Eva Longoria junta-se ao debate sobre representação latina no Oscar

Scroll down to content

Premiação do cinema está adotando critérios para ter mais diversidade em Hollywood
AGÊNCIA – EFE

Eva Longoria no baile de gala amfAR Gala, em Los Angeles, em outubro

Eva Longoria foi a surpresa de último minuto do debate O Apagamento dos Latinos em Hollywood, apresentado na quinta-feira, 10, pela academia de cinema. Com o evento, a instituição que organiza o Oscar visa abordar a baixa representação hispânica nos filmes.

Longoria, que não foi anunciada inicialmente, se juntou a mesa redonda latina e feminina com a vice-presidente executiva de produção da Marvel Studios, Victoria Alonso; a diretora de elenco Carmen Cuba; a cineasta Nadia Hallgren; e a fundadora da American Entertainment Marketing e LA Collab, Ivette Rodríguez.

Lorenza Muñoz é a moderadora deste debate virtual que já pode ser visto no YouTube em inglês e com legendas em espanhol. 

“Os latinos são o maior grupo étnico dos Estados Unidos, representando 18% da população, e ainda assim estão amplamente ausentes, em frente das câmeras ou atrás dela em cargos executivos, nas narrativas estados unidenses”, explicou ela para a academia.

O Apagamento dos Latinos em Hollywood faz parte dos Diálogos da Academia: Isso Começa Conosco, um ciclo de dez debates e 

relatórios virtuais sobre racismo e desigualdade de gênero no cinema com a qual a instituição pretende refletir sobre “raças, etnias, história, oportunidades e a arte do cinema”.

A academia vem tentando melhorar a representação, diversidade e inclusão no cinema há anos. Nesse sentido, o Oscar apresentou nesta terça-feira uma importante mudança de seus regulamentos para exigir que a partir de 2024 as produções candidatas ao melhor filme atendem aos requisitos mínimos de inclusão e diversidade.

Entre os requisitos – que não devem ser atendidos todos, mas apenas um alcance mínimo deles entre as várias opções possíveis –

escalas são listadas como pelo menos um dos protagonistas represente minorias ou 30% dos personagens secundário.

Para o Oscar de 2022 e 2023 todos os filmes que quiserem competir devem entregar um formulário mostrando os requisitos que cumprem, embora não sejam formalmente exigidos até a gala de 2024.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: