WhatsApp Pay começa a ser implementado no Brasil

Após sinal verde do Banco Central em março passado, aplicativo de mensagens finalmente libera recurso de transferência de dinheiro entre pessoas físicas
Por Guilherme Guerra – O Estado de S. Paulo

WhatsApp Pay finalmente tem pagamento liberado no Brasil

WhatsApp anunciou nesta terça-feira, 4, que pessoas físicas poderão transferir dinheiro por meio do aplicativo de mensagens, sem a cobrança de taxas. O recurso, chamado de WhatsApp Pay, começa a ser implementado gradualmente entre os usuários da plataforma nas próximas semanas.

O serviço estará disponível para clientes com cartões de débito, pré-pago ou combo das seguintes instituições financeiras: Banco do BrasilBanco InterBradescoItaúMercado PagoNextNubankSicredi e Woop Sicredi, com as bandeiras Visa e Mastercard. Operado pela Cielo, o modelo segue aberto para outras empresas interessadas em se tornarem parceiras. Cartões de crédito não foram contemplados.

Limites foram estabelecidos sobre o que pode ser transferido. Os usuários podem enviar até R$ 1 mil por transação e receber 20 transações por dia, com um limite de R$ 5 mil por mês. Os bancos parceiros podem estabelecer um limite menor para transações. Para usar o WhatsApp Pay, é preciso que o brasileiro tenha número de telefone cadastrado no País para que as transações em moeda local sejam autorizadas.

Como utilizar o WhatsApp Pay

O WhatsApp Pay utiliza uma ferramenta da empresa-mãe, o Facebook Pay, para realizar as transações financeiras pelo app. Com isso, as transferências são protegidas com senha ou biometria, porém não possuem nenhum nível de criptografia. 

Neste momento, apenas alguns usuários poderão utilizar o recurso e o restante vai receber a ferramenta gradativamente. Porém, se uma conta estiver com o pagamento habilitado, ela pode convidar parentes e amigos para a transação financeira — eles vão estar aptos para utilizar a ferramenta automaticamente. 

Para fazer um pagamento, é necessário utilizar um cartão de débito ou pré-pago e clicar no contato e escolher a opção para adicionar a transição. O recebedor terá o dinheiro na conta na hora. 

O presidente executivo do Facebook (empresa também dona dos aplicativos WhatsApp e Instagram), Mark Zuckerberg, comemora em vídeo o lançamento da plataforma no País e afirma que o Brasil é um dos primeiros países do mundo a receber a novidade: “Isso porque sabemos o quanto o WhatsApp é importante para o Brasil”.

“Ouvimos em primeira mão dos consumidores locais que segurança é um ponto importante quando pensam em enviar pagamentos móveis a amigos e familiares. Esse atributo também é valorizado na Visa e nossa tecnologia de Token reforça ainda mais a segurança, deixando os consumidores brasileiros mais confiantes ao fazerem pagamentos digitais, uma vez que a solução remove as informações de pagamento sensíveis e converte os dados do consumidor em tokens”, afirmou Fernando Teles, chefe regional da Visa do Brasil. 

A Mastercard também afirmou que a ferramenta chega para acelerar as transações financeiras no Brasil. “Essa parceria com o Facebook ilustra nossa capacidade de oferecer maneiras inovadoras de enviar e receber dinheiro no Brasil, tendo as necessidades de nossos clientes no centro de nossa estratégia de negócios. Até 2030, 55% dos brasileiros esperam que todas as transações financeiras sejam feitas em tempo real (com os recursos disponíveis imediatamente)”, disse João Pedro Paro Neto, Presidente da Mastercard para o Brasil e Cone Sul.

O diretor de operações do WhatsApp, Matt Idema, afirma que o recurso ajuda a levar serviços financeiros às pessoas e diminui a exposição das pessoas à pandemia, já que se trata de uma maneira totalmente digitalizada de transferências. “Facilitar o envio e o recebimento de dinheiro de maneira segura não poderia ser mais importante neste momento”, diz o executivo em nota.

Desbancarização via zap

A inclusão financeira com o WhatsApp Pay pode demorar, no entanto. Para Adrian Cernev, professor do Centro de Estudos de Microfinanças e Inclusão Financeira, da Fundação Getulio Vargas (FGV), as parcerias escolhidas pela empresa reforçam o nicho de usuários já bancarizados, já que, para usar o serviço, é necessário ter cartão de débito em alguma das instituições financeiras contempladas pela novidade. 

“Essas empresas aguentam uma operação grande como a do WhatsApp porque têm capacidade operacional gigantesca, mas não criam vantagens para a população de baixa renda que é desincluída financeiramente e tem um receio grande do que é tecnologia e o que é serviço financeiro”, afirma Cernev. “Por isso, eu ainda não vejo avanço na inclusão financeira com o WhatsApp Pay.”

O WhatsApp já havia recebido sinal verde do Banco Central em março deste ano para atuar como “iniciador de pagamentos”, utilizando a plataforma Pix (de pagamentos instantâneos) como base para as operações. 

O WhatsApp lançou em 15 junho do ano passado um serviço de envio e recebimento de dinheiro no Brasil, mas uma semana depois teve o serviço suspenso pelo BC, sob a justificativa de que era preciso avaliar questões de competição e privacidade.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.