Beleza com máscara: da maquiagem que dura mais e não transfere aos cuidados com a pele sob o tecido

Scroll down to content

O que precisamos saber e fazer em tempos de uso contínuo da máscara de proteção
LUIZA SOUZA

(Foto: Nick Scaife)

Viver em meio a uma pandemia fez com que a máscara de proteção cobrindo metade do nosso rosto se tornasse um item obrigatório e, com isso, surgiram novas necessidades de cuidados com a pele que sofre ao ficar abafada (criou-se até o termo “mascne”, relacionado à acne que aparece neste período) e também pode apresentar alterações por causa do estresse.

Rituais de skincare viraram nossos melhores amigos na quarentena, mas será que fazer esfoliação com tanta frequência faz bem? Maquiagem e máscara de proteção parecem não combinar juntas, mas há, sim, truques para que o produto se mantenha no rosto – e não no tecido. Além disso, experimente focar nos olhos, já que são eles que ficarão mais em evidência. “Cílios bem curvados e sobrancelhas cheias são um must neste momento. E, claro, o rímel… aplique uma camada extra se você for ao supermercado!”, diz a maquiadora Rebecca Muir. A seguir, especialistas como o make-up artist Peter Philips, da Dior, dão dicas para te ajudar a se adaptar melhor aos dias de hoje, sem deixar a saúde e a autoestima de lado.

Pessoal e intransferível (Foto: Nick Scaife)
(Foto: Nick Scaife)

NOVAS MEDIDAS
“Não há evidências que comprovem que o uso de maquiagem prejudique a eficácia das máscaras. No entanto, a capacidade de filtração diminui se o tecido ficar úmido ou molhado”, afirma a dermatologista Luli Palermo, que atende em São Paulo. Evite, portanto, usar bases muito hidratantes, produtos cremosos, batons com efeito molhado e glosses. O mais indicado são os itens de texturas leves, com gel-creme ou sérum. “É importante aguardar que o produto seque totalmente antes de vestir a máscara”, atenta a médica. Por outro lado, o tecido pode, sim, atrapalhar a maquiagem. “Escolha produtos de boa qualidade, com tecnologia de não transferência e textura seca”, diz a dermatologista Adriana Cairo.

PELE EM ALERTA
Máscaras de proteção criam um ambiente quente e úmido. Quando usadas por tempo prolongado, podem provocar reações como irritações, dermatites de contato e acne – principalmente nas áreas como nariz, bochechas e queixo. “Para evitar, dê preferência às máscaras de tecidos suaves, como o algodão e o TNT e lave o rosto comum sabonete adequado para seu tipo de pele para remover as impurezas”, diz Luli. Também é importante cuidar da higienização e do balanceamento da microbiota da pele que está sendo “agredida” diariamente. “Vale investir em um gel de limpeza com ação posbiótica, que irá atuar em seu equilíbrio, sem uso de sabão, álcool e parabenos”, diz a farmacêutica bioquímica e diretora científica da Mezzo Dermocosméticos Joyce Rodrigues. A hidratação é primordial, assim como a proteção solar. “O filtro deve ser aplicado diariamente, principalmente entre os profissionais que usam a máscara N95 por muitas horas, já que a pele pode sofrer com hiperpigmentação pelo atrito constante”, complementa Joyce.

Da esquerda para direita: Dior Addict Lip Tattoo, R$ 159; Dior Addict Lip Sugar Scrub, R$ 169; Diorskin Nude Air Translucent Powder, R$ 299; Diorskin Forever Primer, R$ 289; Dior Backstage Face & Body Foundation, R$ 229; Dior Forever Skin Correct Conceale (Foto: Divulgação)
Da esquerda para direita: Dior Addict Lip Tattoo, R$ 159; Dior Addict Lip Sugar Scrub, R$ 169; Diorskin Nude Air Translucent Powder, R$ 299; Diorskin Forever Primer, R$ 289; Dior Backstage Face & Body Foundation, R$ 229; Dior Forever Skin Correct Conceale (Foto: Divulgação)

MAKE-UP PRA DURAR
Para a rotina perfeita de uma maquiagem que não transfere, prepare e hidrate o rosto com um primer matificante e escolha uma base de cobertura construível. “Indico a Dior Backstage Face & Body, que cria uma camada invisível na pele e resiste a condições extremas por 12 horas”, diz Peter Philips, make-up artist e diretor de criação e imagem da maquiagem da Dior. Já o pó mineral se torna um ótimo aliado em makes do dia a dia com máscara. “O pó Diorskin Mineral Nude Translucent Matte, infundido de minerais cristalinos, uniformiza, matifica e sublima a incisão da luz sobre o rosto, o que chamamos de efeito aperfeiçoador. Resultado: maquiagem nude invisível de acabamento aveludado e com a textura de pele impecável, que dura e não transfere”, diz Peter.https://tpc.googlesyndication.com/safeframe/1-0-37/html/container.html

Pessoal e intransferível (Foto: Nick Scaife)
(Foto: Nick Scaife)

ESCONDIDOS, MAS EM ORDEM
Lábios fissurados devem ser tratados. “Não só por conta das lesões que podem ser dolorosas, mas porque, além de ficarem mais bonitos, ajudam a fixar melhor a cor do batom”, ensina a dermatologista Luli Palermo. Peter Philips também tem dicas: “Esfolie os lábios como Dior Lip Sugar Scrub, que vai amolecer os lábios, remover as peles mortas e deixar a boca com uma cor naturalmente bonita”. Para que o batom dure mais, não borre e não cause desconforto, o expert indica o Dior Lip Tatoo, espécie de tint labial com aderência de dez horas e fórmula leve e sem transferência. “Aplique uma leve camada por todo o lábio e respire pela boca e nariz algumas vezes. Isso faz com que o produto penetre de forma uniforme nos lábios”, ensina.

Beleza: Rebecca Muir com base Dior Backstage, Batom Rouge Dior e Sombra Dior 5 Couleurs
Modelos: Connie Savill (Viva) e Aurelie Giraud (Premier Model Management)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: