Série ‘Colônia’ expõe triste história de hospital mineiro

PATRÍCIA KOGUT

Andréia Horta em ‘Colônia’ (Foto: Hélcio Alemão Nagamine)

A mineira Barbacena é até hoje conhecida como “a cidade dos loucos”. O apelido demeritório se deve a um hospital psiquiátrico — hoje desativado — fundado lá em 1903. Milhares de pessoas foram internadas ali e muitas delas morreram vítimas de maus-tratos. Foi um destino para o degredados. Segundo historiadores, 70% dos internos não sofriam de doença mental. Eram mulheres grávidas, homossexuais, prostitutas e outras figuras inconvenientes para a sociedade da época. Essa história tétrica foi contada por Daniela Arbex no livro “Holocausto Brasileiro”. E agora inspira a série “Colônia”, dirigida por André Ristum (que também assina o roteiro com Marco Dutra e Rita Gloria Curvo). A produção foi lançada na última sexta-feira, 25, no Canal Brasil. Os dez episódios estão disponíveis no Globoplay. Vale conferir, mas prepare o coração. É tudo muito triste.

Como avisa um letreiro na abertura, “são fatos reais com personagens fictícios”. O roteiro centra a atenção em histórias individuais para compor seu grande painel. Metade do primeiro episódio se dedica à viagem de Elisa (Fernanda Marques), da fazenda onde vivia com os pais até o manicômio. Grávida do namorado, ela é embarcada num trem de carga, como os passageiros dos campos de concentração. E desembarca numa teia infinita de aflição e agressões. A direção optou por filmar em preto e branco, mas a história é sombria por si. A produção é sensível, bem narrada e levada por um elenco de talentos — além de Fernanda, Andréia HortaEduardo Moscovis, Augusto Madeira, Naruna Costa, Bukassa Kabengele, Arlindo Lopes e Rejane Faria.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.