Fashion news: as 11 principais novidades da moda nesta semana

Da abertura da primeira loja da PatBo em Nova York ao lançamento da linha de homewear da carioca Andrea Marques, confira os destaques da moda
PAULA MELLO (@PAULAMELLO_)

PatBo inaugura primeira loja em Nova York (Foto: Divulgação)

PatBo inaugura primeira loja em Nova York
A região do Soho, em Nova York, ganhou uma loja brasileira: a PatBo, grife comandada pela estilista Patricia Bonaldi, inaugurou seu primeiro espaço na Big Apple, logo após apresentar seu desfile durante a semana de moda na cidade. A abertura faz parte do plano de internacionalização iniciado em 2017 pela grife, que já está presente em mais de 250 pontos de distribuição, incluindo multimarcas como Bergdorf Goodman, Harrods, Net-a-Porter e Moda Operandi, em 25 diferentes países. No espaço, será possível encontrar as coleções ready-to-wear, praia, noivas e pijamas, além de peças exclusivas. A coleção desfilada durante a NYFW já pode ser encontrada no e-commerce internacional e chegará às lojas dos Estados Unidos e Brasil em janeiro de 2022.

Andrea Marques lança linha de homewear (Foto: Divulgação)
Chemise da linha de homewear de Andrea Marques (Foto: Divulgação)

Andrea Marques lança linha de homewear
A estilista carioca Andrea Marques, conhecida por sua alfaiataria impecável e estampas marcantes, dá início a uma linha homewear. Com lançamento nesta semana, a novidade inclui quatro modelos de pijamas e chemises em algodão — o tipo de roupa de ficar em casa que dá vontade de também levar para a rua. As peças, que serão vendidas online e na loja do Rio de Janeiro, combinam conforto com a elegância tradicional da marca. 

Lacoste lança colaboração com a Polaroid (Foto: Divulgação)
Lacoste lança coleção em colaboração com a Polaroid, com imagens clicadas pelo fotógrafo e artista plástico Felipe Morozini (Foto: Divulgação)

Lacoste cria coleção em colaboração com a Polaroid
A marca francesa se uniu à fabricante de câmeras Polaroid, que vem capturando memórias em filmes instantâneos por mais de 70 anos, para criar uma coleção em colaboração. O primeiro logo da empresa, feito em 1963, foi o ponto de partida para a criação de roupas ultracoloridas (em azul, verde, amarelo, laranja e vermelho). As peças são uma releitura dos clássicos da Lacoste inspirados na trajetória da Palaroid. O icônico crocodilo, por exemplo, é inserido em camisas e moletons em tons vibrantes. Os acessórios acompanham a paleta arco-íris da coleção, que aparece em tênis, bonés, relógios e mochilas. Fotos históricas da marca francesa foram aplicadas am itens como camisetas e calças para a linha Lacoste Live. As imagens para o Brasil foram clicadas no Minhocão por Felipe Morozini. 

Nordestesse (Foto: Divulgação)
Look da estilista cearense Marina Bitu, que estará à venda na Pinga como parte da curadoria da Nordestesse (Foto: Divulgação)

Plataforma que fomenta o trabalho de empreendedores nordestinos estreia na Pinga
Projeto que abrange cinco pilares (moda, design, artes visuais, gastronomia e hotelaria), destacando produtos e serviços que preservam os saberes ancestrais do Nordeste, a plataforma Nordestesse (@nordestesse_), tem como objetivo divulgar e fomentar o trabalho de empreendedores dos nove estados da região. O projeto é comandado pela jornalista baiana Daniela Falcão, que trabalhou durante 35 anos nos principais veículos do País, incluindo a Vogue. Faz parte da iniciativa promover festivais em parceria com multimarcas e shoppings em todo o Brasil. A estreia acontece na paulistana Pinga, de 22 de setembro a 8 de outubro. Durante duas semanas, 15 marcas irão ocupar as araras da loja. Entre elas, as cearense Marina Bitu (na foto) e SAU (de moda praia), a baiana Adriana Meira e a sergipana Vivian Lazar, que além de bolsas de crochê faz também objetos de decoração como lustres e cestos.

