Prada | Spring Summer 2021 | Multiple Views

Prada | Spring Summer 2021 by Miuccia Prada | The Show That Never Happened (Digital) in High Definition. (Widescreen – Exclusive Video/1080p MFW/Milan Fashion Week Men’s).

Rotina de cuidados noturnos da supermodelo Miranda Kerr| Go To Bed With Me | Harper’s BAZAAR

A supermodelo australiana Miranda Kerr sabe uma coisa ou duas sobre a pele brilhante. Não é de surpreender que ela confie muito em sua própria marca, a Kora Organics, para sua rotina diária de cuidados com a pele. Neste episódio de #GoToBedWithMe, Miranda divide os detalhes de sua rotina para seu tipo de pele normal, além de suas ferramentas e cristais favoritos de beleza.

Follow Miranda here:
https://www.instagram.com/mirandakerr

PRODUCTS MENTIONED:
Kora Organics Cream Cleanser https://fave.co/38RoVyH

Odacite Facial Cleansing Sponges https://fave.co/3gShr1m

Kora Organics Calming Lavender Mist https://fave.co/2Oipxnx

Kora Organics Noni Night Aha Resurfacing Serum https://fave.co/38Yo4fN

Kora Organics Noni Glow Face Oil https://fave.co/3gZZ7nb

Kora Organics Rose Quartz Heart Facial Sculptor https://fave.co/3fsDITg

Kora Organics Noni Radiant Eye Oil https://fave.co/2Ok69qn

Kora Organics Noni Glow Sleeping Mask https://fave.co/2ZYbcSE

PY Neckline Slimmer https://amzn.to/2Wd8CaD

Aromatherapy Associates Polishing Body Brush https://fave.co/3j0YCuy

Theragun G3 Percussive Therapy Massager https://amzn.to/2DG87iZ

Irina Shayk: In The Bag | Episode 26 | British Vogue

Como a estrela da capa da Vogue britânica de março de 2020, Irina Shayk, permanece fresca e energizada enquanto trabalha como supermodelo e mãe? Aqui, ela compartilha o conteúdo restaurador de sua bolsa Burberry, da máscara Mimi Luzon que ela usa enquanto corre entre as sessões (“Parece assustador, mas realmente funciona”) até os Kinder Happy Hippos que ela come como um estímulo ( “Um pouco de açúcar nunca faz mal a ninguém”).

Alta em ações de empresas de tecnologia nos EUA preocupa investidores

Eles dizem que a popularidade das ações de tecnologia e de crescimento em um momento de incerteza econômica mundial deixou suas avaliações muito altas e prontas para uma queda
Por Agências – Reuters

Alta nas ações de empresas de tecnologia preocupa

Alguns investidores estão cada vez mais preocupados com as perspectivas das ações de tecnologia após um rali que levou o índice Nasdaq Composite a atingir máximas recordes, apesar dos danos econômicos causados pelo coronavírus.

Poucos podem reclamar do desempenho do índice S&P 500 Growth, cujos componentes variam de Netflix à fabricante de dispositivos médicos ResMed e registrou alta de mais de 10% no ano até o momento, enquanto o S&P 500 permanece em queda de 2% no mesmo período. Em vez disso, os investidores dizem que a popularidade das ações de tecnologia e de crescimento em um momento de incerteza econômica mundial deixou suas avaliações muito altas e prontas para uma queda.

“Ontem foi o primeiro alerta para ações de crescimento”, disse Sebastien Galy, macro estrategista sênior da Nordea Asset Management, referindo-se a forte quedas das ações de tecnologia na segunda-feira, 13. “O tempo está passando, uma prudência significativa é necessária.”

O Nasdaq Composite caía 0,5% no início do pregão desta terça-feira, enquanto o S&P 500 tinha uma alta moderada, marcando o segundo dia consecutivo em que o Nasdaq teve um desempenho inferior ao mercado como um todo.

No geral, 74% dos gestores de fundos globais são comprados em ações de tecnologia, mostrou pesquisa Bank of America Merrill Fund Manager.

