Os Eternos ganha primeira prévia em vídeo da Marvel Studios

Primeiras cenas do filme de Chloe Zhao foram mostradas pelo estúdio
ARTHUR ELOI

Marvel divulgou um vídeo celebrando a importância do cinema, e nele é possível ver as primeiras cenas de Os Eternos, filme de Chloe Zhao, vencedora do Oscar por Nomadland. Veja acima (a partir de 2:20s).

Criados em 1976, os Eternos são uma raça de super-humanos criados pelos alienígenas Celestiais durante sua visita à Terra. Porém, ao mesmo tempo que conceberam este grupo, os experimentos genéticos dos Celestiais originaram também os Deviantes, uma espécie de face corrompida das suas primeiras criações. O filme tem a direção da vencedora do Oscar Chloé Zhao e o elenco inclui nomes como Angelina JolieKit HarringtonGemma ChanRichard Madden e Brian Tyree Henry.

A estreia de Os Eternos está marcada para 28 de novembro de 2021, no Brasil.

Per Florian Appelgren for Green Lifestyle Magazine with Emily Liptow

Photographer: Per Florian Appelgren. Fashion Stylist & Concept: Martina Nelles. Hair & Makeup: Kerstin Huesges. Retouch: RETUSH Creative. Model: Emily Liptow.

Bill Gates e Melinda Gates anunciam divórcio após 27 anos de casamento

“Nos últimos 27 anos, criamos três filhos incríveis e construímos uma fundação que trabalha em todo o mundo para permitir que as pessoas tenham vidas saudáveis e produtivas”, disse o ex-casal 

Os bilionários Bill e Melissa Gates trabalhavam juntos em projetos de filantropia

Depois de 27 anos, chegou ao fim o casamento de Bill Gates, fundador da Microsoft, e Melinda Gates. Juntos desde 1994, o casal não deu detalhes sobre os motivos da separação. Em um comunicado conjunto divulgado nesta segunda, 3, o casal disse: “Nos últimos 27 anos, criamos três filhos incríveis e construímos uma fundação que trabalha em todo o mundo para permitir que as pessoas tenham vidas saudáveis e produtivas”. 

A nota ainda diz: “Continuamos a compartilhar a crença nesta missão e trabalharemos juntos na fundação, mas não acreditamos que possamos crescer como um casal na próxima fase de nossas vidas”.

pic.twitter.com/padmHSgWGc— Bill Gates (@BillGates) May 3, 2021

Com uma fortuna de US$ 124 bilhões, Bill Gates é o quarto homem mais rico do mundo, segundo ranking da Forbes. Os termos do divórcio ainda não são conhecidos, mas a separação pode colocar Melinda no topo do ranking das mulheres mais ricas do mundo. 

“Depois de muito pensar e de trabalhar muito a nossa relação, tomamos a decisão de terminar o nosso casamento disse”, diz a nota. 

O casal se conheceu em 1987 em um evento do setor tecnológico e, posteriormente, no começo dos anos 1990, Melinda começou a trabalhar na Microsoft como gerente de informações de produtos. Na sequência, Bill, hoje com 65 anos, e Melinda, 56, trocaram alianças – a cerimônia aconteceu em janeiro de 1994 no Havai. Dois anos depois, Melinda deixou a Microsoft para se dedicar à família, composta pelos filhos Jennifer, Rory and Phoebe. 

Com a saída de Gates do comando da Microsoft em 2008, o casal passou a se dedicar inteiramente a projetos filantrópicos, principalmente em temas ligados à saúde, por meio da Fundação Bill e Melinda Gates. No final de 2020, por exemplo, o casal fez uma doação de US$ 250 milhões para combater a pandemia de covid-19. De acordo com o site da fundação, já foram investidos US$ 53,8 bilhões em projetos filantrópicos desde o ano 2000. 

Nagi Sakai for Vogue Spain with Debra Shaw

Photographer: Nagi Sakai. Fashion Stylist: Alba Melendo. Hair Stylist: Pasquale Ferrante at The Wall Group. Makeup Artist: Ingmakeup. Casting Director Megan Mcluskie. Model: Debra Shaw.

Menchen Tomas | Spring Summer 2021 | Full Show

Menchen Tomas | Spring Summer 2021 | Digital Fashion Show in High Definition. (Widescreen – Exclusive Video/1080p – 080 Barcelona)

Twitter libera concorrente do Clubhouse, mas só para quem tem mais de 600 seguidores

Há meses em testes, Twitter Espaços finalmente chega para usuários de Android e iOS
Por Guilherme Guerra – O Estado de S. Paulo

Os Audio Spaces ou “Espaços” do Twitter são uma seção à parte do app que permitem criar salas de bate-papo por voz

Twitter anunciou nesta segunda-feira, 3, que o Espaços, solução de áudio em tempo real criada para concorrer com o Clubhouse, está finalmente no ar para todos os usuários da plataforma, após ter sido revelado primeiramente em dezembro de 2020 e ter entrado em testes desde então, planejado para entrar no ar até o final de abril.

A novidade chega para usuários tanto dos sistemas Android quanto do iOS, ao contrário do concorrente, que ainda não tem data para chegar aos sistemas operacionais do Google. Assim como no Clubhouse, é possível criar salas de áudio com ouvintes e apresentadores para conversas em tempo real. 

Ao contrário do Clubhouse, o Espaços está disponível apenas para tuiteiros com mais de 600 seguidores, número que, para a rede social, é o suficiente para que os perfis reúnam uma audiência. Para criar uma sala, utilizando o aplicativo do celular, basta clicar no botão de “Compor” e irá aparecer a opção de iniciar uma conversação.

“Nós criamos o Espaços para reunir pessoas de maneira íntima para compartilhar ideias e tuítes com o poder que apenas a voz humana pode trazer. O Espaços está disponível para milhões de pessoas, mas o trabalho não está terminado porque faz parte de uma visão construída com você, a nossa comunidade”, escreveu o Twitter.

Para o futuro, a rede social adiantou que trabalha nos recursos de tíquetes, em que os ouvintes podem comprar acesso exclusivo a salas, coapresentação, em que dois tuiteiros comandam a sala, e agendamento, com a possibilidade de os seguidores receberem uma notificação quando a sala estiver para começar.

Febre do ‘áudio social’

O fenômeno das redes sociais de áudio, batizadas de ‘áudio social’, vem sendo explorado por todas as gigantes do mercado. Após o sucesso do Clubhouse em janeiro deste ano, plataformas como FacebookSpotify e Discord trabalham em soluções similares com salas de áudio em tempo real. Dessas, o Twitter é o primeiro a lançar o concorrente.

Para especialistas, um dos motivos para o sucesso do Clubhouse foi o seu caráter “exclusivo”, em que apenas usuários de iOS e que tinham recebido convites podiam acessar a rede social. Com outros concorrentes no páreo, o futuro da startup, que tem avaliação de mercado de US$ 4 bilhões, está incerto.

Billie Eilish Answers Questions From Justin Bieber & 22 Other Famous Fans

Billie Eilish is a Gen Z icon, but her fandom spans generations – and includes more than a few famous faces. In episode 3 of British Vogue’s ‘Ask a Legend’ series, Halle Berry pops up to ask the star for songwriting tips for her daughter; Avril Lavigne wants to know about Billie’s future goals; and Sporty Spice is keen to hear her most life-changing moment to date. Her friend Denzel Curry meanwhile, just wants to know: “When am I going to see you again?” Watch the video in full to hear British Vogue’s June cover star on her first date, her favourite song from her own back catalogue, and whether she’d pick fresh sheets over fresh socks.