Gucci (Foto: Divulgação)
Relógio Gucci 25H (Foto: Angelo Pennetta)

Gucci lança modelo de relógio com caixa superfina
Como parte da sua coleção de alta relojoaria, a grife italiana apresenta o Gucci 25H, primeiro relógio mecânico superfino da casa (com caixa de 7,2 mm) no segmento do luxo desportivo. A peça tem um significado especial para o diretor criativo Alessandro Michele, já que o número é considerado seu talismã. Para celebrar esse momento, a Gucci fotografou as imagens num ateliê de relojoaria, com modelos “trabalhando” enquanto usam a peça. A versão automática em aço está em destaque nas novas imagens, que também realça o acabamento acetinado e escovado e as linhas horizontais cinzento-escuras. Há ainda outras opções em tamanhos menores, como o de quartzo com caixa de 4 mm e uma com o aro decorado com diamantes. 

Relógio Gucci 25H (Foto: Divulgação)
Relógio Gucci 25H (Foto: Angelo Pennetta)
Rayssa Leal no making of das fotos para a MyCollection da HStern (Foto: Divulgação)
Rayssa Leal no making of das fotos para a MyCollection da HStern (Foto: Divulgação)

HStern arma ação beneficente com a skatista Rayssa Leal 
Inspiração para meninas e mulheres, a medalhista olímpica Rayssa Leal, também conhecida como “Fadinha do Skate”, usará sua imagem para uma ação beneficente com a HStern. O pingente Fadinha, uma joia de ouro da MyCollection, linha mais jovem da marca e que tem a skatista como novo rosto, vai ter parte do lucro revertido para uma ONG indicada por ela e localizada na região Nordeste. A joalheria realizou um ensaio com a atleta maranhense e também anuncia seu apoio ao projeto Road to Paris 2024, jornada de preparação da skatista para os próximos jogos olímpicos. “Rayssa nos emociona a cada manobra radical porque demonstra que as mulheres podem tanto, desde muito pequenas!”, diz Roberto Stern, diretor de criação da HStern. 

Coleção de primavera da Renner (Foto: Divulgação)
Peças da coleção de primavera da Renner (Foto: Divulgação)

Imaginário dos sonhos pauta modelagens, cores e estampas da primavera da Renner 
Para a sua primavera, a Renner reflete a esperança por dias melhores e o desejo em sonhar por meio de uma moda otimista. Seja com cores alegres e vibrantes, junto com uma cartela também de tons pastel e neutros claros, ou modelagens descontraídas, com caimentos leves e esvoaçantes. Estampas orgânicas e inspiradas pela botânica remetem a um piquenique ao ar livre. Entre as matérias-primas e texturas estão tricolines (lisos, bordados ou estampados), linho, laise, jacquard, além de crochê, tricô e broderie, que mostram o aspecto artesanal da coleção. Jeans e sarja também seguem forte na estação. A alfaiataria conta com camisaria e bermuda – para trabalhar sem calor! 

Peças da coleção de primavera da Renner (Foto: Divulgação)
Peças da coleção de primavera da Renner (Foto: Divulgação)

Na seleção de moda praia, biquínis e maiôs para todos os gostos: cintura alta, asa delta, cruzados, tops invertidos, ombro só e amarrações. Detalhes estratégicos como acrílicos, correntes metálicas e “repuxos” em lycras brilhosas, como lurex ou texturizadas, realçam ainda mais as peças. Complementam o look praiano maxi chapéus e bolsas em palha de diversos tamanhos. Há ainda a seleção de calçados, que incluem flats, espadrilles, papetes, sporty sandals e mules. Por fim, as bijuterias surgem com materiais naturais, além de madeiras, acrílico e pedrarias.

Rihanna (Foto: Divulgação)
Rihanna em ensaio para a Rimowa (Foto: Divulgação)

Rimowa fotografa Rihanna durante viagem na Califórnia 
Com intuito de explorar o novo conceito de viagem pós-pandemia, a fabricante de malas Rimowa fez um ensaio com quatro nomes de peso da música e esporte: Rihanna, LeBron James, Roger Federer e Patti Smith. Eles mostraram intimamente como estão redefinindo as viagens agora – seja por meio da redescoberta de destinos familiares ou escolher viajar com quem mais amam. Para a cantora e empresária Rihanna, a pandemia inspirou uma forma totalmente nova de movimento. Baseada na Califórnia, ela levou sua caravana Airstream para uma fuga no deserto. O filme e as imagens a mostram desfrutando de momentos de quietude e solidão longe de sua agenda normalmente frenética. “Quando tudo é minimizado, você vê o que é importante”, diz. 

Malwee (Foto: Divulgação)
Peças da Malwee tingidas com corante natural, extraído da amora branca í(Foto: Divulgação)

Malwee lança peças com tingimento natural 
Antenada à sustentabilidade, a Malwee lança uma seleção de peças coloridas com tingimentos naturais, extraídos das amoras vermelha e branca. São calças, jaquetas e bermudas feitas em tecido de sarja com algodão nas cores rosa e verde. O impacto desse tipo de tingimento ao meio ambiente é muito menor, já que os corantes naturais utilizam pigmentos produzidos a partir de caules, folhas, sementes e frutos e são matérias-primas renováveis, biodegradáveis e não tóxicas. São também colorantes orgânicos, provenientes de plantas cultivadas sem pesticida ou fertilizante tóxico. As roupas já estão à venda no e-commerce da marca. 

A marca Calma São Paulo (Foto: Divulgação)
Look da marca Calma São Paulo à venda no OQVestir (Foto: Divulgação)

OQVestir passa a vender marcas com grade de tamanho estendida
Com a proposta de promover uma moda mais inclusiva e que enalteça todos os biotipos, o Grupo Icomm lança a ação Tamanho Plural: a partir deste mês, o OQVestir se torna um espaço para que marcas com pluralidade de tamanhos vendam seus produtos, com numeração que vai até o 62. As produções próprias do e-commerce também estenderão a grade de suas coleções. “É impossível pensar em um guia de moda e estilo que não seja para todos”, afirma Ana Isabel de Carvalho Pinto, co-fundadora do grupo. Ju Ferraz, empresária, defensora do movimento Corpo Livre e colunista do Vogue Gente, foi eleita embaixadora do projeto. Além disso, a loja online desenvolveu uma camiseta com estampa criada em parceria com a ilustradora Marcela Scheid para celebrar a ação. 

Alexia (Foto: Reprodução)
Coleção Domesticamp de Alexia (Foto: Guilherme Nabhan)

Alexia Hentsch cria roupas a partir de materiais de uso diário
Conhecida por suas peças carnavalescas supercriativas, Alexia Hentsch agora lança roupas criadas a partir de materiais de uso diário, como Perfex, toalhas e colheres de plástico, tapetes de banheiro e bolsas de feira, que se tornaram vestidos, figurinos, roupa de noiva, casacos impermeáveis e outros acessórios de moda (que não não estarão à venda). A ideia surgiu durante a pandemia, quando Alexia buscou inspiração no local que passava mais tempo: sua casa. Ela conta que começou a enxergar beleza nos itens que sempre usou, mas nunca “viu”. Batizada de Domesticamp, a coleção teve as imagens clicadas por Guilherme Nabhan na Casa de Vidro da Lina Bo Bardi. “De acordo com o ensaio de Suzanne Sontag de 1964 “Notes on Camp”, “a essência de Camp é o espirito da extravagança”. É com esse tom de exagero, exuberância, humor e excesso teatral que quis apresentar a minha coleção.”

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.