WhatsApp irá permitir transferência de histórico de iPhone para Android (e vice-versa)

Aplicativo também trabalha em solução que permite transferir o histórico de diferentes números de telefone

WhatsApp não revela data de lançamento de recursos de atualização do aplicativo

WhatsApp trabalha em um recurso que irá permitir a transferência do histórico de mensagens entre dispositivos de diferentes plataformas, informou na quinta-feira passada o site especializado WaBetaInfo, que acompanha futuras atualizações do mensageiro. Atualmente, a novidade está em testes tanto em celulares Android quanto iOS.

A transferência de mensagens entre um dispositivo e outro soluciona a dor de cabeça de quem trocou de marca de smartphone, ou seja, saiu de um iPhone e foi para Android (ou vice-versa), já que hoje há transferência de dados apenas quando o usuário permanece na mesma plataforma.

Ao configurar o novo smartphone, o WhatsApp irá perguntar ao usuário se quer mover o histórico, ressaltando que esse é o único momento em que a função poderá ser utilizada. Junto com as mensagens, mídias também serão transferidas.

Outro recurso em desenvolvimento é a transferência do histórico para diferentes números de telefone, algo útil para quem está trocando de DDD ou mesmo de país. Dessa maneira, seria possível manter todos os contatos e conversas idênticos, apesar da troca de chip com a operadora de telefonia.

Ainda não está claro como a tecnologia funcionaria, mas ambos os recursos estão em testes e não têm data de lançamento anunciada, diz o WaBetaInfo.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.