Bebê de Chrissy Teigen e John Legend morre após parto prematuro

“Tipo de dor que nunca sentimos antes”, postou a modelo com texto e fotos emocionantes

Chrissy Teigen e John Legend posam com terceiro filho, que morreu após o parto (Foto: Reprodução/Instagram)

Chrissy Teigen, de 34 anos de idade, emocionou a web ao revelar que o bebê que esperava com John Legend, de 41, morreu. No Instagram, na madrugada de quinta-feira (1), ela postou diversas fotos, inclusive chorando e ao lado do marido, com o bebê natimorto no colo.

“Ele sempre será Jack para nós. Jack lutou tanto para fazer parte de nossa pequena família, e ele será, para sempre. Para o nosso Jack: lamento que os primeiros momentos de sua vida tenham sido recebidos com tantas complicações, que não pudemos dar a você a casa de que precisava para sobreviver. Nós sempre te amaremos”, postou ela. Não foi informado de quantos meses Chrissy estava, mas a gestação foi divulgada pelo casal em agosto e especulava-se que o bebê nasceria em março de 2021.

“Estamos chocados e com um tipo de dor profunda de que você só ouve falar por aí. Aquele tipo de dor que nunca sentimos antes. Nunca fomos capazes de estancar a hemorragia e dar ao nosso bebê os nutrientes que ele precisava, apesar das bolsas e bolsas de transfusões de sangue. Simplesmente não foi o suficiente”, completou Chrissy, que estava internada com sérias crises hemorrágicas.

Mãe de Luna, de 4 anos, e Miles, de 2, ela emocionou ao falar que chegou a escolher o nome do caçula. “Nunca decidimos sobre os nomes de nossos bebês até o último momento possível após o nascimento, pouco antes da alta hospitalar. Mas, por algum motivo, começamos a chamar esse carinha na minha barriga de Jack.”

A modelo ainda agradeceu o carinho de amigos, familiares e fãs, e ainda pediu respeito neste momento tão delicado. “Obrigada a todos que têm nos enviado energia positiva, pensamentos e orações. Sentimos todo o seu amor e realmente o apreciamos. Somos muito gratos pela vida que temos, por nossos bebês maravilhosos, Luna e Miles, por todas as coisas incríveis que pudemos experimentar. Mas todos os dias não podem estar cheios de sol. Neste mais escuro dos dias vamos chorar, vamos chorar muito. Mas vamos nos abraçar e amar com mais força e superar isso”, finalizou. [Léo Gregório]

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.