Do PP ao 5G: conheça 4 ótimas marcas de moda que oferecem amplas grades de tamanho

Defensoras do movimento Body Positive, Raphaella Tratske, Rita Carreira, Ju Ferraz e Letticia Munniz indicam marcas de moda que criam roupas com grades maiores

Raphaella Tratske usa look Sislla (Foto: Arquivo pessoal)

Raphaella Tratske, modelo
Sislla (@sislla)

Raphaella indica a Sislla, marca que mistura o estilo vintage e romântico e tem uma grade ampla de tamanho (do P ao G5). “É uma grife que abraça quase todos os manequins. Sou apaixonada pelas saias mídi, as camisetas fofas e os jeans com lavagens incríveis. A marca está localizada em Santa Catarina, mas vende também online. Além disso, tem peças que são tendências no momento, como camisa de mangas bufantes e saias plissadas. Sempre que eu entro no Instagram ou no site, fica difícil escolher o que levar!”

Rita Carreira veste calça (Foto: Reprodução/Instagram)
Rita Carreira veste calça Åya (Foto: Reprodução/Instagram)

Rita Carreira, modelo e colunista do Vogue Gente
Åya (@use.aya)
Rita sugere a Åya por acreditar que a marca está fazendo a diferença ao trazer informação de moda para o segmento plus size, com tamanhos que vão do 46 ao 60. A etiqueta tem tops, shorts, calças, quimonos e bodies de estilo mais clean em cores neutras. E também algumas peças em laise, como a calça usada por Rita na foto. “É uma grife minimalista e jovem, que está agregando no mercado neste nicho, que hoje está um pouco saturado porque estão sempre usando as mesmas modelagens e tecidos”, afirma. Destaque também para o beachwear, com conjuntinhos de top e hot pants dupla face em cores diferentes. 

Flor de Cacto (Foto: Reprodução/Instagram)
Flor de Cacto (Foto: Reprodução/Instagram)

Ju Ferraz, sócia diretora de novos negócios da Holding Clube e colunista do Vogue Gente
Flor de Cacto (@oficialflordecacto)

A Flor de Cacto, criada pela pernambucana Érika Tenório, é a escolha de Ju Ferraz. “É uma marca inclusiva, para todos os corpo”, afirma. A etiqueta tem tamanhos que vão do PP ao XG e uma ampla seleção de peças – vestidos, blazers, shorts, macacão, entre outras – em sua maioria de estilo superfeminino, com detalhes como babados e mangas bufantes. “É uma roupa usual, do tipo que a gente ama porque fica pronta para todo dia.” A Flor de Cacto, que tem ainda uma linha de pijamas, pode ser encontrada no e-commmerce próprio e também na multimarcas online 2Collab, que tem uma seção dedica a grifes Body Positive. 

Processed with VSCO with av8 preset (Foto: Reprodução)
Letticia Munniz (Foto: Gustavo Lima)

Letticia Munniz, modelo
Liebe (@liebelingerie)

Para Letticia Munniz, a Liebe, marca de lingerie para qual fez seu primeiro trabalho de modelo, tem se tornado cada vez mais democrática não só em tamanhos, mas também nas imagens. “Eu preciso me ver nas fotos. Eles fazem questão de incluir mulheres muito reais e diversas, que a gente consegue se identificar. É uma marca que quer vestir e representar mais corpos”, afirma ela sobre a etiqueta, que tem um segmento plus size. “Eles também demonstram a vontade de ser para todas nas cores, tendo uma cartela de nudes muito ampla”, completa. 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.