As Hot as It Gets

Alberto Ramirez, Guillermo Bernat, Hugo Navarro, Luis Alort and Borja shot by Jordi Terry and styled by Guillem Chanza & Enol Blasco, in exclusive for Fucking Young! Online.

Models: Alberto Ramirez @ramitribiani, Guillermo Bernat @guillermobernat, Hugo Navarro @hugoonp, Luis Alort @luisalort @5.0modelsmanagement, and Borja @98borya @ciaomodels
MUAH: Mar @emebras
BRANDS: Calvin Klein, Versace, Fred Perry, Lacoste, Ermenegildo Zegna, Louis Vuitton, Gucci, Ralph Lauren, Burberry, Hugo Boss, Sandro, Fornasetti and SamsoeSamsoe.

Heaven on Earth by Virgil Abloh for Men’s Fall-Winter 2020 | LOUIS VUITTON

A ideia utópica de “paraíso na terra” é a inspiração central para a nova campanha masculina da Louis Vuitton. As imagens, fotografadas por Tim Walker, expandem a abordagem surreal da coleção por meio da linguagem metafórica das nuvens. Aplicando sua ideia de infância (ver o mundo através dos olhos de uma criança), Virgil Abloh usa as nuvens como um símbolo de liberdade, unidade e paz. Evitando restrições e posses, corpos de sonho flutuam em um céu que é universalmente observado além de fronteiras e crenças.

Galeria arte A Gentil Carioca no RJ instala bebedouro em fachada para pessoas que vivem em situação de rua

Ação funcionará por três meses, liberando até 500 litros de água por dia

Galeria no RJ tem bebedouro em fachada para pessoas que vivem nas ruas (Foto: Divulgação)

Um bebedouro ativado por aproximação e uma saboneteira foram instalados na fachada da galeria de arte A Gentil Carioca, na Lapa, região central do Rio de Janeiro, voltados para pessoas em situação de rua.

A ação, nomeada de Água de Beber, foi feita em parceria de coletivo de mesmo nome e Mais Amor Menos Capital, Taboa Engenharia, e o Gentil Apoio da 342 Artes, e permanecerá lá por três meses, liberando 500 litros de água potável por dia. 

Essa mesma fachada da galeria, a Parede Gentil, já recebeu obras de artistas como  Anna Bella Geiger, Paulo Bruscky, Maria Nepomuceno, Arjan Martins, OPAVIVARÁ!, Carlos Garaicoa, entre outros. O endereço é Rua Gonçalves Ledo, 17.

Para a Água de Beber, também foram escritas recomendações para o uso, em que pedem para manter o distânciamento de 1,5m de outras pessoas e não encostar na torneira – que é ativada por aproximação. 

Esse é o primeiro projeto realizado pelo coletivo Água de Beber, que pretende implementar outras fontes de água potável pela cidade e pelo país.

Galeria no RJ tem bebedouro em fachada para pessoas que vivem na rua   (Foto: Divulgação)
Galeria no RJ tem bebedouro em fachada para pessoas que vivem na rua (Foto: Divulgação)

Magliano Fall/Winter 2020 Lookbook

Como que para curar o delírio causado por um sonho, a Magliano’s FW20 collection completa o processo do sonho ao digerir psíquica e romanticamente os restos de visões e experiências noturnas.

Art direction: Elisa Voto and Roberto Ortu
Photography: Thomas Hauser

Como o estilista Pierre Cardin usou a moda para revolucionar o mundo

Em entrevista, francês reflete sobre a fuga de sua família do fascismo na Itália e fala sobre sua carreira
Marc Myers

Pierre Cardin, 98, é um designer francês que foi o primeiro a democratizar a alta moda e a desenvolver seu nome como marca. Um documentário sobre sua vida, “House of Cardin”, será lançado em 28 de agosto.

