Google I/O: empresa mostra Android 12 e muita inteligência artificial; veja tudo

Evento de desenvolvedores da empresa mostra suas principais novidades para o ano
Por Bruna Arimathea, Bruno Romani e Guilherme Guerra – O Estado de S. Paulo

O Google I/O é o principal evento da gigante de tecnologia

Depois de ser cancelado em 2020 por conta da pandemia, o principal evento de desenvolvedores do Google voltou com força total neste ano – ainda que sua realização tenha ocorrido online. Sundar Pichai, presidente executivo do Google, citou o Brasil e a Índia no discurso de abertura, dizendo que os países atravessam os piores momentos na pandemia de covid-19.  

A partir dali, o cardápio foi cheio: teve Android 12, parceria com a Samsung para um novo sistema operacional para vestíveis, chip específico para inteligência artificial, novos modelos de inteligência artificial, oficialização de intenção em computação quântica, hardware de holografia, mudanças de privacidade, novos recursos no Workspace e novidades em compras, busca e mapas. 

Android 12

O Google anunciou as mudanças do Android 12, seu sistema operacional, em um lançamento considerado o mais ambicioso em anos. Entre as novidades, a remodelação de ícones e cores é uma das maiores já realizadas na empresa, no ano em que completa 3 bilhões de usuários utilizando Android.

Com paletas de cores em tons de azul, verde, rosa, amarelo e lilás, o sistema pode se adaptar conforme a imagem de plano de fundo do usuário e também pode ser alterado nas configurações. A adaptação das cores será possível por um software de linguagem de design batizada de “Material You”. O sistema consegue analisar a imagem e descobrir quais são os tons predominantes e que fazem parte da paleta daquela cor para personalizar a tela inicial.

Uma das apostas do Android 12 é personalizar as telas, com mudança de cores e opções de ícones para os usuários 
Uma das apostas do Android 12 é personalizar as telas, com mudança de cores e opções de ícones para os usuários 

Além disso, na central de notificações, foram incluídos os botões Google Pay e Google Home para mais fácil acesso a pagamentos e casas inteligentes. Esses botões também podem ser personalizados. 

Dentro do novo Android, o Google também quer tornar mais transparente o uso das configurações de mídia. Agora, toda vez que o celular estiver utilizando algum recurso como câmera ou áudio, o usuário poderá ver um pequeno ícone no canto superior da tela. Na mesma ideia, o Android também vai trazer novas notificações, como músicas tocadas e atalhos de respostas rápidas para aplicativos de mensagem. 

A empresa disse que o sistema foi desenhado a partir de três vertentes: o telefone precisa se adaptar ao usuário, e não o contrário; deve ser seguro por padrão; e deve se conectar a outras plataformas, mas deve ser o centro das relações. 

A modificação da navegação do sistema operacional foi possível graças à redução de tempo de CPU, a “energia” gasta para rodar aplicativos. Com cerca de 22% a menos de uso, a CPU comporta movimentos suaves de rolagem em notificações e troca de tela, por exemplo. A intenção é que essas transições fiquem também alinhadas com a nova proposta de design do Google. 

Em segurança, o novo Android vai atualizar as configurações de localização. O usuário vai poder habilitar uma opção de informar para os apps e para o aparelho apenas o local aproximado em que se encontra. O recurso permite que dados mais específicos não fiquem disponíveis para o sistema. 

Sistema operacional para os carros, o AndroidAuto está disponível em mais de 100 milhões de carros. A empresa irá permitir que o celular, utilizando a tecnologia de aproximação NFC, possa abrir a porta dos carros. A partir de uma chave digital, o acesso aos carros poderá ser compartilhado com parentes pelo celular. 

A versão beta do Android 12 está disponível a partir de hoje para telefones das marcas Samsung e  Xiaomi, dentre outros modelos. Já a versão completa deve estar disponível na segunda metade do ano em aparelhos Google Pixel e, posteriormente, para outras marcas. 

