Sustentabilidade marca casas projetadas pela arquiteta Fanny Clair

A arquiteta francesa radicada no Brasil defende soluções acessíveis para garantir saúde, conforto e equilíbrio aos lares
ROSANA FERREIRA

A arquiteta Fanny Clair, que encontrou no Brasil um “alto nível de qualidade e profissionalismo da arquitetura brasileira” (Foto: Divulgação)

Com a necessidade de ficar mais tempo em casa por conta da pandemia – inclusive levando atividades como escritório, escola, academia e lazer para a rotina doméstica – ficou mais evidente a importância de manter a saúde, o conforto e o equilíbrio do nosso lar. Isso passa pela qualidade do ar, iluminação, temperatura do ambiente, ergonomia e economia, algumas das marcas dos conceitos de sustentabilidade e saudabilidade aplicados à arquitetura – e o diferencial dos projetos assinados pela francesa radicada no Brasil Fanny Clair, à frente do escritório Domingos de Arquitetura, que atende em todo o Brasil de forma on-line e presencialmente em São Paulo e no Rio de Janeiro, com agendamento.

“A sustentabilidade entrou naturalmente no meu trabalho. Eu vivo pesquisando e estudando sobre o assunto para entregar ao cliente uma casa saudável, que gaste menos energia e não seja refém de altíssimas contas de luz e de muita manutenção”, conta ela, que fez intercâmbio na Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), estagiou e trabalhou em escritórios de arquitetura de luxo e encantou-se, em suas palavras, pelo “alto nível de qualidade e profissionalismo da arquitetura brasileira”. Decidiu, a partir disso, a criar sua história aqui.

Casa moderna cercada de natureza em condomínio fechado em Itanhangá, Rio de Janeiro. Projeto: Domingos de Arquitetura (Foto: Divulgação)
Casa moderna cercada de natureza em condomínio fechado em Itanhangá, Rio de Janeiro. Projeto criado por Fanny Clair, à frente do escritório Domingos de Arquitetura (Foto: Archrender Studio)

Segundo a profissional, ao contrário do que muitos imaginam, a maioria das técnicas que aplica não onera a construção da casa. “Trata-se de conjunto de boas práticas adaptáveis à praticamente qualquer lugar”, afirma. De acordo com Fanny, o primeiro passo – e mais básico – é um estudo sobre a localização do imóvel: saber onde está o Norte, conhecer o caminho do sol e pesquisar o clima da região em que o endereço está integrado para tomar as decisões mais corretas.

Mais iluminação e ventilação

Projetada por Fanny, essa casa térrea de 210 m² na serra do Rio de Janeiro, traz detalhes de uma arquitetura leve, pensada para valorizar as características naturais no terreno e conectar-se totalmente com a natureza (Foto: Divulgação)
Projetada por Fanny, essa casa térrea de 210 m² na serra do Rio de Janeiro, traz detalhes de uma arquitetura leve, pensada para valorizar as características naturais no terreno e conectar-se totalmente com a natureza (Foto: Archrender Studio)

Essa pesquisa guia a escolha das soluções que serão usadas, com ideias e materiais pensados na sustentabilidade. Uma boa alternativa é a inclusão no projeto de ventilação cruzada, que cria correntes de vento através de janelas e portas da casa para refrescar naturalmente os ambientes, com economia de energia usada em sistemas de ar-condicionado, por exemplo.

Outra possibilidade é a instalação de placas solares para geração de energia gratuita. “Vale a pena, pois está cada vez mais acessível, e a diminuição da conta de luz mensal acaba pagando o investimento em curto prazo”, diz Fanny. A solução foi utilizada, por exemplo, na casa térrea de 210 m² na serra do Rio de Janeiro, onde a arquitetura leve foi pensada para valorizar as características naturais no terreno e conectar-se totalmente com a natureza de forma mais natural. “A instalação de placas solares e a automação de todos os ambientes possibilita uma conta de luz zerada, com 100% de energia limpa e monitoramento do excesso de gastos em eletricidade”, conta.

Além disso, Fanny optou pela escolha do sistema construtivo em Light Steel Frame por ser leve e sustentável: o aço galvanizado é reciclável e pré-fabricado (Foto: Divulgação)
Além disso, Fanny optou pela escolha do sistema construtivo em Light Steel Frame por ser leve e sustentável: o aço galvanizado é reciclável e pré-fabricado (Foto: Archrender Studio)

Segundo ela, a escolha do sistema construtivo em Light Steel Frame para esta casa fez sentido por ser leve e sustentável: o aço galvanizado é reciclável e pré-fabricado. Sua montagem é extremamente limpa e rápida, além de gerar uma grande economia de eletricidade e água na obra. Neste projeto também figuram itens sustentáveis como a madeira ecológica (sem manutenção nem deflorestação), películas de proteção térmica para vidros e pedras naturais da própria região.

Além de verde, durabilidade

Projeto de Fanny no Alphaville, na Barra da Tijuca, Rio de Janeiro, cujo grande destaque foi dado ao verde e à água (Foto: Divulgação)
Casa tríplex, projeto de Fanny, no Alphaville, na Barra da Tijuca, Rio de Janeiro, cujo grande destaque foi dado ao verde e à água (Foto: Archrender Studio)

O uso do verde é um recurso sustentável para ser pensado de várias formas, da construção do imóvel à decoração. A arquiteta destaca o cuidado em respeitar o meio ambiente, deixando o máximo de vegetação possível no entorno das construções para evitar, por exemplo, enchentes, além de dar preferência às espécies nativas do local. “Quando há muitas plantas integradas ao projeto, a temperatura fica mais regulada em volta da casa”, explica.

Um bom exemplo é o projeto da casa imponente e moderna de 550 m²,  no condomínio Alphaville, na Barra da Tijuca, no Rio de Janeiro, cujo grande destaque foi dado ao verde e à água, com uma ampla piscina continuada com diversos espelhos d’água na lateral da construção. “Além da beleza, as superfícies molhadas têm como papel refrescar o vento em volta da casa”, explica Fanny.

O projeto contempla conjuntamente paredes de jardins verticais e jardins em todas as varandas e cobertura. “Junto com o paisagismo exuberante na frente e nos fundos da casa, além do amplo pé-direito duplo e dos ambientes integrados que permitem uma ventilação cruzada, o projeto promove um conforto maior dentro e fora da casa, o que a deixa mais fresquinha ao longo de todo o ano”, descreve.

Sobre o projeto de Alphavelli, Fanny descreve: “Junto com o paisagismo exuberante na frente e nos fundos da casa, além do amplo pé-direito duplo e dos ambientes integrados que permitem uma ventilação cruzada, o projeto promove um conforto maior dentro e f (Foto: Divulgação)
Sobre o projeto de Alphaville, Fanny descreve: “Junto com o paisagismo exuberante na frente e nos fundos da casa, além do amplo pé-direito duplo e dos ambientes integrados que permitem uma ventilação cruzada, o projeto promove um conforto maior dentro e fora” (Foto: Archrender Studio)

A durabilidade é outro princípio da sustentabilidade seguido pelo escritório Domingos de Arquitetura. “Uma casa é sustentável quando a manutenção é mínima, com materiais duradouros e rústicos, de conservação simples ou inexistente”, pontua Fanny. Assim, seus projetos privilegiam materiais com componentes de origem controlada, que não vêm de deflorestação e não emitem vapores tóxicos na sua fabricação ou que sejam recicláveis. “O design e a sustentabilidade andam juntos”, resume a arquiteta.

Como uma forma de reunir e levar adiante seus princípios profissionais, Fanny acaba de lançar o livro “Como Construir sua Casa”, voltado para leigos. Já para profissionais, ela oferece o curso on-line “Arquitetura Sustentável”. Duas ótimas maneiras de mergulhar nesse universo e emergir cheio de novas ideias que agregam muito mais ao planeta e, claro, à sua casa.

Para saber mais, acesse: o site do escritório de Fanny, Domingos de Arquitetura, ou o Instagram oficial.

Imagens: Archrender Studio
Projetos: Domingos de Arquitetura

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.