Do San Pedro Valley à B3: IPO histórico da Méliuz abre nova era para startups

Por Felipe Matos

Imagem: Evento de abertura de capital da Méliuz. Divulgação B3.

Ontem acompanhei a transmissão do IPO da Méliz na B3. Confesso que chorei, me emocionando junto com os fundadores. Como mineiro, de Belo Horizonte, assim como a Méliuz, me orgulho de ver o quanto o ecossistema de startups da cidade evoluiu. No final de 2010, eu decidi me mudar de BH para São Paulo, para fundar a primeira aceleradora de startups do Brasil, a Startup Farm. Naquela época, a capital mineira ainda não compartaria uma iniciativa com essa. Faltavam mentores, investidores e mesmo startups. Não existia San Pedro Valley – a comunidade que se formou a partir da união de empreendedores que dividiam escritório no bairro São Pedro. Praticamente não havia um ecossistema. No ano seguinte, nascia ali a Méliuz – uma startup que prometia cashback nas compras online.

Quase dez anos depois, a Méliuz é a primeira startup dessa safra a abrir capital na bolsa de valores brasileira, coroando a consolidação do ecossistema de BH, que hoje conta  diversas aceleradoras, fundos e hubs de empreendedorismo, além de uma comunidade vibrante de empreendedores e startups em diversas fases. Mais do que isso, o IPO da Méliuz é pioneiro, por ser feito no Brasil e nessa fase da empresa. A abertura de ações de empresas de tecnologia que nasceram como startups até então era considerado um evento muito raro país. Os poucos casos eram sempre de empresas ja bem maiores, com faturamento na casa das centenas de milhões, e ainda assim, dando preferência para bolsas estrangeiras, como a NASDAQ de Nova York. 

Muita coisa mudou nesse período, tanto no ecossistema de tecnologia de BH e do Brasil, quanto no próprio perfil dos investidores na bolsa nacional, que quase dobraram em número de CPFs registrados para operar na B3 durante a pandemia. Um ecossistema de startups forte e florescente, a explosão da demanda pelo digital – acelerada pela pandemia – e a baixa histórica da SELIC vêm formando uma tempestade perfeita para esse novo movimento de IPOs tech no Brasil de empresas médias e startups promissoras. Já anunciaram movimentos parecidos o e-commerce de vinhos Wine, o marketplace de produtos de segunda mão Enjoei, a rede de comparadores de preço online Mosaico, dentre outros. Soma-se a tudo isso as  reformas na lei das S.A. e nas regulações sobre abertura de capitais, que estão sendo introduzidas pelo Marco Legal das Startups, em tramitação no congresso, com o objetivo de tornar mais simples e menos burocrático a listagem em bolsa de empresas menores. Esse novo momento representa o nascimento de um mercado de liquidez para investidores de startups em estágio inicial e ao mesmo tempo, umna fonte adicional de captação de investimento para expansão de startups tech mais consolidadas, que até então, só podiam contar com poucos grandes fundos de investimento.

O IPO da Méliuz é histórico. Nele, a empresa levantou R$ 661,7 milhões. É um marco de mudança de fase do ecossistema de empreendedorismo tecnológico. Para mim, marca também um momento cheio de significado pessoal, de um nova fase na carreira e na vida. Nessa mesma semana, eu tive a honra de ser eleito o próximo presidente da Associação Brasileira de Startups. Coincidentemente, tudo isso aconteceu na semana que comecei a preparação da minha mudança de volta para Belo Horizonte. É o reinício de um ciclo, 10 anos depois, com orgulho de tudo o que foi construído até aqui e ao mesmo tempo a mesma sensação de #DayOne que o Israel Salmen, CEO da Méliuz, deixou em seu fala durante o evento da abertura da B3: estamos só no começo.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.