ 499, Dior
À base de células-tronco extraídas de 4 diferentes flores (longoza dos jardins Dior, peônia, lírio branco e jasmim), esse sérum levíssimo da Dior promete ser o melhor soro de antienvelhecimento do mundo. A proposta é que, em 1 mês, já sejam sentidas melhoras relacionadas a firmeza, tonificação e saúde da cútis.

Novidades de beleza da semana (Foto: Divulgação)
Super Potent Sérum Capture Totale Cell Energy, R$ 499, Dior (Foto: Divulgação)

Máscara Facial Revigorante Melão Provençal, R$ 155, L’Occitane
Parte da nova linha de cuidados faciais da L’Occitane, essa máscara revigorante ajuda a melhorar imediatamente o aspecto da pele cansada. Ela age na opacidade, dá um boost de hidratação e reduz o inchaço abaixo dos olhos. O indicado é ser usada de 1 a 2 vezes por semana, por 10 minutos.

Novidades de beleza da semana (Foto: Divulgação)
Máscara Facial Revigorante Melão Provençal, R$ 155, L’Occitane (Foto: Divulgação)

Saque o abridor de latas

Quem não tem alimentos enlatados em casa que atire o primeiro abridor. Pedimos para que alguns chefs abrissem suas despensas e revelassem as latas que não podem faltar nas prateleiras
Por Renata Mesquita, O Estado de S.Paulo

Rei da despensa. Tomate enlatado, em suas várias formas, é item indispensável na cozinha
Rei da despensa. Tomate enlatado, em suas várias formas, é item indispensável na cozinha Foto: Tiago Queiroz/Estadão

Ninguém costuma se gabar de tê-los em casa, mas os enlatados quase sempre estão ali, à espreita na prateleira, prontos para qualquer emergência. Uma latinha de atum para uma pastinha de aperitivo, um molho rápido para o macarrão, uma sardinha ou lata de milho para incrementar o arroz que sobrou na geladeira… 

Elas são acima de tudo práticas, uma mão na roda na hora de improvisar e incrementar as refeições do dia a dia, principalmente nessa época de isolamento social, em que as idas aos mercados devem ser cada vez menos frequentes. 

Nossa intenção não é que você substitua de vez os alimentos frescos pelos enlatados. Nada disso. A premissa é de sempre consumir alimentos in natura, de preferência os da época, melhor ainda se forem orgânicos. Mas atire o primeiro abridor quem não tem uma lata de tomates pelados na despensa. Ou mesmo de atum ou grão-de-bico. E como a nossa missão é fazer você ir para a cozinha, se as latas são aliadas nessas horas, porque não abraçá-las? 

Se nós não podemos te convencer disso, recorremos a chefs de diferentes restaurantes da cidade, que confessaram usá-las, sim, na cozinha de casa e, algumas vezes, nos restaurantes, sem preconceito. Pedimos para que eles abrirem suas despensas e nos contassem quais enlatados não podem faltar na lista de compras. 

O rei da despensa

O tomate pelado é de longe o ingrediente enlatado mais estimado entre os chefs. Roberta Julião, do Da Feira ao Baile, entrega: “prefiro o meu molho de tomate feito com tomate pelado do que o que faço com tomate fresco. Só porque é mais prático é pior?”.  

Prateleira de enlatados na casa da chef Heloisa Bacellar 
Prateleira de enlatados na casa da chef Heloisa Bacellar  Foto: Ana Bacellar

Heloisa Bacellar, que está sempre às voltas na cozinha testando novas receitas para alimentar seu site Na Cozinha da Helô, não esconde: “é lindo fazer um molho de tomate do zero – mas não é vida real, além de mais caro, é muito trabalhoso. Sempre tenho uma latinha no armário”. 

Uma das últimas experiências da Helô foi substituir o creme leite fresco – que é muito mais caro e perecível – pela versão de latinha em algumas receitas, como um gratinado de batatas e o estrogonofe. No primeiro, ela entrega, ele talhou um pouco pelo tempo de forno, mas o sabor ficou tal qual. Já no estrogonofe, a dica é adicionar o creme de leite apenas no final do preparo. “Ferveu, desligou, dá certinho e é muito mais prático e acessível.” 

