Projeto brasileiro Design&Pride promove divulgação e mentoria para designers LGBTI+

Scroll down to content

Criado por Giácomo Tomazzi, o Design&Pride tem como objetivo criar uma rede de apoio para criativos em defesa da diversidade
POR RAFAEL BELÉM | FOTOS DIVULGAÇÃO

Projeto brasileiro promove divulgação e mentoria para designers LGBTI+ (Foto: Divulgação)

Defender e valorizar a diversidade é também uma missão do design. É o que pensa Giácomo Tomazzi, designer e criador da plataforma Design&Pride, projeto que busca criar um ambiente de troca, aprendizado e conexão entre designers e criativos da comunidade LGBTI+. Nome por trás de um dos mais conceituados estúdios do Brasil, o arquiteto de Itajaí se posiciona a favor da luta por mais pluralidade na produção de mobiliário. “Meu desejo é aumentar a consciência das pessoas sobre a diversidade sexual e potencializar suas diversas manifestações, utilizando o design como ferramenta para criar discussões, novas soluções e melhorar a vida das pessoas”, diz em entrevista à Casa Vogue.

Lançado em junho durante as comemorações do Mês do Orgulho LGBTI+, o projeto nasce como um espaço virtual plural, onde trabalhos de profissionais exclusivamente LGBTIs são expostos. Além da divulgação, o designer coloca-se à disposição para realizar mentorias e conversas sobre diferentes questões que envolvem o processo criativo e a produção de uma peça, auxiliando profissionais invisibilizados e que dificilmente teriam oportunidades semelhantes. “Quero promover o debate, a troca e co-criação de novas realidades”, explica. “Agora, mais do que nunca, sabemos que as nossas diferenças nos fazem humanos e, vivendo num mundo hiperconectado, temos a chance de amplificar e espalhar ideias transformadoras, tornando o virtual mais uma experiência positiva, inspiradora e afetiva”.

Projeto brasileiro promove divulgação e mentoria para designers LGBTI+ (Foto: Paul Pex)
Giácomo Tomazzi  (Foto: Paul Pex)

O que lhe motivou a criar o projeto?
O Design&Pride nasceu da minha reflexão sobre o atual momento que estamos passando e como poderia contribuir com algo maior que eu e meu estúdio. Um exercício de empatia e querer ajudar o outro que não tem as mesas oportunidades ou ferramentas que eu tive.

Como serão realizadas essas conexões e mentorias propostas? Há mais alguém por trás do projeto? Incentivo de alguma empresa?
O objetivo do projeto é incentivar criativos dentro da comunidade LGBTQI+ a desenvolver suas potencialidades dentro do segmento do design de produto. Assessorar nos seus projetos, dar uma direção e mostrar os possíveis caminhos dentro da profissão. Os encontros têm acontecido via WhatsApp com troca de desenhos, imagens e referências. É um projeto com diversas camadas e que ainda estou descobrindo junto com as pessoas que estão me procurando para contribuir, divulgar ou serem ajudadas. Quero que este projeto cresça e estou aberto a parcerias com empresas, indústrias e feiras do setor.

Como tem sido a repercussão entre o meio desde o anúncio?
Tem sido muito boa! Várias pessoas me procuram mandando seu material para avaliação e possível mentoria. Estou empolgado, porque eu também aprendo com a troca e interação com outros criativos. Estamos com pessoas interessadas em ajudar a criar uma plataforma física, onde o resultado seja mostrado numa feira ou exposição, obviamente quando for possível realizar eventos. Também fizemos a primeira postagem com uma designer trans, mostrei os seus produtos e ela está fazendo ótimos contatos com lojas e pessoas interessadas. Tem sido muito recompensador e cheio de significado.

Projeto brasileiro promove divulgação e mentoria para designers LGBTI+ (Foto: Divulgação)
A designer Karol Suguikawa é a primeira profissional a ser contemplada no projeto

Para você, qual a importância da presença LGBTI+ no design? Como você avalia a atual representatividade nesse campo?
Eu acho que existe uma lacuna enorme no mercado a ser explorada. Quais empresas ou lojas divulgam ou fazem campanha com casais gays ou pessoas trans? Outra: quais empresas do setor que evidenciam, empregam ou promovem ações e políticas de inclusão? O conceito de família tem mudado nos últimos anos, existe um lifestyle heteronormativo que ainda é imposto pelas marcas. O mundo tem se transformado muito rápido e poucas empresas têm acompanhado estas mudanças. É hora de falar sobre o assunto, tanto como incentivar criativos LGBTQI+ ou incluir outros modelos de família e lifestyle.

De que forma você acredita que vivências LGBTI+ podem impactar ou influenciar na produção do design?
Do ponto de vista criativo, a comunidade LGBTQI+ tem se mostrado criativa, incorporando novas linguagens através da tecnologia, também utilizando seus corpos como ferramenta de expressão e liberdade. Estamos diante de uma geração mais livre nunca antes vista e totalmente conectada e consciente das necessidades atuais, como sustentabilidade, responsabilidade social, inclusão. Pensando de forma mercadológica, é uma falta grande das marcas, sejam lojas ou indústrias, não considerarem a comunidade LGBTQI+ como consumidores em potencial. Considerar as suas necessidades e incluí-las em seu plano de marketing é uma forma inteligente de conquistar novas camadas de compradores.

Projeto brasileiro promove divulgação e mentoria para designers LGBTI+ (Foto: Divulgação)
Sofá Uno, de Karol Suguikawa

O que pretende conquistar com o Design&Pride?
Eu sempre falo que as diferenças nos fazem humanos e justamente elas são muito importantes para nossa evolução. As pessoas sentem desconforto com o que é diferente, porque simplesmente desconhecem ou por falta de informação. A pandemia veio como um alerta, porque ela nos igualou e não diferenciou raça, gênero, sexo, cor de pele nem condição social. Utilizando este pensamento como base, meu desejo é aumentar a consciência das pessoas sobre a diversidade sexual e potencializar suas diversas manifestações, utilizando o design como ferramenta para criar discussões, novas soluções e melhorar a vida das pessoas. Há também uma intenção de fazer um trabalho social junto a instituições de acolhimento a população LGBTQI+, mas está será uma etapa mais avançada, e deverá ser pensada em parceria com marcas e pessoas interessadas em ajudar e contribuir com o projeto.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: