No ano da pandemia, Netflix teve o maior aumento de assinantes da história

Durante o ano, a empresa ganhou 37 milhões de assinantes, crescimento de 31% em relação a 2019

Netflix anuncia resultado financeiro

Em um ano no qual muita gente ficou em casa, os serviços de streaming se beneficiaram. A Netflix anunciou ontem que em 2020 teve o maior ganho de assinantes de sua história. Durante o período, a empresa ganhou 37 milhões de assinantes, crescimento de 31% em relação a 2019, e ultrapassou a marca de 200 milhões de clientes em todo o mundo. 

O recorde foi revelado no resultado financeiro do quarto trimestre, anunciado no fim da tarde ontem. De outubro a dezembro, a empresa ganhou 8,5 milhões de assinantes, crescimento de 23% em relação ao mesmo período de 2019 – os analistas esperavam um acréscimo de 6 milhões de assinantes. 

O resultado não apenas superou as expectativas como também recuperou a performance do trimestre anterior, no qual o crescimento de apenas 2,2 milhões de assinantes decepcionou os investidores. A recuperação pode estar ligada a novas regras de lockdown estabelecidas principalmente na Europa. 

O reflexo do isolamento social na performance da empresa foi reconhecido na carta da empresa para os investidores. “Somos imensamente gratos que, nesses tempos desafiadores, pudemos oferecer aos nossos assinantes em todo o mundo uma fonte de escape, conexão e alegria.” 

A companhia também reconheceu a chegada de novos concorrentes – citou o ano da Disney+, que atingiu 87 milhões de assinantes ao fim de 2020 – e diz que o segmento de streaming vive um bom momento. 

Yung Kim, analista da Piper Sandler, disse em nota: “Os consumidores viajarão menos e aproveitarão menos entretenimento fora de casa, o que nos faz acreditar que a Netflix continuará a se beneficiar com mais assinantes e menos desistentes”. 

Em relação à receita, a empresa de streaming viu o resultado crescer 24% em relação a 2019, atingindo a marca de US$ 25 bilhões. No quarto trimestre, o faturamento foi de US$ 6,6 bilhões – expansão de 21% em relação ao mesmo período do ano passado. É uma receita superior à do primeiro trimestre de 2020, período em que mais ganhou assinantes no ano. 

Na Bolsa

Os resultados fizeram as ações da empresa dispararem nas negociações após o fechamento do mercado – a valorização foi de 12,6%, fazendo os papéis atingirem o maior valor de sua história (ou US$ 565 por ação). A companhia chegou a ultrapassar os US$ 221 bilhões em valor de mercado. 

Em meio às notícias positivas, a companhia também anunciou que não precisará mais de financiamento externo para suas operações e que poderá até um fazer programa de recompra de ações de investidores, algo que não acontece desde 2011. Os anúncios devem ajudar a impulsionar ainda mais os papéis da líder em streaming, segundo analistas. 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.