Enquanto conversávamos para a reportagem ela foi até a despensa dar uma olhada para ver o que mais tinha por lá: grão-de-bico, sardinhas, leite condensado, azeitona, atum e milho.

Homus feito com de grão-de-bico em conserva pela chef Heloisa Bacellar 
Homus feito com de grão-de-bico em conserva pela chef Heloisa Bacellar  Foto: Ana Bacellar

“São ingredientes curinga e que viram uma refeição ao lado de outros alimentos in natura”, afirma Helo. Eles já vêm pré-cozidos e os de boa qualidade têm apenas água e sal entre os ingredientes. Vale sempre aquela dica de ler os rótulos antes de colocar qualquer produto no carrinho. Escolha aqueles que tem a menor lista de componentes, quanto mais natural, melhor. 

Espiga na lata

O milho em lata é um dos grandes tabus do universo dos enlatados. “Se compararmos com o que havia no mercado dez anos atrás, é outro produto –  antes era mais duro, salgado.” A qualidade mudou e, hoje, a chef usa a versão pronta para fazer, inclusive, uma receita que é sucesso em seu site, o bolo de milho de liquidificador

Roberta também abraça o milho em lata na cozinha de casa. Sua receita de creme brulée de milho é um sucesso desde a primeira vez que fez. “Não vou fazer curau com a versão enlatada, mas nessa receita só tem vantagens”.

Creme brulée de milho da chef Roberta Julião 
Creme brulée de milho da chef Roberta Julião  Foto: Roberta Julião

Outro adepto do milho em lata é o chef Fábio Vieira, do Micaela. Um clássico na sua cozinha do dia a dia é o seu creme de milho. “Bato no liquidificador com leite, passo na peneira, em seguida, misturo com um roux (manteiga e farinha), adiciono alguns temperos (noz-moscada, louro) e está pronto. Perfeito para acompanhar o franguinho empanado nas noites de semana com a molecada.” 

O chef Fellipe Zanuto também usa a versão enlatada para fazer o creme de milho que, aliás, acompanha o frango no menu do Hospedaria. “Até testamos fazer com o milho da espiga, mas não fica a mesma coisa, talvez seja até uma questão de memória afetiva.” 

Quebra-galho

Se você gosta de postar seus feitos culinários nas redes sociais, mas esconde o seu macarrão com atum, pode começar a mudar isso. O clássico da praticidade foi citado por quase todos os chefs. Para Zanuto, é uma tradição que trouxe da adolescência. “Chamo de ‘macarrão de praia’. Refogo bastante alho, cebola, adiciono a massa cozida com um pouco do líquido do cozimento, desligo o fogo e entro com o atum, raspas de limão-siciliano e um bom queijo.” 

Além das massas, o atum em lata é grande curinga dos antepastos e lanches. Roberta e Zanuto costumam trocar a maionese pelo cream cheese na hora de fazer a pastinha. Ele também é excelente para incrementar saladas, pode ir direto da lata para a mesa, ou combinado com outros ingredientes, inclusive enlatados. Na salada de feijão e atum basta abrir as duas latas – a de feijão branco cozido e a de atum –, misturar e temperar. 

Da lata. Salada de feijao branco e atum 
Da lata. Salada de feijao branco e atum  Foto: Fernando Sciarra/Estadão

Falando em feijão enlatado, ainda temos pouco costume de consumi-lo dessa forma — ao contrário da Europa, onde é muito tradicional – , mas existem algumas boas opções nos mercados que podem render na sua cozinha. “Eles costumam ser bem cozidos e mais molinhos, o que os torna perfeitos para fazer sopas ou mesmo um cassoulet improvisado de última hora”, sugere o chef Carlos Siffert, professor da escola Wilma Kövesi e consultor da Casa Santa Luzia.  

Ficou se perguntando da ervilha? Vamos direto ao ponto: se puder optar, deixe a versão em lata de lado nesse caso. Prefira a ervilha congelada.