Ex-costureiro, imigrante senegalês Mohamed Deme é nova aposta nas passarelas

Scroll down to content

Mohamed Deme veio para o Brasil em busca de uma vida melhor e se tornou modelo
Mariana Coutinho

Mohamed Deme é nova aposta da JOY Model Foto: Leandro Franco/ Divulgação

Seu rosto já estampa campanhas da Samsung, Renner, Reserva, Malwee e iFood mas há pouco tempo Mohamed Deme, de 31 anos, nem podia sonhar que se tornaria modelo. Ele trabalhava como costureiro em Dacar, no Senegal, e resolveu se mudar para o Brasil em busca de uma vida melhor. Certo dia, foi abordado em um supermercado e chamado para fazer um desfile pequeno. “A partir daí, não parei mais”, conta.

Ele é a nova aposta da JOY Model, agência de grandes nomes como Lais RibeiroValentina Sampaio Aline Weber. “Nunca tinha pensado que poderia ser modelo. Quando era mais jovem, algumas pessoas falavam isso, perguntavam se eu era modelo, mas eu sempre achava que era algo muito distante da minha realidade”, diz Mohamed.

Mohamed era costureiro no Senegal Foto: Leandro Franco/ Divulgação
Mohamed era costureiro no Senegal Foto: Leandro Fr

Ele vive atualmente em São Paulo e diz que a rotina mudou muito desde que começou a trabalhar em frente às câmeras: “Cuido mais da minha alimentação e pratico exercícios físicos agora. Minha rotina também tem os testes e os trabalhos, fiz campanhas para clientes muito legais. E, antes da pandemia, passava bastante tempo fazendo fotos e filmagens”.

Na carreira de modelo, o que mais atrai Mohamed é a possibilidade de viajar e conhecer novas culturas. “Minha primeira viagem internacional tinha sido do Senegal para o Brasil. Nunca tinha saído de lá antes”. Além disso, ele destaca a questão da representatividade: “Poder ser uma inspiração para pessoas como eu, que vem de outros lugares buscando novas oportunidades, para os negros como eu, é também muito especial.”

Mohamed veio para o Brasil em busca de uma vida melhor Foto: Leandro Franco/ Divulgação
Mohamed veio para o Brasil em busca de uma vida melhor Foto: Leandro Franco/ Divulgação

Quanto ao Brasil, ele é só elogios: “O que eu mais gosto é da energia das pessoas aqui, são todos muito receptivos e gentis”.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: