Episode 1: At Home | Ouverture Of Something That Never Ended | Silvia Calderoni and Paul B. Preciado

Neste primeiro episódio da colaboração cinematográfica em sete partes entre o premiado diretor Gus Van Sant (Drugstore Cowboy, My Own Private Idaho, Elephant) e o diretor criativo da Gucci Alessandro Michele, seguimos a personagem principal Silvia em sua excêntrica rotina matinal em casa em Roma, incluindo uma cena em que ela joga um vestido – do primeiro show feminino Gucci de Alessandro Michele no outono de 2015 – de sua varanda, para uma música de Billie Eilish. Silvia é vista examinando sua postagem, que revela convites coloridos de shows da Gucci, além de um misterioso panfleto, e então se perde em uma palestra na televisão do escritor e filósofo Paul B. Preciado, até a chegada de um visitante inesperado, enquanto uma banda em outra sala ensaia uma peça musical.#GucciFest #GucciOuverture

Music: ‘Another Time’
‘Quieter and Louder’
Written by Kim Gordon
© Kobalt Music Publishing Worldwide Ltd obo Forgetful Songs [BMI]

‘Therefore I Am’
Written by Billie Eilish O’Connell and Finneas O’Connell
(P) 2020 Darkroom/Interscope Records

All Sisters | Summer 2021 | Full Fashion Show

ALL SISTERS | SUMMER 2021 | FULL FASHION SHOW Filmed on October 2020 at Gran Canaria Swim Week

Moschino | Resort 2020 | Full Show

Moschino | Spring Summer 2020 (Menswear) + Resort 2020 (Universal Studios Hollywood Backlot – Los Angeles/CA/USA) by Jeremy Scott | Full Fashion Show in High Definition.

(Widescreen – Exclusive Video/1080p – Multi Camera)

Por dentro do novo escritório da Charles River Associates em Washington D.C.

A consultoria global Charles River Associates contratou a firma de arquitetura Elkus Manfredi Architects  para projetar seu novo escritório em Washington D.C.

charles-river-associates-dc-office-2
Reception

“O momento inicial de chegada antes de entrar no lobby de recepção do CRA em Washington, D.C. dá as boas-vindas aos visitantes com um vislumbre intrigante. Inspirado no azul da Baía de Chesapeake e no estilo de vida ao ar livre da equipe de Washington, a paleta de brancos e azuis limpos combina com acabamentos sofisticados e reflexivos que aproveitam ao máximo a luz natural do dia para criar uma sensação de requinte moderno. O design da recepção mostra os acabamentos e materiais sofisticados e silenciosos de todo o escritório. O design do escritório transmite uma sensação de luxo discreto e discreto.

O convidativo espaço da cafeteria oferece uma infinidade de opções de assentos que oferecem suporte à interação espontânea, relaxamento e brainstorming. Embora o local de trabalho tenha sido criado antes da pandemia de COVID-19, o CRA está tomando todas as precauções para permitir um retorno seguro ao escritório. Espaçosa, descontraída e organizada, a cafeteria é usada para colaboração formal e informal, bem como para trabalho focado. O mural da cafeteria invoca uma sensação de serenidade e bem-estar.

A biblioteca funciona também como uma sala de reuniões, com uma mesa que se transforma em uma mesa de pingue-pongue para ajudar a equipe altamente focada do CRA a relaxar. A ampla escada conectando os dois níveis do escritório de Washington, D.C. proporcionou a oportunidade para um pendente de luz escultural arejado em um acabamento de metal reflexivo. Uma sala de estar informal é um local para café e conversa localizado no meio de estações de trabalho e salas de reunião mais formais ”, disse Elkus Manfredi Architects.

charles-river-associates-dc-office-1
Lobby
charles-river-associates-dc-office-3
Reception
charles-river-associates-dc-office-4
Waiting area
charles-river-associates-dc-office-5
Cafeteria
charles-river-associates-dc-office-6
Cafeteria
charles-river-associates-dc-office-7
Library / meeting room
charles-river-associates-dc-office-8
Stairway
charles-river-associates-dc-office-9
Informal seating lounge

Uber Eats passa aceitar pagamentos via Pix

Empresa passa a aceitar pagamentos nos erviço de delivery e também na carteira digital Uber Cash
Por Agências – Reuters

Uber passa aceitar pagamentos via Pix 

Uber começou nesta segunda-feira, 16, a aceitar no Brasil os recém-lançados pagamentos instantâneos em parceria com a startup Ebanx. Mais de 60 milhões de pessoas já haviam se inscrito na plataforma de pagamentos instantâneos, Pix, antes de sua operação completa começar nesta segunda-feira. Ela permite que consumidores e empresas façam transferências de dinheiro 24 horas por dia, sete dias por semana, sem a necessidade de cartões de débito ou crédito.

O Uber disse em um e-mail à Reuters que os pagamentos via Pix provavelmente trarão novos clientes aos seus serviços, principalmente as pessoas que não usam cartões. Cerca de um terço dos brasileiros não tem conta em banco, um dos índices mais altos do mundo. Ainda assim, inicialmente, os pagamentos instantâneos serão aceitos apenas por sua carteira digital Uber Cash e nas próximas semanas pelo serviço de entrega de comida Uber Eats, mas ainda não pelo negócio de corridas.

O Brasil já é o segundo maior mercado do Uber e São Paulo é sua cidade líder em número de corridas. A startup de pagamentos Ebanx é uma das mais recentes fintechs do Brasil a alcançar o status de “unicórnio” e tem se expandido para muitos países da América Latina. “O Pix provavelmente será uma enorme ferramenta em termos de inclusão financeira”, disse Henrik Nilsmo, diretor comercial da Ebanx.

Jodie Comer – PorterEdit November 16th, 2020 By Juliette Cassidy

Moment of Truth   —   PorterEdit November 16th, 2020   —   www.net-a-porter.com
Photography: Juliette Cassidy Model: Jodie Comer Styling: Helen Broadfoot Hair: James Rowe Make-Up: Florrie White Manicure: Rebecca Jade Wilson Art Direction: Phil Buckingham

Jennifer Lopez ganha prêmio de ícone do ano e é elogiada por Nicole Kidman: ‘Verdadeira definição de ícone’

Cantora e atriz, em discurso, frisou: ‘Como latina e mulher, temos que trabalhar duas vezes mais para conseguir as oportunidades’

Jennifer Lopez, People’s Icon of 2020 Foto: Christopher Polk/E! Entertainmen / Getty Images
Jennifer Lopez, People’s Icon of 2020 Foto: Christopher Polk/E! Entertainmen / Getty Images

O atribulado ano de 2020 para todo o planeta parece caminhar para um término muito bom para Jennifer Lopez. Na noite do último domingo, ela foi eleita o ícone de 2020, o prêmio mais importante do People’s Choice Award, promovido pelo revista “People”. No ano passado, a vencedora foi Jennifer Aniston.

No discurso de aceitação da estatueta, ela mandou uma mensagem empoderadora, falando das dificuldades da carreira.

“Como latina e mulher, temos que trabalhar duas vezes mais para conseguir as oportunidades. Às vezes meus grandes sonhos e minhas ambições deixavam a as pessoas ao meu redor nervosas. ‘Você não pode ser atriz. Você é uma atriz, o que você quer cantar? Você é uma artista, não será levada a sério como uma mulher de negócios.’ Quanto mais eles diziam que eu não podia, mais eu sabia que tinha que fazer. Portanto, agora aqui estou muito grata por saber que a verdadeira medida do meu sucesso não está nos números de bilheteria ou nos discos vendidos, mas pelo amor que eu sinto de todos vocês”, disse ela. “A verdadeira medida é inspirar meninas de todas as idades e cores, de todo o mundo, a saber que elas podem fazer o que quiserem, quantas coisas quiserem e ter orgulho de quem são,não importa da onde venham. Quero que saibam que seus sonhos são limitados apenas por sua imaginação, determinação e vontade de nunca desistir”.

Antes de receber o prêmio, a cantora e atriz foi homenageada em vídeos pelas amigas Nicole Kidman e Renné Zellweger.

“Você é a verdadeira definição de um ícone. Já te conheço há muito tempo e te vi cada vez mais forte, mas nunca esquecerei de levar minha irmã ao seu show em Las Vegas”, disse Nicole, direto da Austrália. “Você saiu do palco depois de duas horas e Benny [Medina, empresário] estava lá e eu disse: ‘Tem certeza que está tudo bem? Não queremos interromper. ‘ Ele disse: ‘Entre’, e você estava lá como se pudesse continuar de novo. Você era apenas poder, amor e calor, então, obrigada. Envio-lhe lembranças e mal posso esperar para lhe dar um abraço quando tudo isso acabar.”

Já Reneé disse: “Parabéns, minha amiga. Sou uma fã e há muito admiro seu trabalho,sua ética intransigente e sua bela audácia autêntica feita de paixão, determinação, respeito próprio e coragem. Você tem empurrado os limites em todo o lugar durante décadas e no ano passado, com “Hustlers”, seus programas, sua música, sua família, sua defesa, empoderando as mulheres, e seu show inacreditável do intervalo do Super Bowl – bem, você acabou de elevar a barra para a estratosfera! Você é uma visionária criativa uma inspiração e certamente é um ícone. Parabéns por este prêmio, você certamente é um ícone. “

Canada Goose x juun.j

Neste outono, Canada Goose e juun.j estão fazendo parceria em uma segunda colaboração, reimaginando três dos estilos de herança icônicos do Canada Goose.