THE WALL STREET JOURNALPierre Cardin, de 98 anos, é o estilista francês que primeiro democratizou a moda fina e desenvolveu seu nome como marca. Um documentário sobre sua vida, “House of Cardin”, será lançado dia 28 de agosto. Ele conversou com Marc Myers.

O soldado alemão olhou para os meus documentos. Depois olhou para mim, e de novo para os documentos. Ele ordenou que eu subisse em um caminhão preto. Passei 24 horas sentado lá, chorando. Estava morrendo de medo.

Foi em junho de 1940, pouco depois da invasão alemã à França. Eu tinha 17 anos, e estava viajando de bicicleta a Paris, para procurar trabalho como alfaiate. Em um posto de controle alemão, o soldado achou que meus documentos eram falsificados.

No dia seguinte eles me soltaram. Corri tanto, ao sair de lá, que quase voei. Depois daquela experiência, eu só tinha uma ambição: fazer sucesso.

Nasci na casa de meus pais em San Biagio di Callalta, na Itália, cerca de meia hora ao norte de Veneza. Meu nome italiano de batismo era Pietro Cardin, pronunciado “Cardin” e não “Cardã”, e fui o último de nove filhos.

Antes da Primeira Guerra Mundial, meus pais eram proprietários de terras prósperas. Eram comerciantes de vinho e tinham vinhedos, e armazéns de gelo que forneciam gelo às pessoas da aldeia.

A guerra foi traumática e prejudicou os negócios do meu pai. Depois veio o fascismo italiano, no começo da década de 1920. Meus pais não queriam nos criar lá.

Em 1924, eu tinha dois anos e meio, nos mudamos para a França, para escapar. Primeiro moramos em Firminy, cerca de uma hora a sudoeste de Lyon. Quando eu tinha sete anos, nos mudamos para Saint Étienne, uma cidade maior a cerca de 20 minutos de distância.

Lá, alugamos uma casa isolada, com um jardim e um pomar nos fundos. Meu pai não conseguia encontrar emprego, e tinha de usar o dinheiro que trouxemos da Itália para alimentar a família.

O que mais me lembro sobre nossa casa eram as frutas que cresciam do lado de fora. Quando respiro fundo, ainda consigo me lembrar do cheiro das macieiras e pereiras.

Família posa para foto
Pierre Cardin, primeira fila à esquerda, com sua família na Itália em 1924. Última fila, a partir da esquerda: Teresa, pais Alessandro e Maria Montagner-Cardin, Amelia e Rosy. Centro: Carlo. Fila da frente, direita: Cesar. – Arquivo pessoal/Pierre Cardin

Poucos anos depois, fiz muita amizade com uma menina da minha idade, chamada Janine, que morava lá perto. Um dia, desenhei uma coleção de vestidos para suas bonecas, e os costurei com o material branco usado em roupas de balé. Meu pai não ficou feliz com minha nova paixão. Dizia que fazer vestidos não era trabalho para meninos. Fiquei muito triste quando eles tiraram as roupas que fiz das bonecas.

Meus pais eram pessoas já mais velhas. Maria, minha mãe, tinha 46 anos, e Alessandro, meu pai, 58, quando nasci. Eles me deram uma boa educação, mas em geral não interferiam muito comigo, e pude fazer o que queria.

Eu era uma criança muito sensível. Fui criado com bons modos, mas era solitário. Passava boa parte do meu tempo desenhando, criando modelos. Além da moda, eu amava a arquitetura e o teatro, que permitem que você seja sentimental. Na moda, isso não é possível.

Aos 17 anos, comecei a fazer um curso noturno de contabilidade, em vez de ir aos bailes locais. Depois me mudei para Vichy, onde me tornei cortador em uma alfaiataria e aprendiz da Manby, uma alfaiataria masculina.

Depois do risco de morte que enfrentei em 1940 no posto de vigilância alemão, comecei a trabalhar como contador para a Cruz Vermelha, em Vichy.

Um dia, depois da libertação da França, em 1944, eu estava em um café com uma amiga que também trabalhava para a Cruz Vermelha. Eu lhe disse que queria trabalhar em Paris, na Paquin, a mais importante casa de alta costura da França até então. Minha amiga conhecia o senhor Waltener, que era próximo de todos no mundo da moda. Ele me apresentou a Paquin, e fui contratado como costureiro.

Na Paquin, conheci o diretor de cinema Jean Cocteau e o estilista Christian Bérard, e os ajudei com os figurinos e as máscaras para o filme “A Bela e a Fera”, de 1946.

No ano seguinte, me transferi para a casa de Christian Dior, onde me tornei o primeiro empregado, e o ajudei a desenvolver o agora famoso New Look, em 1947. Eram modelos que celebravam a feminilidade elegante.

Em 1950, abri meu atelier de moda, e apresentei minha primeira coleção em 1954. Dior me mandou 144 rosas. Fiz meu primeiro desfile de moda masculina em 1960. A moda masculina era tão nova que tive de recorrer às universidades de Paris para encontrar estudantes dispostos a trabalhar como modelos.

Atualmente vivo em Paris, em uma casa de quatro andares perto do Élysée, o palácio presidencial francês. É uma boa vida.

Como no dia em que desci daquele caminhão alemão, estou correndo desde então. Mesmo agora, não olho para trás.

Tradução de Paulo Migliacci

Uber e Lyft devem encerrar operações na Califórnia nesta sexta

Os aplicativos de transporte tomaram a decisão após serem alvo de uma liminar que obriga as duas empresas a tratarem motoristas de apps como funcionários
Por Agências – Reuters

A Califórnia representa 9% das corridas globais da Uber

Os aplicativos de transporte Uber e Lyft anunciaram nesta quinta-feira, 20, que vão suspender seus serviços no Estado da Califórnia, nos Estados Unidos, a partir da manhã desta sexta, após serem alvo de uma decisão judicial que obriga as duas empresas a tratarem motoristas de apps como funcionários. Segundo as companhias, os aplicativos só continuarão a operar caso um tribunal mude a decisão de última hora. 

A liminar em questão, que incomodou o Uber e a Lyft, foi emitida por um juiz na semana passada — a decisão forçou as empresas a mudarem os vínculos com os motoristas a partir desta sexta. Os aplicativos de transporte argumentam que levariam meses para implementar essa medida. 

A Califórnia representa 9% das corridas globais da Uber e dos pedidos do Uber Eats, mas gera uma quantia insignificante de lucro ajustado para a empresa. A Lyft, que opera apenas nos Estados Unidos e não tem uma unidade de entrega de alimentos, disse na semana passada que a Califórnia representa cerca de 16% do seu total de viagens.

O episódio evidencia uma antiga disputa entre reguladores, sindicatos e empresas de serviços por aplicativos que transformaram os modelos tradicionais de emprego. Ambas as empresas disseram que a grande maioria de seus motoristas não quer ser considerada funcionária. Também afirmam que seu modelo de negócios flexível sob demanda não é compatível com a legislação trabalhista tradicional e defendem o que chamam de uma “terceira opção” entre funcionários ou independentes. Juntamente com Uber e Lyft, os aplicativos DoorDash, Instacart e Postmates estão gastando mais de US$ 110 milhões para apoiar um referendo que acontecerá em novembro na Califórnia, a Proposta 22, que concretizaria essa ideia de “terceira opção”.

Grupos trabalhistas rejeitam as alegações das empresas de que as leis atuais não são compatíveis com horários de trabalho flexíveis. Eles dizem que a aprovação da Proposta 22 criaria uma nova subclasse de trabalhadores com menos direitos e proteções.

