Kate Bosworth – InStyle US November 2020 By Olivia Malone

InStyle US November 2020   —   www.instyle.com
Photography: Olivia Malone Model: Kate Bosworth Styling: Julia von Boehm Hair: Bridget Brager Make-Up: Pati Dubroff Manicure: Ashlie Johnson

Nahre Sol explores acoustic pianos | Sounds of Komplete 13 | Native Instruments

Aprofunde-se na coleção de amostras de piano do KOMPLETE 13 com o extraordinário Nahre Sol do YouTube. Ouça os detalhes íntimos de NOIRE, a grande variedade possível de UNA CORDA e os diversos estilos de THE GIANT, THE MAVERICK, THE GRANDEUR, THE GENTLEMAN, plus ALICIA’S KEYS. De suave a marcante, suave a melodramático e tudo o mais.

Chapters:
00:00 – The Gentleman
01:56– The Grandeur
03:49 – The Maverick
08:39 – Una Corda
14:17 – Alicia’s Keys
16:43 – The Giant
18:39 – Noire

Awaytomars | Spring Summer 2021 | Full Show

Awaytomars | Spring Summer 2021 | Full Edited Show in High Definition. (Widescreen – Exclusive Video/1080p – Moda Lisboa/Lisboa Fashion Week) #Modalisboa

Gabrielle Chanel and Literature — Inside CHANEL

Gabrielle Chanel era apaixonada por literatura e a empregou, como criadora, como uma leitora ávida, como uma patrona, para enriquecer sua visão de mundo e cimentar seu legado.
Veja a história neste último episódio de Inside CHANEL, Gabrielle Chanel e Literature.

Costança Entrudo | Spring Summer 2021 | Full Show

Constança Entrudo | Spring Summer 2021 | Full Edited Show in High Definition. (Widescreen – Exclusive Video/1080p – Moda Lisboa/Lisboa Fashion Week) #Modalisboa

Tom Parker, do The Wanted, revela diagnóstico de tumor no cérebro

Cantor passou por sessões de quimioterapia e radioterapia após descobrir glioblastoma

Tom Parker, do The Wanted, ao lado de sua esposa grávida Kelsey

Tom Parker, 32, cantor que fez parte do grupo The Wanted, revelou ter sido diagnosticado com um tumor no cérebro em postagem feita em seu Instagram nesta segunda-feira, 12.

“Não há maneira fácil de dizer isso, mas eu infelizmente fui diagnosticado com um tumor no cérebro e já estou passando por tratamento”, contou, em seu Instagram. 

“Nós decidimos, depois de muita reflexão, que em vez de esconder isso e tentar manter um segredo, nós daremos uma entrevista em que poderemos esclarecer todos os detalhes e deixar todos saberem dos fatos”, prosseguiu Tom Parker.

Em entrevista à revista britânica OK!, ele conta que o problema é inoperável e já passou por sessões de radioterapia e quimioterapia. Segundo a publicação, a expectativa de vida de quem passa por problemas de saúde semelhantes varia entre três meses a um ano e meio.

Tudo começou quando o cantor sofreu algumas convulsões quando estava passando o verão na cidade de Norwich, no Reino Unido, com sua família. Após exames, descobriu ter um tipo de tumor chamado de glioblastoma.

Tom Parker é pai de Aurelia, bebê com pouco mais de um ano de idade. Sua esposa, Kelsey, descobriu estar grávida recentemente.

Ele afirma que seus ex-colegas de The Wanted têm mantido contato e demonstrado apoio: “Todos os quatro me mandam mensagens regulaermente e enviam diferentes artigos e possíveis tratamentos e terapias dos quais estão lendo sobre”.

Tom Parker ainda usou seu Instagram para agradecer o “amor, apoio e positividade” que recebeu após a repercussão de sua entrevista. “Estamos lutando contra isso graças a todos que estão atrás de nós lutando conosco”, escreveu. 

O grupo de música pop The Wanted, do qual Tom Parker fez parte, era formado também por Max George, Nathan Sykes, Jay McGuinness e Siva Kaneswaran. No Brasil, fez sucesso especialmente com as músicas Glad You Came Chase The Sun.

Mãe da modelo Eloisa Fontes internada em hospital psiquiátrico quer telefonar para falar com a filha

Eloisa Fontes está no Instituto Phillipe Pinel, desde o último dia 6, quando foi resgatada desorientada em uma favela da Zona Sul do Rio
Marcos Nunes

Modelo Eloisa Fontes fotografou para principais publicações internacionais de moda Foto: Reprodução

A modelo Eloisa Fontes, internada desde a última terça-feira no Instituto municipal Phillipe Pinel (unidade psiquiátrica), em Botafogo, na Zona Sul do Rio, deve conversar com a mãe Luciene Pontes, nas próximas horas ou até o fim desta semana. Moradora da zona rural do município de Piranhas, em Alagoas, no Nordeste do país, Luciene ligou nesta segunda-fera, para Francisco de Assis, amigo da modelo que mora no Rio, para saber notícias da filha e ainda confirmar o telefone do hospital..

Descrita  por Francisco como uma pessoa simples, Luciene quer visitar a filha, que foi resgatada pela polícia desorientada, no Morro do Cantagalo, também na Zona Sul do Rio, no último dia 6. Luciene deve ligar para o hospital para tenta falar com a modelo e quer ainda viajar para o Rio de Janeiro para encontrar Eloisa. Segundo Francisco, ele a aconselhou a aguardar a alta hospitalar da jovem para que vir de Alagoas para o Rio.

—  A mãe dela é uma pessoa simples. Vive num sitiozinho, numa área rural . E a gente está aconselhando a não vir (agora) porque é uma despesa grande e inócua né. Ela vem e pode não  falar com a filha direito. Falei, não. Quando ela estiver legal, e a clínica falar que vai ter alta, a gente prepara tudo. Vê a questão da viagem, tudo né? —  contou Francisco de Assis.

Francisco disse desconhecer qualquer desentendimento entre a modelo e a família dela. Ao todo, Eloisa tem oito irmãos, sendo três homens e cinco mulheres. A maior parte dos parentes mora em Piranhas. Duas irmãs moram em Uberlândia, em Minas Gerais.

— Pelo que eu vi aqui, o relacionamento dela com a mãe é normal. A pessoa ficou um tempo distante, mora em outro país. Então, tem uma distância normal, mas isso não quer dizer que teve problemas. Não teve nada disso. Duas irmãs moram em Uberlândia, e a mãe e o restante da família em Alagoas —  disse.

Segundo Francisco de Assis, ainda não há previsão para que Eloisa sair do hospital. Ela deve ficar internada por mais alguns dias em tratamento. No sábado passado, a modelo chegou a ligar para o amigo e disse estar ansiosa para sair do hospital. Recebeu dele o conselho de aguardar um pouco mais pela alta médica.

Desde a terça-feira, dia 6, a alagoana está internada no Instituto Philippe Pinel, em Botafogo, após ter sido levada  para o local por policiais da Operação Ipanema Presente que, inclusive, a convenceram a conversar com o médico da instituição, que a internou imediatamente.

Na sexta-feira, uma conceituada clínica particular da Zona Oeste entrou em contato com Francisco Assis e ofereceu tratamento para a modelo. A decisão sobre a nova internação, no entanto, só será tomada depois que Eloisa receber alta hospitalar. Antes de deixar a unidade municipal de saúde, Eloisa vai passar por uma série de exames para saber como está a sua saúde. A previsão é que ela fique internada para seguir com o acompanhamento psicológico e tenha uma melhora em seu quadro clínico.

Eloisa deixou a pequena cidade de Piranhas, no interior de Alagoas, aos 17 anos,  para ser modelo em São Paulo. Lá, conheceu Vivien Andrien Birleanu, supermodelo russo com quem casou. Eles moraram juntos em Londres e tiveram uma filha, atualmente com 7 anos. A menina vive em um lar temporário.

Por oito anos, a alagoana de 1,80m desfilou nas semanas de moda de Paris e Milão, requisitada por estilistas de peso, como Vivivenne Westwood e Giambattista Valli. Depois, vieram trabalhos para Armani, Armani Exchange, Stella McCartney, Dior e outras marcas. Ela também chegou a estrelar uma campanha da Dolce & Gabbana e desfilou junto com a filha, ainda de colo. Ela também fez capas para revistas conceituadas como “Elle”, “Grazia” e “Glamour”. Eloisa chegou a passar temporadas em Nova York e na Itália.

A modelo está no Brasil pelo menos desde janeiro. No Rio, ela teve um namorado com quem já rompeu. O rapaz  teria, inclusive, ajudado no resgate, convencendo a jovem a sair da comunidade e a acompanhar os policiais da Operação Ipanema Presente.