Pela primeira vez, a coleção procurada que foi lançada no outono de 2019, agora estará disponível em duas novas cores: branco e marinho, para ficar ao lado do preto original.

juun.j, conhecido por sua estética exclusiva de “alfaiataria de rua”, desconstrói três das peças clássicas do Canada Goose, todas originalmente projetadas para enfrentar os lugares mais frios da Terra. O Resolute Parka é conhecido como o parka “industrial” do Norte, usado pelos trabalhadores dos observatórios do alto Ártico; o Expedition Parka é o casaco de clima extremo original desenvolvido para cientistas que trabalham na Estação McMurdo na Antártica, e o Snow Mantra Parka é conhecido como o casaco mais quente da Terra.

Canada Goose x juun.j está disponível online em CanadaGoose.com, lojas selecionadas Canada Goose e juun.j, e parceiros de atacado selecionados em todo o mundo, incluindo Browns.

Fintech Z1 chega ao mercado com conta digital para adolescentes

Startup tem investidores como Ariel Lambrecht e Renato Freitas, ex-99, e o fundo Maya Capital, de Lara Lemann; meta é introduzir a educação financeira desde cedo na vida dos jovens

Mateus Craveiro, Sophie Secaf, João Pedro Thompson e Thiago Achatz: fundadores da Z1

De olho no avanço das fintechs no Brasil nos últimos anos, a startup Z1 chega ao mercado com a meta de atender um público que ainda costuma receber mesada em dinheiro de papel: os adolescentes. Dona de um aplicativo que disponibiliza contas digitais para jovens classificarem seus gastos e aprenderem a economizar dinheiro, a empresa lançou seu app em outubro, sete meses após receber uma rodada de investimentos. O valor dos aportes não foram revelados, mas os investidores são de peso: o fundo Maya Capital, de Lara Lemann liderou a captação que também teve a participação de Ariel Lambrecht e Renato Freitas, fundadores do primeiro unicórnio brasileiro, o aplicativo de transporte 99.

A ideia da Z1 é introduzir a educação financeira na vida dos adolescentes desde cedo, aproveitando o fato de que essa geração já nasce com os celulares em mãos. “É irônico que as pessoas mais ligadas à tecnologia não fizeram parte da revolução de fintechs que tivemos nos últimos anos”, afirma João Pedro Thompson, presidente executivo da startup, em entrevista exclusiva ao Estadão. “Apesar de alguns bancos oferecerem contas para adolescentes, são serviços geralmente vinculados às contas dos pais que não dão autonomia ao jovem”.

Mateus Craveiro, Sophie Secaf, João Pedro Thompson e Thiago Achatz: fundadores da Z1
Mateus Craveiro, Sophie Secaf, João Pedro Thompson e Thiago Achatz: fundadores da Z1

O serviço da Z1, voltado à faixa etária entre 10 e 24 anos, conta com um cartão pré-pago de bandeira Mastercard. O app, que aos poucos está se consolidando e ganhando novas funcionalidades, permitirá que jovens consigam visualizar seus gastos, organizar vaquinhas, reservar dinheiro para doações e até dividir com amigos gastos de um churrasco, por exemplo. Para usar a conta, é preciso pagar uma mensalidade de R$ 10, taxa que sustenta o modelo de negócio da fintech.

Um dos diferenciais da Z1, segundo a empresa, é justamente a independência da conta. Sophie Secaf, cofundadora da startup, explica que o serviço permite que os pais tenham acesso à quantidade de dinheiro que o adolescente tem em conta, mas não aos detalhes de onde são feitos os gastos. “Acreditamos na informação em vez do controle excessivo. É importante e faz parte do processo de educação uma certa autonomia”, diz. Para endereçar essas questões educacionais, a fintech conta com a parceria de Ana Paula Hornos, investidora especialista, que têm ajudado na construção da plataforma.

O serviço da Z1 conta com um cartão pré-pago de bandeira Mastercard

Thompson, que já passou pelo Itaú BBA e ajudou a fundar a escola Vereda Educação, começou a trabalhar no projeto da fintech em outubro do ano passado, ao lado de Thiago Achatz, que teve experiências na Rappi e também participou da criação da carteira digital da startup de bicicletas elétricas Yellow — os dois se conheciam porque Achatz é amigo da irmã de Thompson. Além da Z1, existem uma série de startups brasileiras criadas por ex-funcionários de 99 e Yellow.

O aporte levantado no início do ano foi direcionado para construção do serviço e também do time da fintech — hoje a Z1 tem 10 funcionários e planeja dobrar a equipe no ano que vem. “Em 2021 estaremos focados em amadurecer o produto e engajar com os primeiros usuários, adicionando mais recursos”, diz o presidente executivo da startup.