Airbnb proíbe festas e eventos em meio à pandemia

As novas regras, que funcionarão no mundo todo, incluem um limite de ocupação de 16 pessoas
Por Agências – Reuters

Anfitriões e hóspedes que tentarem contornar as restrições podem ser banidos do Airbnb

Airbnb proibiu nesta quinta-feira, 20, a realização de festas e eventos nos imóveis cadastrados na plataforma no mundo todo, uma medida para evitar aglomerações em meio à pandemia de covid-19. As novas regras incluem um limite de ocupação de 16 pessoas —  segundo a empresa, os anfitriões e hóspedes que tentarem contornar as restrições podem ser banidos do Airbnb e até enfrentar processos. 

“Instituir uma proibição global de festas e eventos é de interesse da saúde pública”, disse o Airbnb em comunicado, acrescentando que a proibição se aplica a todas as reservas futuras. O Airbnb também afirmou que 73% de seus anúncios em todo o mundo já possuem regras que proíbem festas, enquanto alguns anfitriões permitem pequenos eventos, como chás de bebê ou festas de aniversário.

A empresa atualizou suas políticas em meio à pandemia, removendo o filtro de pesquisa “amigável para eventos” e a possibilidade de acrescentar “festas e eventos permitidos” nas regras das casas.

A proibição global chega um dia após o Airbnb entrar com um pedido confidencial para abertura de capital, preparando o cenário para um dos grandes IPOs de 2020.

The Batman | Matt Reeves revela logo oficial do longa

Diretor aquece para painel no DC FanDome
JULIA SABBAGA

O diretor Matt Reeves revelou hoje (20) em seu Twitter o logo oficial de The Batman, novo longa do Homem-Morcego. Ao lado, o cineasta compartilhou também um visual feito por Jim Lee, em uma publicação que aquece para o painel do longa no DC FanDome, dia 22. Confira:

O protagonista Robert Pattinson e o diretor Matt Reeves são dois dos nomes confirmados no DC FanDome para falar sobre The Batman. O evento está programado para começar às 14h (horário de Brasília) de 22 de agosto e terá duração de 24 horas, com cobertura do Omelete no site e redes sociais.

Com a alteração na data causada pela pandemia de coronavírus, The Batman agora tem estreia marcada para 1º de outubro de 2021. 

Zack Snyder divulga novo teaser do Snyder Cut de Liga da Justiça

Prévia mostra cena inédita com Superman
JULIA SABBAGA

Seguindo no aquecimento para o painel do Snyder Cut de Liga da Justiça no DC Fandome, o diretor Zack Snyder compartilhou hoje (20) um teaser inédito da sua versão do longa, anunciando a revelação de um teaser oficial no painel do evento. A curta prévia, que segue em contagem regressiva, mostra a equipe se reunindo novamente, com imagens rápicas e misteriosas. Confira:

Na rede social, Snyder tem feito uma contagem regressiva para o painel no DC FanDome, que acontece no próximo sábado, 22 de agosto. A expectativa é a revelação de novidades sobre sua versão de Liga da Justiça no evento, incluindo até mesmo um possível teaser. 

Vale lembrar que, por causa do suicídio de sua filha, Zack Snyder abandonou Liga da Justiça em 2016. Joss Whedon (Os Vingadores) assumiu as filmagens depois da saída, mas a reação negativa em torno do filme estimulou os rumores em torno da versão original do longa, já que muito material planejado pelo cineasta não entrou na versão final, além do tom ser inconsistente. O filme foi lançado em novembro de 2017 e arrecadou cerca de US$ 657 milhões no mundo, enquanto esteve em cartaz.

Desde então surgiu a campanha Release The Snyder Cut, que pedia pela mitológica versão do diretor. Não só o público mais fiel apoiou, mas também os atores, como Gal Gadot (Mulher-Maravilha) e Jason Momoa (Aquaman). Após muito tempo, a Warner confirmou o lançamento do SnyderCut para 2021 no HBO Max, streaming do grupo Time Warner.

O DC FanDome está programado para começar às 14h (horário de Brasília) de 22 de agosto e terá duração de 24 horas.