Customização é a nova onda da indústria da beleza

Um xampu com seu cheiro preferido, um hidratante feito especialmente para a sua pele e um perfume que só você terá: cosméticos agora podem ser ‘sob medida’
Karina Hollo

Perfumes Amyi Foto: Divulgação

Todo mundo quer se sentir único e especial. Não à toa, a customização, que já tinha tomado conta da moda e do varejo, chega com força ao mercado da beleza. A demanda partiu da Geração Z e de seu desejo de autoexpressão e personalização. “O consumidor passa a se aceitar cada vez mais como único e se distancia de padrões comuns. A individualidade estará ao lado da inclusão, e ambas vão impulsionar a busca por produtos personalizados”, explica Liliah Angelini, especialista da WGSN, empresa líder em tendências de comportamento e consumo.

A exclusividade é viabilizada por meio de recursos tecnológicos que permitem o desenvolvimento de cosméticos de forma inovadora. “A pandemia contribui com o sentimento de perda de controle. Dessa forma, escolher e combinar seus próprios ingredientes, fragrâncias e texturas, estimula a sensação de participação. A experiência também é uma maneira de escapismo”, analisa Liliah.

A primeira categoria a sentir os ares da personalização foi a dos produtos que disputam espaço no boxe do chuveiro. Os itens capilares estão sendo desenhados para atender às necessidades específicas. “Nosso leave-in exclusivo foi pedido pelos consumidores da marca e desenvolvido em cocriação: desde o tamanho do frasco até o valor ideal para comercialização”, conta Beatriz Zogaib, da Just ForYou. Idealizado para combater o frizz, hidratar e proteger os fios contra o calor, o sol e a poluição, o produto é customizável para se adaptar a cada rotina, textura e tipo de cabelo, bastando responder a um questionário no site antes de encomendar.

Na startup de haircare Meu Q dá para escolher a cor, o aroma e e até o nome de xampu, condicionador e leave-in. “O algoritmo da nossa inteligência artificial possibilita termos um conhecimento profundo de cada cliente. A tecnologia direciona os ativos ideais para cada pessoa”, conta Pedro Nunes, sócio-proprietário da marca.

Os gadgets também aderiram ao movimento. Os aparelhos podem ser programados para atuar de acordo com a cútis de quem os usa. A inteligência artificial, de novo, é uma baita aliada. “O Bear, por exemplo, é o único aparelho de massagem facial no mundo que tem uma tecnologia chamada Antishock System, que vai adequando a intensidade da microcorrente para a qualidade da pele de quem o está utilizando”, diz Ana Luisa Chechetti, gerente de comunicação da Foreo, no Brasil.

E tem outra maneira de ter um produto exclusivo para chamar de seu: fazendo você mesma a sua customização. Essa é a pegada da GE Beauty de Camila Coutinho, que sugere que você individualize seu ritual de cuidados com o cabelo a cada lavagem. “Tem dia que você quer mais definição, ou precisa de mais hidratação. Em outros, prefere dar um boost de proteção e força. Ou tudo isso junto”, observa a influencer.

Gostou da brincadeira do faça você mesma? Ela também é possível quando falamos de perfumes. Se casas de fragrâncias de nicho, como a Le Labo, permitem que se crie uma assinatura olfativa exclusiva, para o grande público já existe a opção de misturar aromas e criar um terceiro: é o ‘Mix n Match’ sugerido na linha Choice, da The Body Shop. As notas de Choice Power podem ser combinadas às de Choice Free ou com a Choice Cool.

Mas como a customização pode ir além no mundo das fragrâncias? A startup de perfumaria Amyi tem a resposta. “Nossa missão é ajudar os brasileiros a terem mais conhecimento sobre perfumaria ao observar ingredientes e rotas olfativas que agradam e que não agradam em nossa jornada de experimentação, para então, em um futuro breve, criarmos perfumes verdadeiramente personalizados”, explica a fundadora, Larissa Motta. “Estamos desenvolvendo um algoritmo que nos ajudará a alcançar essa customização.”

A tecnologia também chegou até aos suplementos vitamínicos. Assim que você responde a um quiz sobre hábitos diários, a Vitamine-se sugere um mix de vitaminas. “A inteligência artificial oferece recomendações de nutrientes que correspondem exatamente às necessidades de cada um”, diz Keyth Washington, gerente de atendimento da marca.

É o futuro batendo à nossa penteadeira.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.