Stephane Rolland | Haute Couture Fall Winter 2021/2022 | Digital

Stéphane Rolland | Haute Couture Fall Winter 2021/2022 | Digital Fashion Show in High Definition. (Widescreen – Exclusive Video/1080p – Haute Couture Fashion Week – Paris/FR)

93 Sierra/Crosses “2ND” Lookbook

93 Sierra/Crosses “2ND” collection aposta em peças emblemáticas baseadas no seu conceito de ‘Streetwear elevado’, onde o corte e a qualidade dos produtos são protagonistas, a par de grafismos inspirados nas tradicionais siderúrgicas do norte de Espanha.

Esta nova temporada traz uma paleta de cores vivas e novos fundamentos do guarda-roupa, como bonés de beisebol com corte vintage ou cintos de couro reversíveis

PHOTOGRAPHY: ADRI CUERDO
PHOTO ASSISTANT: DANIEL GARZEE
CREATIVE DIRECTION: ADRIAN LORCA, OLIVER IGLESIAS, ADRI CUERDO
STYLING: ADRIAN LORCA
STYLING ASSISTANT: CLOE FRANCO
TALENTS: ARITZ KORTABARRIA, JOSE MENDES, SEBASTIAN JUAREZ, DIMAS FERNANDEZI
HAIR: SUSO FERCORT

Apple abre inscrições do Entrepreneur Camp para negros

No ano passado, acompanhamos todo o movimento #BlackLivesMatter, seus protestos e desdobramentos ao redor do mundo. Levando isso em conta, em 2020, a Apple anunciou uma edição do Apple Entrepreneur Camp focada especialmente em desenvolvedores negros.

O projeto foi um sucesso e, neste ano, ele ocorrerá novamente! Hoje, a empresa abriu as inscrições para o Apple Entrepreneur Camp for Black founders and developers, que ocorrerá de forma online entre os dias 26 de outubro até 4 de novembro de 2021.

Esse projeto faz parte da Iniciativa sobre Equidade e Justiça Racial, apresentada pela Apple no ano passado, a fim de combater as desigualdades sociais enfrentadas pela população negra.

O programa consiste em uma experiência imersiva em laboratórios de desenvolvimento, mentoria, aulas e suporte com engenheiros da Apple para que os desenvolvedores selecionados criem apps incríveis.

Assim como o bem sucedido Apple Entrepreneur Camp para mulheres, essa edição também será totalmente online. As inscrições já estão abertas para pessoas do mundo todo e serão encerradas no dia 17 de agosto (uma terça-feira).

As condições para aplicação e o formulário de inscrição podem ser encontrados nessa página. [MacMagazine]

Corretora digital de planos de saúde, startup Pipo recebe aporte de R$ 100 mi

Startup ajuda empresas a escolherem seus planos de saúde; com os novos recursos, a Pipo pretende investir em tecnologia e contratação
Por Giovanna Wolf – O Estado de S. Paulo

Manoela Mitchell, CEO e fundadora da Pipo Saúde

A startup Pipo Saúde, que atua como uma corretora digital de planos de saúde, anuncia nesta quarta-feira, 28, que recebeu um investimento de R$ 100 milhões liderado pela Thrive Capital, investidora de grandes nomes como Nubank e Loft. É o mais novo aporte entre as chamadas “healthtechs”, que receberam só no primeiro semestre deste ano US$ 183,9 milhões em investimentos no Brasil, segundo a empresa de inovação Distrito.

A rodada contou com a participação do fundo Atlântico, de Julio Vasconcelos (fundador do Peixe Urbano), e outros investidores-anjo. Monashees, Kaszek, OneVC e David Vélez (fundador do Nubank) já investiam na Pipo e também fizeram parte do novo cheque. 

Fundada em 2019, a Pipo ajuda a área de recursos humanos de empresas a escolherem operadoras e planos de saúde para os funcionários, de acordo com suas necessidades – isso é feito com ciência de dados. “É complexo entender qual é o plano de saúde certo para cada empresa, principalmente se ela for grande e tiver pessoas em vários lugares pelo Brasil. A partir de onde os funcionários moram, das restrições orçamentárias da companhia e da localização da rede dos planos, a Pipo consegue direcionar quais são as melhores opções de produtos”, explica Manoela Mitchell, presidente executiva da Pipo Saúde, que fundou a startup ao lado de Vinicius Correa e Thiago Torres. 

Nessa escolha de planos, a healthtech pode combinar mais de um produto de diferentes operadoras. Depois que o pacote é fechado, a Pipo atua na gestão dos planos em processos como inclusão de funcionários, pagamento de fatura e alocação dos valores em folhas. Além disso, a startup tem uma equipe própria de especialistas que ajuda os pacientes em decisões sobre saúde, como uma segunda opinião sobre uma cirurgia – o atendimento é feito por WhatsApp, chat, e-mail ou ligação telefônica. 

A Pipo tem hoje cerca de 100 empresas clientes, como MadeiraMadeira e Buser – ao todo, são aproximadamente 15 mil vidas sob gestão. A startup recebe um valor das operadoras pela corretagem, e não cobra o serviço das empresas. 

O novo cheque será usado para investimentos em tecnologia e contratação de funcionários. A Pipo tem hoje 100 pessoas e pretende dobrar o número até o final do ano. 

A startup ainda tem pela frente o desafio de atender companhias de grande porte – atualmente, a healthtech tem como clientes principalmente empresas de 100 a 2,5 mil funcionários. “Empresas maiores têm complexidades adicionais como exames recorrentes nos funcionários e ambulatórios em fábricas. Ainda não conseguimos navegar nisso, mas é para onde queremos ir”, diz Manoela. 

A área de planos de saúde tem atraído atenção de várias startups brasileiras. Uma delas é a Alice, que tem apenas um ano de operação e já soma US$ 47,8 milhões em investimentos – a healthtech tem um time de saúde próprio e dá acesso a hospitais e laboratórios parceiros. Outro nome de destaque é a Sami, que oferece um plano de saúde voltado a pequenas e médias empresas e atende quase 2 mil empresas. Por ser corretora e não oferecer um produto digital como a maioria dessas startups faz, a Pipo se posiciona como um serviço complementar. “Essa tendência de digitalização beneficia nosso modelo. A recomendação com base em dados ganha valor”, afirma a executiva. 

Uma espiada no espaço de Coworking do Alliance Center em Denver, Colorado

Provedor de espaço de coworking O Alliance Center contratou recentemente a empresa de arquitetura e design de interiores Gensler para projetar seu novo espaço de coworking em Denver, Colorado.

alliance-center-denver-coworking-13
Breakout space

“Trabalhando em estreita colaboração com a Alliance for Sustainable Colorado, Gensler desenvolveu um conceito de design para uma renovação de alto desempenho do espaço de escritórios existente da organização sem fins lucrativos localizado no centro de Denver. Respondendo ao desejo do cliente de criar um espaço que atrairia e reter inquilinos que procuram facilitar a sustentabilidade por meio da colaboração, Gensler projetou um centro multi-inquilino, sem fins lucrativos reimaginado que liga diretamente todos os grupos de inquilinos para o avanço da sustentabilidade.

Para conseguir isso, Gensler criou um espaço aberto, saudável, flexível e cheio de luz que promoveria a polinização cruzada de ideias, ao mesmo tempo que encorajava interações espontâneas entre inquilinos e visitantes. A entrada original do edifício foi restaurada para criar uma forte presença na rua ao longo de uma via principal, enquanto um novo design do saguão oferece aos inquilinos e visitantes oportunidades de interação, bem como uma forte introdução visual à marca e missão da organização sem fins lucrativos. ”

  • Location: Denver, Colorado
  • Date completed: 2019
  • Design: Gensler
alliance-center-denver-coworking-1
Collaborative space
alliance-center-denver-coworking-4
Collaborative space
alliance-center-denver-coworking-5
Corridor
alliance-center-denver-coworking-6
Coworking space
alliance-center-denver-coworking-7
Coworking space
alliance-center-denver-coworking-8
Meeting space
alliance-center-denver-coworking-11
Collaborative space
alliance-center-denver-coworking-12
Corridor

Victoria Beckham | Spring Summer 2019 | Full Show

Victoria Beckham | Spring Summer 2019 by Victoria Beckham | Full Fashion Show in High Definition. (Widescreen – Exclusive Video/1080p – LFW/London Fashion Week).

Victoria Beckham | Primavera Verão 2019 por Victoria Beckham | Desfile de moda completo em alta definição. (Widescreen – Vídeo exclusivo / 1080p – LFW / London Fashion Week).

A Pre-Fabricated House in Australia’s Most Remote and Harsh Landscape (House Tour)

Traditionally, homes and pre-fabricated house’s situated in the Australian landscape relied upon an imported architectural design from Europe, imposing on the landscape and unsuitable for the rural living experience. Courtyard House is a pre-fabricated house by CHROFI that challenges this former standard, instead embracing the harshness of the Australian environment.

The home works quietly by blending into its environment. The modules that make up the structure stand side-by-side and are linked together by a central courtyard. This alters the home’s sense of space, as the views extend through the rooms in the pre-Fabricated house and then further out into the landscape, successfully connecting interior and exterior areas.