Uma em cada vinte estudantes universitárias na França já foi vítima de estupro, diz pesquisa

Estudo também indica que uma em cada dez jovens foi vítima de agressão sexual ou de atos violento

Com vendas, mulheres protestam contra feminicídio e violência sexual em Paris
Com vendas, mulheres protestam contra feminicídio e violência sexual em Paris – Geoffroy Van der Hasselt – 29.nov.19/AFP

RFI – Uma pesquisa divulgada nesta segunda-feira (12) afirma que uma em cada 20 estudantes universitárias na França já foi estuprada. O mesmo estudo indica que uma em cada dez jovens foi vítima de agressão sexual ou de atos violentos.

A constatação é fruto de uma pesquisa realizada pelo Observatório Estudantil de Violências Sexuais e Sexistas no Ensino Superior, órgão criado em maio de 2019 com o objetivo de analisar esses fenômenos na população universitária.

Entre abril e dezembro de 2019, um questionário online foi distribuído entre alunos de cerca de 50 universidades, faculdades e cursinhos preparatórios na França. Das mais de 10 mil respostas recebidas, a maioria (76%) vem de mulheres.

O dado mais impressionante do estudo, intitulado “Palavras de estudantes sobre as violências sexuais e sexistas”, foi o fato de 5% das alunas que responderam à pesquisa afirmarem já terem sido vítimas de estupro. Além disso, 11% das jovens dizem ter sofrido algum tipo de agressão sexual.

No caso dos homens, 5% afirmam já terem sido alvo de agressão sexual.

CONSUMO DE BEBIDAS ALCOÓLICAS

Segundo as respostas, o consumo excessivo de álcool (18%), a falta de educação dos estudantes (18%) e a impunidade (18%) seriam algumas das causas desses delitos.

O chamado “efeito de grupo”, com agressões durante festas, por exemplo, estaria na origem de 20% dos ataques. Entre os entrevistados, 34% declaram terem sido alvo ou testemunha de violência sexual, e 24% das vítimas foram agredidas quando estavam alcoolizadas.

De acordo com o relatório redigido após o estudo, os agressores, na maioria das vezes, também são estudantes universitários. “Na maior parte dos casos, trata-se de um amigo ou pessoa próxima da vítima.”

As agressões sexuais mais frequentes, segundo os entrevistados, são violência verbal (58%), contato físico não desejado (48%) e insultos de cunho homofóbico (40%).

SEXISMO

A pesquisa também se interessou pela questão do sexismo nas universidades. Para 35% dos homens ouvidos, as instituições de ensino superior respeitam a igualdade. Mas entre as mulheres essa porcentagem cai para 27%.

No entanto, o estudo aponta que, quanto mais avançados estão os entrevistados no percurso escolar, mais essa porcentagem aumenta.

“Nós partimos da hipótese de que os estudantes e as estudantes tomam consciência da realidade das violências sexistas conforme eles avançam na vida estudantil”, avalia o observatório.

DESCRENÇA NAS INSTITUIÇÕES

O relatório aponta ainda que os dispositivos existentes dentro das instituições para combater esse tipo de situação nem sempre são conhecidos pelos alunos.

Mais de um quarto das pessoas ouvidas não tinha informações sobre possíveis estruturas de apoio, e 18% afirmaram que esses dispositivos simplesmente não existiam.

Talvez por essa razão, apenas 11% dos entrevistados afirmam ter avisado as universidades após terem sido vítimas ou testemunhas de agressões.

Pelo menos 22% das pessoas consultadas consideram que denunciar a agressão junto às instituições “não adianta nada”, enquanto 9% alegam que as denúncias não serão levadas a sério.

Os autores do estudo lembram que a pesquisa é uma iniciativa lançada pelos próprios estudantes. No entanto, eles ressaltam que os métodos escolhidos e aplicados no estudo foram validados por um grupo de trabalho formado por profissionais qualificados.

The Batman: Zoë Kravitz aparece como Selina Kyle, a Mulher-Gato, em fotos do set

Imagens revelam também o visual do Carmine Falcone interpretado por John Turturro
GABRIEL AVILA

Fotos de Zoë Kravitz como Selina Kyle no set de gravações de The Batman.

Just Jared divulgou novas fotos do set de The Batman que mostram Zoë Kravitz como Selina Kyle, o alter-ego da Mulher-Gato. Nas imagens, a personagem desce escadas ao lado de Carmine Falcone, mafioso interpretado por John Turturro (O Grande Lebowski). Clique abaixo para ver:

Estrelado por Robert Pattinson, Jeffrey Wright, Zoë Kravitz, Paul Dano e Colin Farrell, Batman é dirigido por Matt Reeves. O filme, que faria sua estreia em 1º de outubro de 2021, foi adiado pela Warner e agora só chega aos cinemas em 4 de março de 2022.