Wear OS: parceria com a Samsung

O Google anunciou uma parceria com a Samsung para juntar forças no Wear OS e o Tizen, sistemas dos relógios inteligentes das empresas que agora serão unificados. 

Em parceria com a Samsung, o Google quer trazer uma de suas maiores atualizações para smarwatchs
Em parceria com a Samsung, o Google quer trazer uma de suas maiores atualizações para smarwatchs

Segundo o anúncio, haverá melhora na bateria (sem especificar o quanto), os apps irão carregar com 30% a mais de velocidade e desenvolvedores terão mais espaço para trabalhar — um dos exemplos é criar diferentes telas principais do dispositivo, chamadas de Tiles. Outra novidade é que, com um duplo clique no botão da lateral do relógio, será possível mudar a tela para o último app utilizado. Além disso, recursos da Fitbit estarão inclusos, como corrida e toques de celebrações no pulso.

Inteligência artificial e computação quântica 

O Google testará um novo modelo de inteligência artificial para o processamento de linguagem natural (NPL). A compreensão de linguagem natural é fundamental para o funcionamento de serviços da empresa, que vão desde filtros de spam no Gmail à compreensão de voz no Google Assistente. 

Assim, a empresa apresentou o MUM (Multitask Unified Model), um novo modelo originado a partir da arquitetura Transformer, que deu origem a modelos de NPL bastante conhecidos como Bert e GPT-3. Ele será usado na ferramenta de buscas da empresa e é 1.000 vezes mais poderoso que o Bert. Ele é capaz de ser treinado em 75 idiomas ao mesmo tempo – a maioria dos modelos precisa ser treinado em um idioma de cada vez. 

O MUM também é capaz de aprender diferentes tarefas ao mesmo tempo. É como o aprendizado de uma pessoa: aprendemos por textos, fotos e vídeos e somos capazes de fazer referências a diferentes conteúdos em diferentes formatos. A ideia com o MUM é que a máquina tenha aprendizado em múltiplas modalidades.  

Além do MUM, o Google apresentou um novo modelo de inteligência artificial voltado para conversas. Assim, como o Bert e a GPT-3, ela também usa a arquitetura Transformer, mas é focada em diálogos. Ainda em estágio de pesquisa, ele promete tomar dar conta dos rumos inesperados de uma conversa e melhorar serviços como o Google Assistente.  

A empresa também apresentou durante o Google I/O, sua intenção para chegar até 2030 com uma máquina com livre de erros e funcional para problemas reais.  Ela estima que para isso, seja necessário um computador com 1 milhão de qubits, menor unidade de processamento de informação num equipamento do tipo.

Além do MUM, o Google apresentou um novo modelo de inteligência artificial voltado para conversas. Assim, como o Bert e a GPT-3, a LaMDA também usa a arquitetura Transformer, mas é focada em diálogos. Ainda em estágio de pesquisa, ele promete tomar dar conta dos rumos inesperados de uma conversa e melhorar serviços como o Google Assistente.  

Segurança e privacidade

Sundar Pichai aproveitou o evento para reforçar na apresentação o compromisso da empresa com a privacidade e segurança dos usuários. Segundo o presidente executivo, a gigante da tecnologia tem compromisso com três princípios básicos: os produtos são seguros por padrão, seguem normas de privacidade desde o início e o controle é sempre comandado pelo usuário.

O Google mostrou um “futuro livre de senhas”, baseando a experiência do usuário em autenticação pelo celular. Por exemplo, o sistema poderá fazer importações de outros apps concorrentes do mercado ou senhas salvas do navegador Chrome poderão ser aplicadas a apps do Android, fazendo melhor integração entre celulares e desktops. 

Outro recurso anunciado é a emissão de alertas quando senhas forem expostas em vazamentos de informações. Por fim, o navegador Chrome irá ajudar o usuário a trocar senhas comprometidas por opções mais fortes sugeridas pelo sistema, sem que o usuário tenha de trocar de aplicativos ou acessar sites de terceiros. A plataforma irá dar a opção de o usuário excluir históricos de pesquisa ou de locais buscados no Maps, com botões destacados na tela. 

