Conheça Daniel Jorge: o novo rosto do design brasileiro

Autodidata, o artista e designer Daniel Jorge se debruça sobre a cultura brasileira e suas próprias vivências para idealizar peças de mobiliário originais e carregadas de história
REGINA GALVÃO | FOTOS PEU GOMES/DIVULGAÇÃO

Designer brasileiro Daniel Jorge

O novo rosto do design brasileiro atende pelo nome de Daniel Jorge, um mineiro que morou a maior parte da vida no Rio de Janeiro. Lá, estudou nos prédios dos Centros Integrados de Educação Pública (CIEPs), implantados pelo governo estadual entre 1983 e 1994 com projeto educacional de Darcy Ribeiro, onde travou contato com a arquitetura de Oscar Niemeyer. Hoje, aos 30 anos, divide-se entre Minas, Rio e Salvador. “Eu me considero um andarilho”, diz.

Conheça Daniel Jorge: o novo rosto do design brasileiro (Foto: Peu Gomes/divulgação)
A cadeira Tourinho mescla o estilo manoelino das igrejas de Salvador com o equilíbrio construtivo das obras de Lina Bo Bardi – a peça, em três tonalidades de madeira, é um lançamento da +55design

Andarilho também foi o avô Sebastião, capaz de percorrer 20 quilômetros por dia pela região da zona da mata mineira, e depois relatar saborosas histórias de suas façanhas aos netos. “Ele tocava acordeão, e era puxador nas festas de Folias de Rei na minha cidade, Recreio. Aos 40 e poucos anos, perdeu a visão, mas não a alegria. Com ele, aprendi a ver o tempo através do amor: dizia que não era necessário correr, mas simplesmente estar aqui, aproximando as pessoas e se aprimorando.”

Conheça Daniel Jorge: o novo rosto do design brasileiro (Foto: Peu Gomes/divulgação)
Módulos da escultura de pedra-sabão Grão Mestre, realizada com artesãos mineiros para a casa de um publicitário

Embora tenha cursado design de produto no Senac e arquitetura (incompleta) na UFMG, Jorge prefere ser chamado de autodidata. Por quê? Para deixar um recado: “Se eu estou aqui, vocês também podem estar.” Com aptidão para o desenho, vendia suas criações aos vizinhos. “Sou designer e artista visual desde quando me entendo por gente”, afirma.

Aos 10 anos, inventou um alfabeto próprio, o Mínkhar, baseado na geometria fractal, que, segundo ele, o auxilia a encontrar caminhos identitários. Intuitivo, atribui à mãe, Maria Alice, sua coragem para enfrentar os desafios.“No design, na arquitetura e na arte, é preciso mil goles de coragem para fazer aquilo em que se acredita sem a interferência do todo.”

Com a mãe, fundou o Estúdio Dan – DesignArt Now, plataforma multidisciplinar de pesquisa. “As narrativas partem da minha observação sobre o espaço e das trocas que ele me proporciona. Começo pensando em arte, para depois transformá-la em design.” Seu primeiro produto industrial, a cadeira Tourinho, apresentada no mês passado, segue esse ideal.

Chamado para projetar a decoração da casa do publicitário baiano Pedro Tourinho, Jorge desenvolveu essa e outras peças, além de uma escultura de 15 metros de altura para o imóvel, em Salvador. Durante o processo, conheceu Tatiana Amorim, amiga de seu cliente e uma das sócias da +55design. “Gostei do trabalho dele e pedi para me enviar seu portfólio”, conta Tatiana. “Mostrei-o à Ticiana [Villas Boas], minha sócia, e à Clarissa [Schneider], curadora da marca. As duas, como eu, adoraram a cadeira e decidimos produzi-la.”

O traço do móvel deriva das constantes investigações do designer e traz referências do estilo manoelino, presente nas igrejas baianas do período colonial, e do equilíbrio construtivo que Jorge enxerga nas obras de Lina Bo Bardi, outra influência feminina. Depois de um ano de muitos testes e protótipos, a Tourinho ganhou ergonomia perfeita e assento e encosto de couro.

Para o segundo semestre, ainda estão previstos outros lançamentos do designer pela +55design: um banco, que é também um instrumento musical, e uma luminária com inspiração no candomblé. Mais do que devoção, a religião africana suscita a busca pela identidade. “Como artista e designer, tenho de perseguir minhas origens. Sou de Minas Gerais, com um amor incondicional pela Bahia. Trago, em mim, o coração do Brasil.”

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.