Apple concede US$5 milhões para faculdades afro-americanas

Apple anunciou hoje que está concedendo “bolsas de inovação” no valor de US$5 milhões a quatro faculdades e universidades historicamente negras (historically black colleges and universities, ou HBCUs), conforme divulgado pelo USA TODAY.

De acordo com as informações, as instituições beneficiadas com as bolsas são: Alabama A&M UniversityUniversidade HowardUniversidade Estadual de Morgan e Prairie View A&M University.

Os subsídios, que serão concedidos ao longo de três anos, fazem parte da Iniciativa sobre Equidade e Justiça Racial da Apple, cujos fundos somam US$100 milhões.

O objetivo do investimento é ajudar na formação de engenheiros de hardware e design de chips. As bolsas apoiarão as escolas de engenharia de cada universidade e ajudarão a expandir os cursos emergentes nessas áreas. A vice-presidente de iniciativas ambientais, políticas e sociais da Apple, Lisa Jackson, comentou a novidade:

A comunidade HBCU é o lar de talentos incríveis e estamos entusiasmados em trabalhar ao lado dessas universidades para aumentar as oportunidades para seus alunos. Sabemos que muitos empregos do futuro serão em áreas inovadoras como engenharia de silício e queremos ajudar a garantir que os líderes de amanhã tenham acesso a oportunidades de aprendizagem transformacional.

Outras oportunidades incluirão bolsas de estudo selecionadas e estágios na Apple — dando aos alunos a oportunidade de interagir com os engenheiros da companhia e aprender com suas experiências, como destacado pelo reitor da Faculdade de Engenharia e Arquitetura da Universidade Howard, John MM Anderson.

A Apple colaborará estreitamente com nosso corpo docente de engenharia da computação para fortalecer nossas ofertas de cursos e recursos de laboratório nas áreas de projeto, fabricação e teste de circuitos integrados. Além disso, por meio de projetos de design e estágios, nossos alunos terão a oportunidade de se envolver com os engenheiros da Apple e se beneficiar muito de seus conhecimentos, experiências e orientações.

Atualmente, os profissionais negros representam apenas 5% da força de trabalho e 3% do total de executivos na área de tecnologia. Além disso, eles correspondem por somente 1% do número de fundadores de empresas de tecnologia nos Estados Unidos, de acordo com uma pesquisa do Kapor Center.

VIA IDOWNLOADBLOG

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.