As a pre-Fabricated house, the materiality of the building was dictated by weight, as the house was transported to the site on the back of a truck. Building a pre-Fabricated house within a controlled off-site environment offers ability to speed up construction times and manage wastage.

As prefabricated houses are built under a roof offsite, the home itself is protected from the elements while vastly minimising the impact to the site. For Courtyard House, CHROFI was drawn to Australian hardwood for the primary cladding; its natural finish speaking to the surrounding landscape of gumtrees.

Tradicionalmente, as casas e pré-fabricadas situadas na paisagem australiana contavam com um projeto arquitetônico importado da Europa, imponente na paisagem e inadequado para a experiência de vida rural. Courtyard House é uma casa pré-fabricada pela CHROFI que desafia esse padrão anterior, ao invés de abraçar a dureza do ambiente australiano.

A casa funciona silenciosamente, integrando-se ao ambiente. Os módulos que compõem a estrutura ficam lado a lado e são interligados por um pátio central. Isso altera a sensação de espaço da casa, pois as vistas se estendem pelos quartos na casa pré-fabricada e, em seguida, mais longe na paisagem, conectando com sucesso as áreas internas e externas.

Por ser uma casa pré-fabricada, a materialidade da edificação era ditada pelo peso, pois a casa era transportada para o local na carroceria de um caminhão. Construir uma casa pré-fabricada em um ambiente externo controlado oferece a capacidade de acelerar os tempos de construção e gerenciar o desperdício.

Como as casas pré-fabricadas são construídas sob um telhado externo, a casa em si é protegida dos elementos, enquanto minimiza amplamente o impacto no local. Para a Courtyard House, a CHROFI escolheu a madeira de lei australiana para o revestimento primário; o seu acabamento natural fala com a paisagem circundante de eucaliptos.

Christian Dior – Ad Campaign F/W 2021 – Essoye Mombot, Maryel Uchida, Sade van der Hoeven & Steinberg By Elizaveta Porodina 

Christian Dior   —   Ad Campaign F/W 2021   —   www.dior.com

Designer: Maria Grazia Chiuri Photography: Elizaveta Porodina Model: Essoye Mombot, Maryel Uchida, Sade van der Hoeven & Steinberg Styling: Elin Svahn Make-Up: Peter Philips Hair: Damien Boissinot Art Direction: Fabien Baron

França oferecerá até 1,5 mil euros para quem trocar carro por bicicleta

Medida anunciada pelo governo federal prevê também a possibilidade de um valor extra de mil euros para quem optar por uma bicicleta elétrica

Foto: Getty Images

Depois de meses de discussões no parlamento francês, finalmente foi definido o valor que poderá ser concedido para quem decidir trocar o carro por uma bicicleta na França. Será uma ajuda de custo de até 1,5 mil euros, que pode chegar a até 2,5 mil no caso de bicicletas elétricas.

O anúncio do governo de Emmanuel Macron chega uma semana depois do parlamento ter dado a sua aprovação final à lei sobre as alterações climáticas que, apesar das críticas dos ambientalistas que consideram que ela não vai suficientemente longe, contém medidas inovadoras como a proibição de voos quando existem alternativas de trajetos de trem com menos de duas horas e meia de duração.

“Para promover o uso da bicicleta elétrica como alternativa ao veículo individual e favorecer o movimento em direção ao transporte sustentável, principalmente em áreas urbanas e periferias, a Lei do Clima estende o prêmio para a conversão para compra de bicicleta de assistência elétrica ou uma bicicleta elétrica de carga em troca da entrega de um carro ou caminhão poluente para sucateamento”, explicaram em comunicado conjunto os responsáveis ​​pela Economia e Transporte do governo francês.Saiba maisA cidade-luz de quinze minutos

Segundo o jornal El País, embora a medida não estivesse no texto original do projeto de lei apresentado pelo governo, uma alteração foi votada por unanimidade na Assembleia Nacional em meados de abril e, na semana passada, todo o pacote foi aprovado.

O novo regulamento francês também proíbe a publicidade de combustíveis fósseis e, a partir de 2028, dos veículos mais poluentes. Também estabelece a proibição, a partir de 2025, de embalagens alimentícias de poliestireno de uso único e estabelece que até 2030 as lojas com mais de 400 metros quadrados terão que destinar pelo menos 20% das suas áreas de venda para produtos a granel. Fica proibido ainda, a partir de 2028, o aluguel de casas mal isoladas termicamente e, portanto, com altos custos de energia para aquecimento e resfriamento. [Um Só Planeta]