Billie Eilish é um ícone da Geração Z, mas seu fandom se estende por gerações – e inclui mais do que alguns rostos famosos. No episódio 3 da série ‘Ask a Legend’ da Vogue britânica, Halle Berry aparece para pedir à estrela dicas de composição para sua filha; Avril Lavigne quer saber sobre os objetivos futuros de Billie; e Sporty Spice está ansiosa para ouvir o momento que mais mudou sua vida até hoje. Enquanto isso, sua amiga Denzel Curry só quer saber: “Quando vou te ver de novo?” Assista ao vídeo completo para ouvir a estrela do cover de junho da Vogue britânica em seu primeiro encontro, sua música favorita de seu próprio catálogo e se ela escolheria novas folhas em vez de meias novas.

Engenheiro Alex Russell do Google “apoia” Epic Games e condena o WebKit da Apple

No dia em que o caso Apple / Epic começou, um engenheiro sênior do Google usou uma postagem de blog para minar uma parte importante da defesa antitruste da empresa de Cupertino.

Hoje, 3 de maio, tem início o primeiro dia do julgamento do caso entre Apple e Epic Games sobre a grande polêmica envolvendo o suposto monopólio da Maçã na App Store — após meses de muitas farpas trocadas, denúncias e até formação de coalizões.

Certamente, à medida que o processo se desenrolar (e pode ser que isso leve até três semanas), vamos descobrir novas polêmicas e argumentos; fato é que, já no primeiro dia do julgamento, um engenheiro do Google decidiu dar, digamos, uma forcinha para a Epic, dizendo que a Apple força a adoção das suas APIs1.

Alex Russell, chefe de padrões da web do Chrome, afirmou que os aplicativos da web “podem não oferecer o desempenho necessário em iPhones”. O motivo é que a Apple força todos os navegadores a usarem o WebKit — o qual estaria desatualizado e teria um desempenho muito baixo.

O navegador do iOS e o seu mecanismo não tem tamanha potência. Atrasos consistentes na entrega de recursos importantes garantem que a web nunca seja uma alternativa confiável para as plataformas [da Apple] e a App Store.

Ainda segundo Russell, a implementação “de baixa qualidade” dos recursos que o WebKit já oferece exige suporte para soluções alternativas. Ele aponta, por exemplo, que desenvolvedores não precisariam encontrar e corrigir esses problemas no Firefox/Chrome/Edge e que isso só aumenta as despesas de desenvolvimento para iOS.

A política da Apple contra a escolha do mecanismo do navegador adiciona anos de atraso além do tempo de iteração de design, criação de especificações e desenvolvimento de recursos do navegador.

Russell aponta, por fim, que tais atrasos impedem que desenvolvedores “alcancem usuários com ótimas experiências na web”. Essa lacuna, criada exclusiva e exclusivamente pela política da Apple, segundo ele, praticamente “força as empresas a saírem da web e entrarem na App Store”.

Essas omissões significam que desenvolvedores web não podem competir com seus concorrentes que tem [apps] nativos no iOS em categorias críticas como jogos, compras e ferramentas criativas.

Não dá para saber, ainda, se os argumentos de Russell serão aproveitados pela Epic no processo contra a Maçã. Sabe-se que cada parte terá 45 horas para apresentar seus argumentos sobre sua definição de “monopólio” — ou seja, nesse primeiro momento, o foco não será o jogo Fortnite ou a App Store.

Além disso, o jornalista Ian Sherr disse que a Apple não conseguiu bloquear os documentos que enviou “a mais” sobre as finanças da App Store, então a companhia não começou com o pé direito nessa.

O julgamento será presencial, mas algumas pessoas testemunharão por videoconferência. Nós, é claro, estaremos acompanhando tudo isso atentamente.

VIA 9TO5MAC

Custo Barcelona | Spring Summer 2021 | Full Show

Custo Barcelona | Spring Summer 2021 | Digital Fashion Show in High Definition. (Widescreen – Exclusive Video/1080p – 080 Barcelona)

Darren Leigh Purkiss – Upfilter