Valentino vai banir uso de peles e focar em marca principal

Grife de luxo também vai abandonar sua segunda linha, mais jovem
Claudia Cristoferi, Reuters

Modelo apresenta criação do estilista Pierpaolo Piccioli como parte de seu desfile de roupas femininas outono-inverno 2020/21 para a grife Valentino durante a Paris Fashion Week. Foto: REUTERS/Piroschka van de Wouw

A grife de luxo italiana Valentino informou nesta terça-feira,18, que deixará de usar peles a partir do próximo ano e focará em sua marca principal, de mesmo nome, abandonando sua segunda linha, mais jovem, a partir de 2024.

A empresa de moda controlada pelo Mayhoola, veículo de investimento do Catar, vem seguindo a iniciativa de muitas outras marcas em banir o uso de peles nos últimos anos, incluindo Prada, Versace, Gucci e Armani, devido à crescente sensibilidade dos clientes aos direitos dos animais e questões ambientais.

A última coleção Valentino a incluir peles será na temporada outono/inverno 2021-22, disse a empresa.

O chefe executivo da Valentino, Jacopo Venturini, que se juntou ao grupo italiano no ano passado, quando a indústria de artigos de luxo foi duramente atingida pela pandemia, decidiu também interromper as coleções para a marca mais jovem, a Red Valentino.

“A concentração em uma, e apenas uma marca, suportará melhor um crescimento mais orgânico da Maison”, disse o ex-executivo da Gucci em nota.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.