Um cenário de muitas posições na mesma direção geralmente resultam em um subsequente desempenho abaixo da média do mercado, segundo uma análise da Reuters. A melhor venda (short) são as ações de tecnologia, devido à sua posição e ao seu desempenho esticado, observaram analistas da empresa em um relatório.

Com Oprah Winfrey, Jay-Z e Natalie Portman, Blackstone investe US$ 200 mi em leite vegetal

O ex-presidente da Starbucks Howard Schultz também participa do aporte na empresa sueca Oatly
Mariana Grazini

Da esquerda para a direita copo de leite de amêndoa, leite de aveia e leite de arroz integral – Eduardo Knapp/Folhapress

De olho no aquecimento do mercado de produtos veganos, a gigante americana Blackstone anunciou nesta terça (14) um investimento de US$ 200 milhões na empresa sueca de leite de aveia Oatly.

Além do fundo, participaram da rodada de investimento a apresentadora Oprah Winfrey, o rapper Jay-Z, a atriz Natalie Portman e o ex-presidente da Starbucks Howard Schultz.

Segundo a Blackstone, o recurso dará continuidade à expansão global da Oatly, que poderá levar novos empregos à Europa, aos Estados Unidos e à Ásia. Atualmente, a fabricante de leite vegetal tem atuação em 20 países.

Katy Perry está para a palhaçada no clipe de “Smile”

Canção dá nome ao próximo álbum da cantora, que será lançado em agosto
GABRIEL AVILA

Katy Perry revelou essa terça-feira (14) o clipe de “Smile”. No vídeo da canção que dá nome ao seu próximo álbum, a cantora aparece maquiada como um palhaço em cenários coloridos cheio de balões e até dentaduras.

Com lançamento previsto para 14 de agosto, o álbum Smile segue o lançamento de Witness, disco de Perry de 2017, e inclui os singles “Daisies”, “Harleys In Hawaii” e “Never Really Over”.

Anteriormente, Perry havia lançado colaborações; o remix de “Con Calma” com Daddy Yankee e Snow e a colaboração com Zedd, “365”.

Com direito a cartucho do Super Mario, Lego lança kit que recria o Nintendinho

Conjunto ainda tem um uma televisão e conexão Bluetooth

Lego lança kit da Nintendo 

Para muitos é a junção de dois titãs da infância: a Lego anunciou nesta terça, 14, o lançamento de um kit que recria o Nintendinho, console clássico da fabricante japonesa. Com 2.646 peças, o conjunto permite não apenas recriar o videogame, com direito ao controle, mas também inclui um cartucho de Super Mario e uma televisão para ver o game em ação. 

A tela da TV mostra o encanador bigodudo atravessando uma das fases do clássico game de 1985 – uma manivela do lado esquerdo permite movimentar o personagem. O kit estará à venda a partir de 1° de agosto por US$ 230. 

Como outras colaborações entre a Lego e a Nintendo, há elementos tecnológicos no conjunto. É possível posicionar em cima da TV o boneco do Mario incluso em outro kit da Lego baseado no personagem. Eles se conectam via Bluetooth e emitem os sons da fase recriada no novo brinquedo.    

Bill Gates: ‘Vacina contra o coronavírus não deve ir para quem pode pagar mais’

Executivo diz que a distribuição precisa ser justa para que a pandemia não se torne ainda mais letal

Bill Gates quer distribuição justa de vacina contra covid-19

Bill Gates acredita que saldo bancário não deveria definir a prioridade para o acesso a vacinas e medicamentos relacionados ao coronavírus. No sábado, 11, o fundador da Microsoft deu uma palestra numa conferência virtual sobre a covid-19 promovida pela International AIDS Society e declarou ser importante analisar a localidade e os perfis dos pacientes. 

“Se deixarmos vacinas e medicamentos irem para quem pode pagar mais em vez de irem para as pessoas e lugares onde são mais necessários, teremos uma pandemia mais longa, injusta e letal”, disse o ex-executivo. “Precisamos de líderes para tomarem decisões difíceis sobre distribuição baseada em igualdade, não apenas em fatores definidos pelo mercado”, afirmou.  

