Kristen Wiig retoma parceria de ‘Missão Madrinha de Casamento’ após 10 anos

Annie Mumolo contracena com atriz em ‘Duas Tias Loucas de Férias’
DAVE ITZKOFF

Kristen Wiig em Veneza Tiziana Fabi-30.ago.2017/AFP

THE NEW YORK TIMES – Já se passou mesmo uma década desde que “Missão Madrinha de Casamento” virou de cabeça para baixo o mundo das comédias de cinema? O filme de 2011, escrito por Kristen Wiig e Annie Mumolo, e estrelado por Wiig como uma mulher cuja vida entra em parafuso quando sua melhor amiga (Maya Rudolph) decide se casar, foi um imenso sucesso.

Colocando um elenco principal feminino em uma comédia ousada e proibida para menores de 16 anos, e dando início a um debate sobre o papel das mulheres na comédia, o filme arrecadou mais de US$ 288 milhões nas bilheterias mundiais. “Missão Madrinha de Casamento” ajudou a elevar Wiig do elenco de “Saturday Night Live” ao estrelato, e valeu a ela e Mumolo uma indicação ao Oscar de melhor roteiro.

Em lugar de reaparecerem imediatamente em uma nova colaboração, as duas, que são amigas há muito tempo, se dedicaram a projetos individuais. Wiig trabalhou como atriz em filmes como “Perdido em Marte”, “Irmãos Desastre” e “Mulher-Maravilha 1984”, e Mumolo trabalhou em comédias como “Perfeita É a Mãe” e “Bem-vindo aos 40”.

Mas Wiig e Mumolo não tiraram férias de sua parceria. Dedicaram diversos anos a desenvolver um novo filme, “Duas Tias Loucas de Férias”, lançado nos serviços on-demand de vídeo pelo estúdio Lionsgate em meados de fevereiro. Escrito por Wiig e Mumolo e dirigido por Josh Greenbaum, o filme é estrelado pelas duas roteiristas, como um par de mulheres bem intencionadas mas completamente desavisadas, do Meio-Oeste dos Estados Unidos, cuja viagem a um resort de luxo inesperadamente as coloca em uma aventura de vida ou morte.

Comparado à comédia mais convencional de “Missão Madrinha de Casamento”, afirmam Wiig e Mumolo em uma entrevista por vídeo, elas queriam que o novo filme fosse mais livre e farsesco. É o tipo de humor que criavam em seus sketches para os Groundlings, o grupo de humoristas de Los Angeles no qual elas se conheceram, e que caracteriza filmes que elas adoravam quando eram crianças, como “Apertem os Cintos… o Piloto Sumiu” e “Top Secret! Superconfidencial”.

“Às vezes as pessoas não dão valor ao humor bobo”, explica Wiig. “É divertido, e não se leva a sério demais”. Mumolo acrescentou que “era nessa direção que estávamos pensando, por alguns anos –porque demoramos muito para fazer o filme”.

Wiig e Mumolo falaram mais sobre a realização de “Duas Tias Loucas de Férias”, sobre a maneira pela qual o projeto nasceu de “Missão Madrinha de Casamento”, e sobre seu afeto pelas personagens de meia-idade que interpretam. Abaixo, trechos editados de conversa.​

Sua amizade e parceria começou no Groundlings?
Mumolo Kristen e eu fizemos muito sucesso lá. Nosso senso de humor era muito parecido. Eu sempre adorei escrever com ela, desde o primeiro minuto.
Wiig Nós com certeza gravitamos na direção de personagens do reino da meia-idade. Mas só percebemos anos depois que, uau, todas as nossas personagens são mulheres de meia-idade com perucas insanas.
Mumolo Elas são invisíveis e não têm representação suficiente no cinema e TV, mas nos parecem muito reais. Como a mulher que trabalhava no balcão do consultório de dentista do meu pai, e era obcecada por Fabio, e entrou em um concurso para ganhar uma viagem de esqui com Fabio.

Foi difícil continuar colaborando quando Kristen saiu para integrar o “Saturday Night Live”?
Mumolo Nunca contei isso a Kristen, mas na verdade fiquei muito triste quando ela saiu para fazer “Saturday Night Live”. Porque sentia falta dela.
Wiig [com olhos tristonhos]: Owww.
Mumolo Senti que talvez tivéssemos chegado ao final de uma era, mesmo que ainda tivéssemos muitas ideias que gostaríamos de fazer juntas. Mas senti de verdade a falta dela.
Wiig E eu a sua! Mas nós nos reencontramos, como amantes (criativas) há muito tempo separadas. Começamos a escrever “Missão Madrinha de Casamento” durante meu segundo ano no programa, acho.

“Missão Madrinha de Casamento” começou com um humor mais absurdo, como o que vemos em “Duas Tias Loucas de Férias”?
Wiig Oh, sim. Tínhamos um par de ideias para números musicais.
Mumolo A primeira chefe que Kristen teve era uma pessoa parecida com as mulheres do filme. Era obcecada por bonecas.
Wiig Quando estávamos correndo para procurar Lillian [a noiva, interpretada por Maya Rudolph], encontraríamos uma mulher caída no chão. E diríamos, “meu Deus, é Lillian, ela morreu!”, e logo em seguida diríamos “não, não é Lillian”. E sairíamos correndo de novo.

E depois do sucesso de “Missão Madrinha de Casamento” vocês não receberam um monte de propostas para escrever novos filmes?
Wiig Tivemos oportunidades de escrever mais, e a coisa ainda nos parecia uma novidade. Escrever um filme é assunto bem diferente de qualquer coisa que tivéssemos tentado antes.
Mumolo Todo mundo te procura e diz, ei tenho uma ideia para você. Minha vida vai ser sua próxima comédia. Muita gente procurou nossos pais para lhes entregar coisas. Meu pobre pai, os pacientes dele lhe entregavam roteiros. E ele me perguntava o que devia dizer às pessoas.

“Missão Madrinha de Casamento” ajudou a iniciar o diálogo sobre igualdade para as mulheres no cinema, mas também atraiu alguns elogios na verdade insultuosos, do tipo, “eu não sabia que mulheres podem ser engraçadas”. Isso as surpreendeu?
Mumolo Nós nem tínhamos ideia dessa percepção de que “mulheres não conseguem ser engraçadas”, até que começamos a divulgação do filme e a imprensa levantou a questão. E aí ela ganhou força. Foi bem estranho.
Wiig A falta de oportunidades para mulheres roteiristas, atrizes e diretoras sempre existiu. E porque o assunto se tornou importante, a reação foi um pouco “mas por que isso é assunto? Por que continuamos a falar disso?” Estamos realmente discutindo se mulheres são capazes de ser engraçadas?

Houve um momento em que vocês souberam que “Duas Tias Loucas de Férias” seria o projeto seguinte, depois de “Missão Madrinha de Casamento”? Vocês sentiram a obrigação de voltar rapidamente com um novo filme?
Wiig Nunca chegamos a dizer que, opa, precisamos escrever alguma coisa nova rapidinho. Isso só aconteceu quando Annie e eu estávamos conversando sobre besteiras e aí veio a ideia de, ei, talvez devêssemos escrever alguma coisa.
Mumolo “Missão Madrinha de Casamento” demorou cinco anos e meio para sair. É quase como engravidar e ter o filho. Se você descobrisse que engravidou de novo um dia depois de fazer o parto de um bebê, seria difícil aceitar. É preciso tempo para que seu cérebro se descomprima e para viver a vida, simplesmente.
Wiig Também há muito mais alegria em escrever quando a coisa não parece uma missão. Escrevemos o primeiro rascunho [de “Duas Tias Loucas de Férias”] muito rápido. Escrevemos sem pensar em qualquer coisa maior, e ficamos avaliando se era engraçado ou esquisito. Depois, pedimos que oito ou dez pessoas lessem o roteiro todo. E aí concluímos que aquilo talvez fosse algo em que devêssemos continuar trabalhando.

De onde vêm os personagens Barb e Star?
Mumolo Em “Missão Madrinha de Casamento”, nós estávamos escrevendo cenas para Lillian e sua mãe [interpretada por Lynne Marie Stewart], e criávamos diálogos em que a mãe desembestava a falar sobre o supermercado. [Com sotaque exagerado do Meio-Oeste]: “Amo isso, onde você encontrou essa saída de praia? É maravilhosa!”. E a resposta era “comprei no Costco”. Mas aquelas conversas não tinham nada a ver com coisa alguma. A ideia cresceu com o tempo, e é engraçado porque, quanto mais falávamos a respeito, mais percebíamos que esses personagens na verdade somos nós.
Wiig A parte que não mostramos a ninguém. As versões verdadeiras de nós, quando conversamos pelo telefone.

Vocês admiram o fato de que elas são tão desligadas da realidade?
Wiig O que amo nelas é que simplesmente filtram, inconscientemente, aquilo que os outros pensam sobre elas. Elas entram em uma sala e as pessoas podem reagir dizendo “vocês não foram convidadas”, e elas sairiam dizendo algo como “mas que festa divertida”. Elas vivem em uma bolha de inocência onde tudo é maravilhoso, e novidade para elas.
Mumolo Invejo a maneira pela qual elas encontram alegria nas menores coisas –na revista de bordo que recebem no avião. Seria ótimo se pudéssemos engarrafar esse sentimento e carregá-lo conosco.

“Duas Tias Loucas de Férias” foi concebido para dar a Annie mais tempo de tela do que ela teve em “Missão Madrinha de Casamento”?
Wiig O filme com certeza é bem dividido entre nós. Eu sempre achei que o mundo precisava ver mais de Annie. Porque ela é literalmente a pessoa mais engraçada que conheço.
Mumolo Escrevemos um papel para mim em “Missão Madrinha de Casamento”, como uma das madrinhas. Mas por conta do processo do filme, a incerteza sobre se ele seria ou não feito, que durou muitos anos, eu decidi tocar minha vida, formar uma família. Engravidei. O filme tinha sido arquivado, mais ou menos, mas eles telefonaram duas semanas depois para dizer que seria feito. E eu estava grávida. Que ótimo.
Wiig Você estava grávida de quantos meses?
Mumolo Estava grávida de sete meses quando começamos a filmar, e meu filho nasceu dez dias depois que terminamos. Eu não podia mais fazer o papel, e por isso o alteramos e escalamos outra pessoa. Mas agora tenho meu maravilhoso filho de 10 anos de idade, que eu não trocaria por filme algum.

Por que vocês decidiram escalar Jamie Dornan como o interesse romântico do filme?
Wiig Poderíamos falar disso por uma hora. Você nunca sabe como as coisas vão ser, quando escala alguém. E aí ele apareceu no set e nós… “Nossa, você é maravilhoso”.
Mumolo No dia em que conhecemos Jamie, estávamos sentadas com o figurino das personagens, perucas e tudo mais, e eu comentei que “temos de ser as garotas dos seus sonhos”. E ele respondeu que “eu adorava ‘As Super Gatas’, e era apaixonado por Estelle Getty”. Não é algo que faz você amar o sujeito?

Filmar em um resort luxuoso de praia teve algo de agradável para vocês?
Wiig Posso dizer que estava muito calor. Se você der um zoom em qualquer cena que nos mostre ao ar livre, vamos estar sempre suando.
Mumolo Havia cenas em que estávamos na areia, olhando uma para a outra, e o comentário era “olha, vou avisar que estou desmaiando – nem consigo te ver”.

Vocês tiveram de treinar para as cenas com o jet-ski?
Wiig Vi uma versão de Annie que nunca tinha visto. Ela me mandou subir e tomou o controle daquela coisa como tivesse pilotado um jet-ski a vida toda. E eu me segurando desesperada.
Mumolo Foi minha cena favorita, com certeza. Voar pelo oceano aberto, foi muito emocionante. E Kristen me agarrando, aos gritos.
Wiig Tenho medo de tubarões e coisas que saiam da água para me agarrar. Fiquei apavorada.

Foi uma decepção para vocês que “Duas Tias Loucas de Férias”, que deveria sair nos cinemas, esteja sendo lançado só on-demand?
Wiig Em termos de satisfação, não há nada que se compare a a assistir a um filme no cinema, com outras pessoas. Estar em uma sala com um grupo de pessoas alegres, e escapar por um minuto da vida, é um sonho. Claro que queríamos o nosso filme nos cinemas, mas essa escolha inevitável foi feita em nosso nome, não apenas pelo estúdio, mas pela situação do mundo. Queremos que as pessoas fiquem seguras, e elas podem assistir em casa. Tudo bem, assim.
Mumolo De um jeito esquisito, talvez as coisas devessem ser assim. Parece loucura, agora –meu Deus, imagine fazer uma viagem. Quando você pensa que Barb e Star nunca saíram da cidade em que nasceram, e que eu começo a sentir que nunca saí da minha casa…

Vocês já decidiram qual será sua próxima colaboração?
Wiig Falarei por nós duas ao afirmar que sempre trabalharemos juntas. Mas quem sabe qual vai ser a próxima coisa? Não sei. Haverá alguma coisa no horizonte. Dentro de mais 10 anos? Não sei [risos].
Mumolo Temos sonhos de levar Barb e Star a algum outro lugar.
Wiig Mas teria de rimar com seus nomes.
Mumolo Precisamos de um globo terrestre e de um dicionário de rimas.

Tradução de Paulo Migliacci.Final do conteúdo

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.