Dia da Igualdade Feminina: 5 livros de mulheres para se inspirar e celebrar

Neste Dia da Igualdade Feminina, Vogue convida você a refletir sobre os avanços na conquista de direitos femininos

Vogue Negócios (Foto: MAR+VIN)

Nesta quinta (26.08) celebra-se o Dia Internacional da Igualdade Feminina. A data surgiu em 1973, nos Estados Unidos, e foi uma medida tomada pelo governo para homenagear a 19ª emenda, que concedeu o direito de voto às mulheres. Mesmo não sendo feriado, é comum que pessoas usem a efeméride para gerar debates em torno da histórica luta feminina por equidade comemorando também as conquistas do movimento.

No Brasil, além do recente crescimento de feminicídios durante o isolamento social, um dos setores em que a disparidade de gênero mais se destaca é o ambiente de trabalho. Com direito de exercer uma profissão plenamente conquistado há apenas 58 anos, segundo estudo realizado pela economista Laísa Rachter, pesquisadora do Instituto Brasileiro de Economia da Fundação Getulio Vargas (Ibre/FGV), as mulheres geralmente recebem 19% a menos que os homens para exercer as mesmas funções; e analisando apenas mulheres em cargos de chefia, esta diferença pode chegar em até 30%.

Neste Dia Internacional da Igualdade Feminina (26.08), para além das homenagens, Vogue convida você a refletir sobre os avanços na conquista de direitos femininos e também sobre os desafios para atingir a equidade de gênero, e para isso indicamos cinco livros para você se aprofundar no assunto e ampliar o debate: 

Pequeno Manual Antirracista, Djamila Ribeiro (Companhia das Letras), R$ 14,90

"Pequeno manual Antirracista", de Djamila Ribeiro (Foto: Reprodução )
Pequeno Manual Antirracista, Djamila Ribeiro (Companhia das Letras), R$ 14,90 (Foto: Reprodução Amazon)

Não é de hoje que a filósofa e ativista Djamila Ribeiro trata de temas como racismo estrutural, negritude, branquitude e violência racial. Neste livro, em onze capítulos, a autora coloca os leitores em reflexão sobre as discriminações raciais que não estão ditamente explicitas, mas que não cabem mais na sociedade atual. Além disso, Djamilla convoca o leitor a assumir a responsabilidade pela transformação do estado das coisas e não esperar ninguém para ensiná-lo, afinal, “a prática antirracista é urgente e uma luta de todos”, expressa ela em um trecho do livro. Disponível na versão física e para Kindle. Compre na Amazon. R$ 14,90

Mulheres, raça e classe, por Angela Davis (Boitempo, 248 páginas), R$ 45,75

"Mulheres, raça e classe", de Angela Davis (Foto: Reprodução )
Mulheres, raça e classe, por Angela Davis (Boitempo, 248 páginas), R$ 45,75 (Foto: Reprodução Amazon)

Este livro é considerado fundamental para se entender as nuances das opressões raciais. Nele você poderá conferir um relato sobre o início da escravidão e a forma como a mulher negra foi desumanizada aos longos dos anos. Além disso, Angela Davis mostra a necessidade da não hierarquização das opressões, ou seja, o quanto é preciso considerar a intersecção de raça, classe e gênero para possibilitar um novo modelo de sociedade. Disponível na versão física e para Kindle. Compre na Amazon. R$ 45,75

Memórias da Plantação, por Grada Kilomba (Cobogó, 249 páginas), R$ 41,60

"Memórias da plantação: Episódios de racismo cotidiano", de Grada Kilomba (Foto: Reprodução )
Memórias da Plantação, por Grada Kilomba (Cobogó, 249 páginas), R$ 41,60 (Foto: Reprodução Amazon)

Diferente das demais sugestões, o livro de Grada Kilomba tem viés mais bruto e realista. “Memórias da Plantação” é uma compilação de episódios de racismo, sejam ofensas ao corpo negro, ao cabelo negro ou a existência, passando, claro, por insultos raciais e como estas posturas precisam ser extintas da normalidade atual. Publicado originalmente em inglês, em 2008, o livro é considerado uma importante contribuição para estudos da branquitude, da psicanálise e do feminismo negro na atualidade. Disponível na versão física e para Kindle Compre na Amazon. R$ 41,60

Eu, Empregada Doméstica, Preta Rara (Letramento, 212 páginas), R$ 29,79

livros feministas (Foto: Reprodução Amazon)
Eu, Empregada Doméstica, Preta Rara (Letramento, 212 páginas), R$ 29,79 (Foto: Reprodução Amazon)

“A senzala moderna é o quartinho de empregada”, é com essa analogia que a autora Preta Rara busca chamar atenção das leitoras para mostrar relatos de desrespeito, humilhação e insultos fantasiados de brincadeiras vividos por empregas domésticas negras. Com pano de fundo racial, o livro navega por assuntos como insultos velados, falta de humanização do corpo negro, entre outros, sempre evidenciando o quanto comentários e pequenas atitudes podem afetar pessoas negras. Disponível na versão física e para Kindle. Compre na Amazon. R$ 29,79

Box O Segundo Sexo, por Simone de Beauvoir (Nova Fronteira, 904 páginas), R$ 135,91

livros feministas (Foto: Reprodução Amazon)
Box O Segundo Sexo, por Simone de Beauvoir (Nova Fronteira, 904 páginas), R$ 135,91 (Foto: Reprodução Amazon)

Publicado em capítulos a partir de 1949, o texto causou comoção por suas posições feministas muito audaciosas. Neste box são dois volumes, Fatos e Mitos e A Experiência Vivida. No primeiro, Simone de Beauvoir aborda a condição da mulher e conceitos nas mais diversas áreas do conhecimento, para destacar os desequilíbrios de poder entre os gêneros. No segundo, ela aprofunda a análise da condição da mulher nas dimensões psicológica, social e política, contemplando os problemas e, principalmente, os caminhos da libertação. Esta edição comemorativa teve colaboração de pensadoras brasileiras sobre a importância da obra ao longo das décadas. Disponível na versão física e para Kindle. Compre na Amazon. R$ 135,91.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.