Em junho, o  Departamento de Saúde e Serviços Humanos (HHS, na sigla em inglês) anunciou que os Estados Unidos compraram quase todo o estoque mundial de remdesivir, remédio apontado por pesquisas recentes como eficaz no tratamento do novo coronavírus.

Dessa forma, essa é mais uma declaração de Gates que contraria a administração Trump. Durante a pandemia, o ex-executivo entrou em conflito com o presidente dos EUA por posicionamentos em relação ao vírus, o que acabou o colocando como alvo da extrema direita do país.  Ele tornou-se a estrela principal de uma explosão de teorias da conspiração sobre a pandemia. Em posts no YouTube, Facebook e Twitter, Gates é falsamente retratado como o criador da covid-19, como um empresário que está lucrando com a vacina contra o vírus e como participante de um plano covarde para usar a doença para vigiar ou exterminar a população mundial.

William Hanna, ao lado de Joseph Barbera, criou personagens como Tom e Jerry

Cartunista, que nasceu em 14 de julho de 1910, estudou engenharia, mas tomou gosto pela animação, descobrindo sua vocação
Luiz Carlos Merten, O Estado de S.Paulo

A animação ‘Tom e Jerry’ Foto: Hanna-Barbera

Ambos agora estão mortos. William Hanna morreu m 2001, aos 90 anos. Joseph Barbera em 2006, aos 95. Hanna nasceu em 14 de julho de 1910, o que significa que, nesta terça-feira, se comemoram 110 anos de seu nascimento. Hanna estudou engenharia, mas, durante a depressão econômica dos anos 1930, a necessidade de sobreviver obrigou-o a procurar trabalho como desenhista. Tomou gosto, descobriu sua vocação.

Ainda durante os anos 1930 assumiu a direção do departamento de animação da Metro. Foi aí que conheceu Joseph Barbera. Iniciaram uma dupla que fez história. Criaram Tom e Jerry. No estúdio, promoveram o casamento da animação com a live action em filmes como o musical Marujos do Amor/Anchor’s Aweigh, de George Sidney, de 145, em que Gene Kelly dança com o gato e o camundongo.

Joseph Barbera (esq.) e William Hanna
Os cartunista Joseph Barbera (esq.) e William Hanna, fundadores da Hanna-Barbera  Foto: Warner Bros/ Reuters

Eram outros tempos da animação, a era Disney, dos desenhos bidimensionais. Ainda estavam longe os computadores e as ferramentas digitais. Os desenhos eram criados manualmente, por batalhões de desenhistas habilidosos. Nos 1950, quando a Metro fechou o departamento de animação, Hanna e Barbera pegaram o bonde da história e bandearam-se para a TV. Em 1957, criaram oficialmente a Hanna-Barbera e lançaram Jambo e Ruivão. Seguiram-se Os Jetsons, Manda-Chuva, Dom Pixote, Pepe Legal. Em 1958, um personagem secundário de Dom Pixote – Yogi Bear/Zé Colmeia – fez tanto sucesso que ganhou série própria. A Hanna-Barbera venceu sete Emmys, o Oscar da televisão.

Hanna e Barbera produziram Scooby Doo, série com personagens criados pela dupla Joe Ruby e Ken Spears, que durou 30 temporadas e teve mais de 580 episódios. Virou um fenômeno de longevidade, perdendo, por enquanto, somente para Os Simpsons. Nos anos 1960, com a história de uma família de classe média durante a Idade da Pedra – Os Flintstones -, lograram o que parecia impossível. Levaram as séries animadas para o horário nobre da TV. Com 166 episódios, e ao longo de seis temporadas, calcula-se que a série tenha atingido mais de 300 milhões de espectadores em cerca de 80 países. Um sucesso que, de alguma forma, abriu caminho para a família disfuncional dos Simpsons. Os Flinstones e seus filhos, amigos, embora vivendo na Idade da Pedra – e tendo um dinossauro, Dino, como animal de estimação -, não diferiam das típicas famílias norte-americanas da época. A América olhava-se no espelho, e achava graça. Hanna e Barbera foram – permanecem – grandes.