Principais jornais dos EUA criticam taxa da Apple em assinaturas digitais

Scroll down to content

Em carta aberta, jornais como The New York Times e Washington Post reclamam da postura da Apple na porcentagem retida dos valores de assinaturas; Amazon e Apple tem acordo especial que desperta o interesse desses veículos
Por Agências – Reuters

A Digital Content Next postou a carta, dirigida ao presidente da Apple, Tim Cook, em seu site

Nos Estados Unidos, as principais editoras de notícias estão criticando termos da App Store, loja de aplicativos da Apple, alegando uma posição anti-competitiva em relação ao pagamento desses veículos. Em carta publicada nesta quinta-feira, 20, alguns dos principais jornais dos Estados Unidos questionam a possibilidade de um acordo para uma taxa reduzida. 

A Digital Content Next, que representa os jornais americanos The New York TimesWashington PostWall Street Journal e outros editores, publicou a carta em seu site, dirigindo a reclamação ao presidente da Apple, Tim Cook.

A Apple geralmente recebe uma parcela que varia entre 15% e 30% dos editores de notícias para as primeiras assinaturas feitas por meio de aplicativos na loja. Entretanto, a empresa tem um acordo especial com a Amazon, que resulta em uma taxa reduzida para o aplicativo Prime Video — em uma audiência do Comitê Judiciário da Câmara no mês passado, Cook disse que essa taxa reduzida estava disponível para qualquer desenvolvedor que atendesse a certas condições.

“Os editores de notícias devem se qualificar para os mesmos termos oferecidos à Amazon para seu aplicativo Prime Video na loja de aplicativos da Apple”, sugeriu o presidente da Digital Content Next, Jason Kint, na carta direcionada a Cook. “Peço que você defina claramente as condições que a Amazon satisfez para seu acordo, de modo que as empresas membros da Digital Content Next que atendam a essas condições possam receber o mesmo acordo”

A carta cita um acordo entre o veterano da Apple Eddy Cue e o presidente da Amazon, Jeff Bezos, onde as duas empresas concordaram em um acordo de 15% de participação nos lucros para novas inscrições de clientes no Prime Video por meio da App Store. O e-mail surgiu durante a audiência do Comitê em 29 de julho.

A última carta veio dias depois que a Apple removeu o jogo Fortnite, da Epic Games, de sua loja de aplicativos por violar as diretrizes de pagamento no aplicativo, levando a Epic a abrir processos federais desafiando a regra.

A Apple e a Amazon não responderam imediatamente aos pedidos de comentários.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: