Casa do Porco e Bar da Dona Onça estreiam no delivery

Scroll down to content

Restaurantes do casal Jefferson e Janaína Rueda lançam cardápios desenvolvidos exclusivamente para entrega, com foco na comida caseira
Por Renata Mesquita, O Estado de S.Paulo

A #CPF, a Caixa Prato Feito
A #CPF, a Caixa Prato Feito Foto: Mauro Holanda

De portas fechadas há mais de dois meses – desde o início da quarentena imposta na cidade devido à pandemia do novo coronavírus –, os quatro restaurantes comandados pelo casal Janaina e Jefferson Rueda, que inclui a premiada Casa do Porco, o Bar da Dona Onça, a lanchonete Hot Pork e a Sorveteria do Centro, estavam, inclusive, fora dos serviços de delivery, alternativa a que muitos restaurantes da cidade recorreram no período. 

Depois de muita reflexão, o casal faz sua estreia esta semana nos aplicativos de entrega. Desde hoje (3), pela primeira vez, já é possível escolher entre os pratos do Bar da Dona Onça para comer em casa, pelo Ifood. 

Estão ali da sua clássica galinhada (The modernist, R$ 59) a pratos criados exclusivamente para o canal, como seção macarrão da Jana, com receitas que ela costuma fazer na cozinha de casa, como o nhoque de batatas (R$ 42). Aos sábados, a célebre feijoada da chef também vai sair da cozinha do bar no Edifício Copan. 

O cachorro-quente do Hot Pork voltou ao delivery na terça (2) – antes da pandemia já era possível pedir o sanduíche em casa –, com opção de pedir o dog sozinho (R$ 20) ou em combos (a partir de R$ 30) com bebidas e acompanhamentos como nuggets, porcopoca ou batata chips, tudo caseiro. 

A novidade agora é que é possível pedir kits semiprontos, que incluem os pães de batata artesanal, salsichas, picles de cebola roxa e pepino, catchup de tomate com maçã, mostarda e maionese com limão (R$ 60, 4 unidades), para replicar o sanduíche em casa, acompanhado de instruções de como fazer. 

Lançamento. Kit do Hot Pork para finalziar o sanduba em casa  
Lançamento. Kit do Hot Pork para finalziar o sanduba em casa   Foto: Mauro Holanda

Amanhã (4) é a vez da Casa do Porco lançar seu menu para viagem. A demora, entrega Jefferson, tem motivo: “delivery não é só colocar comida na embalagem”. A preocupação era garantir a qualidade dos pratos na “viagem” até a casa do cliente. Por essa razão, não espere encontrar o cardápio da Casa do Porco tal e qual nas telas do celular. 

Rueda desenvolveu, como era de se esperar da sua mente criativa, uma nova proposta, que batizou de  #CPF – Caixa Prato Feito, mas que você pode chamar como quiser: de Casa do Porco Funcionando, ou Comfort Pork Food, ou Comida Por Favor ou, ainda, Caminhando Para a Frente… 

Trata-se de uma caixa com seis itens, da salada ao prato principal, sempre com preparos que seguem a premissa de “comfort food”, uma comida caseira e afetiva. A cada semana, os itens mudam, de acordo com os ingredientes disponíveis. Mas o Porco San Zé, estará sempre lá. 

Os combos incluem clássicos do menu-degustação do restaurante, que é o único brasileiro entre os 50 melhores do mundo pela lista do 50 Best, como o sushi de papada, que compõe a caixa (ou #CPF) Do Centro, que vem ainda com bife milanesa, arroz branco, cogumelos na brasa, salada de batata, rabanete fermentado e coalhada. 

Preparados com ingredientes orgânicos de produtores de São José do Rio Pardo, terra natal de Jefferson, os pratos chegam em embalagens ecológicas e recicláveis, com design inspirado nas antigas caixas de camisas. Adesivos bem humorados com retratos de Jefferson e Janaína dão graça ao conjunto. 

Croquete de carne de panela com mostarda no delivery do Bar da Dona Onça 
Croquete de carne de panela com mostarda no delivery do Bar da Dona Onça  Foto: Mauro Holanda

Além de seis opções do #CPF – incluindo versões vegetariana e vegana -, o cardápio ainda inclui os embutidos e curados produzidos por Jefferson, vendidos em gramas, como a mortadela e o seu presunto real, além de picles e geleias, pães e sanduíches. O cardápio segue com opções de carnes direto da churrasqueira e pratos compartilhar, além de sacos da famosa porcopoca. 

Seguindo a proposta já vista em outras casas da cidade, Jefferson também vai disponibilizar alguns dos seus pratos icônicos para serem finalizados pelos clientes em casa, como a pancetta com goiabada. 

Todos disponíveis pelo Ifood ou para buscar nos restaurantes, das 12h às 23h. 

Serviço
Hot Pork
A partir de 2 de junho
Pedidos “retire aqui” Hot Pork, cardápio aqui, das 12h às 22h30
R. Bento Freitas 454, Centro

Bar da Dona Onça
A partir de 3 de junho
Pedidos “retire aqui” Bar da Dona Onça (cardápio), das 12h às 22h30
Edifício Copan, Av. Ipiranga 200, Centro

A Casa do Porco
A partir de 4 de junho
Pedidos “retire aqui” A Casa do Porco (cardápio) das 12h às 22h30
R. Araújo 124, Centro

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: