Hélène Grimaud & Camerata Salzburg – Silvestrov: Two Dialogues with Postscript: I. Wedding Waltz

Since 2010 Hélène Grimaud has refrained from recoring Mozart. One might almost think there simply hasn’t been room for his music in her multifaceted repertoire, and the pianist does confess that her younger self found the “lightness of being” she associated with his piano works

Desde 2010, Hélène Grimaud se abstém de gravar Mozart. Pode-se quase pensar que simplesmente não houve espaço para a música dele em seu repertório multifacetado, e a pianista confessa que seu eu mais jovem encontrou a “leveza de ser” que ela associava a suas obras para piano

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.