Outra novidade de privacidade foi um recurso no Google Fotos que permite esconder fotos específicas, para que ela não apareça em outros apps ou no feed de imagens. É uma pasta travada, que só pode ser assessada após o uso de uma senha de uso biométrico.

O Google frisou que está fora dos princípios da empresa usar dados pessoais, como saúde, raça, religião e orientação sexual, para vendas de anúncios e que as informações são anonimizadas. “Não há nada mais importante do que manter você seguro na internet”, disse a empresa no evento.

Lens, Busca, Mapas e Fotos 

Além disso, o Google Lens, que usa a lente do celular para “converter” imagens tiradas do mundo em material legível no computador, recebeu uma atualização e poderá agora traduzir textos em mais de 100 línguas.

Dando mais credibilidade às buscas, a plataforma irá trazer uma opção chamada “Sobre este resultado”, apontando uma descrição de qual é o site que está provendo tal informação, informações sobre quando ele apareceu pela primeira vez na plataforma e dados sobre a segurança da conexão. No momento, a função estará destinada para a língua inglesa e mais idiomas devem recebê-la em breve.

Maps permite que usuários apontem a câmera do celular para estabelecimentos na rua e o sistema leva à página daquela loja na internet, dando endereço e telefone de contato, por exemplo. Outra função é mapas indoor em aeroportos, começando por Zurique e Tóquio. 

O Google está detalhando ainda mais o mapa. Agora, usuários poderão ver diretamente onde há faixas de pedestres, função útil principalmente para pessoas em cadeira de rodas. Essas novidades devem ser implementadas ao longo das próximas semanas. O Google Maps vai começar a exibir rotas mais eficientes, que economizam combustível, e rotas mais seguras. 

Compras

O Google revelou novidades também em compras. A empresa falou do Shopping Graph, uma versão para compras do Knowledge Graph. Ao contrário da última, que é focada em conteúdo e conhecimento para a ferramenta de busca, o Shopping Graph funciona como um grande banco de dados com informações de produtos e anúncios comerciais. O novo foco no Shopping Graph mira a a Amazon: segundo a empresa, será 24 bilhões de anúncios listados. Isso significa muitas possibilidades de anúncios comerciais nas ferramentas do Google. 

Lens vai ajudar a encontrar produtos para comprar na internet
Lens vai ajudar a encontrar produtos para comprar na internet

Ao apontar a câmera do celular para um objeto, a plataforma pode fazer a busca e encontrá-lo disponível em lojas para comprar imediatamente. Outra função disponível é lembrar o usuário de compras colocadas no carrinho, mas que não foram realizadas. A empresa também anunciou uma parceria com a Shopify para que cerca de 1,7 milhão de lojistas exibam seus produtos na plataforma de buscas, sem taxas.

Hologramas: Projeto Starline

A empresa mostrou também um novo sistema, ainda em estado experimental em alguns escritórios da empresa. O Projeto Starline usa sensores de profundidade para alimentar um sistema holográfico, que promete ser uma evolução aguda das videochamadas. As imagens são captadas e recriada com câmeras de alta resolução, e ligadas por uma plataforma que transporta “muitos gigabits por segundo”.

Não há data para que ele se torne um produto final. 

Sundar Pichai, presidente do Google, abre o Google I/O 2021
Sundar Pichai, presidente do Google, abre o Google I/O 2021

Workspace

A empresa anunciou um novo produto para o seu pacote de produtividade, o Workspace, chamado Smart Canvas. A ferramenta permite a execução de projetos colaborativos, com diferentes membros trabalhando na criação dos trabalhos.O novo programa permite fazer brainstorming entre equipes de forma mais colaborativa, com alterações em tempo real, sugestões dos usuários e marcações de colaboradores.

É um produto que lembra plataformas como o Miro. O produto estará disponível em breve para escolas e organizações colaborativas.  A empresa relembrou também as mudanças do Google Meet, como novas formas de organizar janelas e inteligência artificial para melhorar a qualidade da ligação e para oferecer legendas.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.