Salto alto com os dias contados? Moletom em alta? Pandemia coloca a indústria fashion em xeque

Scroll down to content

Restrições impostas pelo novo coronavírus preocupam dos gigantes globais às etiquetas nacionais
Gilberto Júnior

Irina Shayk em campanha de pijamas Foto: Divulgação
Irina Shayk em campanha de pijamas Foto: Divulgação

A stylist carioca Nathália Cherém brinca que deu umas “férias” para os pés assim que começou a praticar o distanciamento social. Os saltos altos foram parar no fundo do armário e não devem sair de lá tão cedo, mesmo com a chegada da aguardada vacina contra a Covid-19. “Quando preciso sair de casa, só uso tênis”, observa ela. “Nós, mulheres, sofremos essa imposição da sociedade, né? Querem nos ver nas ‘alturas’. Depois da pandemia, acredito que vamos continuar apostando no conforto. A moda será consumida de outra forma.”

CEO da Capri Holdings, John Idol demonstra preocupação com o futuro da Jimmy Choo, marca de sapatos que faz parte do portfólio do grupo ao lado das grifes Versace e Michael Kors. “Realmente, o negócio de calçados está sob pressão”, afirmou o empresário numa teleconferência, reproduzida pelo site “Quartz”. De fato, as restrições impostas pelo novo coronavírus pegaram a indústria fashion em cheio — dos gigantes globais às etiquetas nacionais.

Saltos em baixa? Foto: Tristan Fewings / Getty Images
Saltos em baixa? Foto: Tristan Fewings / Getty Images

Até março, os campeões de vendas na carioquíssima The Paradise, da dupla Thomaz Azulay e Patrick Doering, eram os conjuntos e os vestidos soltos. Os estilistas captaram rapidamente a mudança de comportamento e lançaram produtos que dialogam com as necessidades atuais, como máscaras e uma linha de homewear — com destaque para os robes. “Que podem ser usados em casa e na rua”, ressalta Azulay. “A moda é muito múltipla. Vão continuar existindo diversas formas de produzir: consciente, inconsciente… Não foi todo mundo que entendeu esse recado celeste.”

Com lojas no Brasil, a italiana Intimissimi reduziu e extinguiu uma série de peças para investir em outras mais pertinentes ao momento. Os pijamas e o loungewear cresceram 1.800% durante a pandemia. “As pessoas estão em busca de estilo e conforto, e nós oferecemos isso”, diz Alvaro Gutierrez, country manager da marca de lingerie no país.

Atenta, a Forum, especialista em jeans, elegeu o moletom o protagonista da coleção Stay Positive, que traz ainda uma parceria com a artista visual paulistana Verena Smit. A intenção é encher de positividade o look nosso de cada dia.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: