Conheça a marca carioca Cura que faz sapatos de crochê de palha de buriti

O apreço por desenvolver acessórios especiais e artesanais para o dia a dia guia a grife carioca Cura
PAULA MELLO

A fundadora Raissa Colela com sandálias de treliça (R$ 449), ao lado da mule de tressê (R$ 407) (Foto: Gustavo Ipolito)

“Tenho como meta transformar minha pesquisa e paixão pelos fazeres artesanais brasileiros em produto”, conta Raissa Colela, de 35 anos, sobre a sua marca de calçados, a carioca Cura, lançada em março de 2019. Objetivo cumprido: a designer, nascida em Brasília e criada no Rio de Janeiro, trabalha em parceria com artesãs de Barreirinhas, no Maranhão, para desenvolver sapatos e bolsas de crochê de palha de buriti, tingidas com corantes naturais provenientes de ingredientes como a casca de cebola.

A partir do alto, modelos de tressê e couro (R$ 419 e R$ 372) da Cura (Foto: Gustavo Ipolito)
A partir do alto, modelos de tressê e couro (R$ 419 e R$ 372) da Cura (Foto: Gustavo Ipolito)

“A marca tem um propósito responsável, aliado com o design que preza pelo conforto, e ao mesmo tempo, versatilidade, sem abrir mão da beleza”, elogia Ana Isabel de Carvalho Pinto, fundadora do Shop2gether, que elegeu a grife para participar da quinta edição do projeto de Novos Designers, que tem curadoria de Ana junto com a Vogue e Costanza Pascolato. Formada em design de produto pela PUC-RJ, Raissa passou pela Farm e pela Cantão antes de estruturar o negócio próprio. Mesmo com pouco tempo no mercado, a Cura já participou de um showroom em Paris, onde vendeu para lojas em seis países (Grécia, Espanha, França, Itália, Bélgica e Portugal), além de estar presente em várias multimarcas espalhadas pelo Brasil.

Beleza: Clara Holtz com produtos Dior e Cover FX
Assistentes de fotografia: Rafael Monteiro e Toninho Bosco
Assistente de styling: Matheus Oliveira
Assistentes de beleza: Bia Ota e Lita Filiê
Agradecimentos: Estúdio Orth

Idris Elba – Live from Amsterdam (Heineken powered by Defected)

Heineken & UEFA Presents The Opening Party Powered By Defected

Tracklist:

  1. Brokenears – The Game
  2. Idris Elba – Make It Bump
  3. Felix Leiter & Ben Rainey – Good Times
  4. Heller & Farley Project- Ultra Flava (David Penn Extended Remix)
  5. ID-ID
  6. ATFC – No Words (KPD Remix)
  7. Bobby Blanco & Miki Moto -3am (Original Mix)
  8. Idris Elba & Inner City – No More
  9. David Glass – In My Heart (Original Mix)
  10. Supernova Feat. Marley Munroe – Can’t Stand It (Extended Mix)
  11. Darius Syrossian – Come On Come On (Extended Mix)
  12. 2 Sides Of Soul – Strong
  13. ID-ID
  14. Ace2Ace & Agent Greg – I Want U
  15. DAVIE – Testify (KDA Remix)
  16. ID-ID
  17. Idris Elba Feat. Shadow Boxxer – Girl With The Bat
  18. Adamski, Seal – Killer (Unknown Remix)

Quatre Garçons Dans L’Équipe

Anthony Bosco, Paris Hammond Hagan, Razak Salifou, and Stello shot by Francesco Zinno, in exclusive for Fucking Young! Online.

Models: Anthony Bosco at Mil @mvpbosco, Paris Hammond Hagan at Nevs @parishimself11, Razak Salifou at SUPE @razaksalifou, Stello @stello_taz
BRANDS: PHUG, Feather Pendants, Benny Andallo, Syre, adidas, Maphia Familia.

IVY Swimwear | Resort 2020 | Full Show

IVY Swimwear | Resort 2020 | Full Fashion Show in High Definition. (Widescreen – Exclusive Video/1080p – Art Hearts Fashion/Miami Swim Week)

Kelly Mac – Clips/Joyride/Lockjaw

Madonna trabalha em filme secreto com roterista Diablo Cody de Juno

A cantora publicou um vídeo das duas colaborando
MARIANA CANHISARES

Madonna está trabalhando em projeto secreto com a roterista Diablo Cody

Madonna revelou no Instagram que está trabalhando em um filme secreto com a roteirista Diablo Cody, conhecida por seu trabalho em Juno Tully. A cantora não deu detalhes sobre o projeto, mas os fãs já especulam que seja sua cinebiografia. Confira:

“Quando você está presa em casa com vários machucados, o que você faz? Escreve um roteiro com Diablo Cody sobre…”, escreveu Madonna.

Esta não é a primeira vez que Madonna se envolve com cinema. Na realidade, ela apareceu em ao menos 17 produções, além de ter experiência na direção graças a longas como W.E.: O Romance do Século e Sujos e Sábios.

Madonna está trabalhando em projeto secreto com a roterista Diablo Cody
Madonna está trabalhando em projeto secreto com a roterista Diablo Cody

Agents of SHIELD | Equipe vai para a última missão em teaser do episódio final

Série se despede dos fãs nesta semana
MARIANA CANHISARES

ABC revelou o teaser do último episódio de Agents of SHIELD, que vai ao ar na próxima quarta-feira (12) nos Estados Unidos. A prévia, além de relembrar os membros da equipe, dá uma amostra do clima épico da missão final deles.

O final de Agents of SHIELD marca também o fim das produções da Marvel Television, que encerrou oficialmente suas atividades e será incorporada ao Marvel Studios

Heineken and UEFA presents the opening party powered by Defected

Temos o orgulho de anunciar que vamos realizar a festa oficial de lançamento das finais da UEFA Champions League e da UEFA Europa League no domingo, 9 de agosto. Em parceria com a Heineken, daremos continuidade às vibrações do nosso #VirtualFestival, mas cada vez maior … e melhor. Seus DJs favoritos se juntarão a nós ao vivo de locais ao redor do mundo, dando início a 20 dias de loucura do futebol nas maiores competições de clubes do mundo.

Estado zero’, série da Netflix, tem altos e baixos, mas prende

Yvonne Strahovski em ‘Estado zero’, da Netflix (Foto: Divulgação)

Nova série da Netflix, “Estado zero” é ambientada num campo de refugiados na Austrália. Não por acaso, ele fica em pleno deserto: o lugar é árido no sentido objetivo e no simbólico também. As regras que valem lá são desumanas. A produção, em seis episódios, joga luz sobre as tragédias da imigração ilegal e a teia de burocracia que envolve quem busca recomeçar a vida num país desconhecido, fugindo de alguma realidade terrível. Mas esse é o painel maior. A trama segue alguns dramas particulares e são eles que levam o espectador a enxergar o quadro mais completo. A produção é inspirada na história real de Cornelia Rau, uma alemã detida ilegalmente em 2004 num local como esse. E seu título alude à sensação de diáspora e desamparo que acompanha as pessoas que passaram por essa experiência.

Sofie Werner (Yvonne Strahovski), Claire Kowitz (Asher Keddie), Cam Sandford (Jai Courtney) e Ameer (Fayssal Bazzi), personagens centrais, desembarcam no mesmo campo, mas por razões diversas. Afegão, Ameer quer se livrar dos perigos do Talibã com a mulher e as duas filhas. Acredita nas promessas de um suposto guia que os levará de barco até uma idílica Austrália. Mas dá tudo errado para eles. Sofie, a protagonista, é uma aeromoça triste e com baixa autoestima que foge de pressões familiares. Cam, um pai de família australiano, consegue um emprego como segurança . E Claire torna-se a administradora do lugar.

Embora bem realizada, “Estado zero” demora a engrenar. É um problema de roteiro. O primeiro episódio, por exemplo, serve a apresentar os personagens e, mesmo assim, só faz isso parcialmente. Ele se concentra em Sofie e em Ameer. Aos poucos, no entanto, a narrativa vai se estabelecendo e fica atraente. Vale insistir sobretudo para apreciar o trabalho do elenco. Yvonne Strahovski, conhecida como a vilã Serena de “The handmaid’s tale”, aqui mostra uma faceta completamente diferente. Sua personagem é doce, frágil e desprovida de autoconfiança. A atriz surpreende com uma construção minuciosa, cheia de modulações. Ela estabelece um laço de empatia com o público no primeiro minuto. E não é a única estrela. Cate Blanchett vive Pat Masters, casada com Gordon (Dominic West). Os dois tocam uma espécie de grupo de autoajuda com ares de seita perigosa. Ambos foram vistos recentemente em séries de TV em papéis bem diferentes. Ela, em “Mrs. America”, como uma militante antifeminista dos anos 1970. Ele, em “The affair”, interpretando um escritor atormentado e sem estrela. Os dois atores dão um show de versatilidade e chegam a resultados nunca vistos pelo público em outros trabalhos.

“Estado zero” tem altos e baixos, mas prende. E seu tema, atual e relevante, justifica a viagem. [PATRÍCIA KOGUT]