Apple é multada em quase US$309 milhões por infringir patentes

A Apple foi condenada a pagar US$308,5 milhões à Personalized Media Communications após infringir uma patente relacionada à gestão de direitos digitais (Digital Rights Management, ou DRM), de acordo com informações da Bloomberg.

Tudo começou em 2015, quando a PMC processou a Apple por supostamente infringir sete de suas patentes. Algum tempo depois, a Maçã conseguiu derrubar as acusações, mas a empresa apelou ao tribunal no ano passado e reverteu a decisão de que certas reivindicações de patentes seriam inválidas.

Para a Bloomberg, a Apple disse que estava “decepcionada com a decisão” e que entraria com recurso.

A PMC é uma entidade não praticante, o que significa que a empresa apenas registra patentes, mas não as usa. De fato, a PMC possui dezenas de patentes e gera receitas por meio de processos alegando a infração de suas tecnologias registradas — empresas assim são comumente chamadas de “patent trolls”.

A Apple, inclusive, não foi o único alvo da PMC: o Google e o YouTube venceram uma disputa contra a PMC recentemente, e a Netflix ainda está travando uma batalha contra a empresa.

Veremos como o caso contra a gigante de Cupertino evoluirá. [MacMagazine]

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.