Apple terá Developer Academy na Coreia do Sul para evitar multa

A Maçã abrirá também um centro de pesquisa e desenvolvimento na cidade de Pohang

Sabemos que a situação da Apple na Coreia do Sul não é das mais confortáveis no momento: o país foi o primeiro a aprovar uma lei que obrigará a Maçã (e outras empresas) a abrir suas lojas de aplicativos, como a App Store, a formas de pagamento alternativas — a Maçã terá em breve, inclusive, que detalhar aos legisladores locais como fará essa transição por lá.

As consequências do fechamento do cerco, entretanto, não param por aí: a Maçã anunciou esta semana que abrirá uma Apple Developer Academy em Pohang, na região central do país. E a razão não é tão nobre assim — a iniciativa foi lançada para a Maçã escapar de uma multa da Comissão de Livre Comércio da Coreia do Sul (Korea Fair Trade Commission, ou KFTC).

O órgão antitruste, como notamos no início de 2019, acusou a Apple de abuso de poder sobre operadoras locais; para evitar a aplicação de uma multa, a empresa propôs fazer investimentos de 100 bilhões de wons (cerca de US$90 milhões) na Coreia do Sul para restaurar as práticas de comércio livre no país. A Apple Developer Academy já faz parte desses investimentos.

O centro de desenvolvedores será aberto no ano que vem, na Universidade de Ciência e Tecnologia de Pohang, e abrigará também um centro de apoio à pesquisa e desenvolvimento relacionados à fabricação e montagem de produtos. O centro receberá pequenas e médias empresas de manufatura e ensinará técnicas de produção sustentável, com expertise de profissionais da Apple e novas oportunidades de negócio.

A Apple Developer Academy da Coreia do Sul será a 12ª da empresa — a iniciativa foi inaugurada no Brasil, vale lembrar — e aceitará desenvolvedores ou estudantes com 19 anos ou mais. Os candidatos aceitos participarão de um programa de nove meses, criado pela Apple, com aulas sobre criação de aplicativos, marketing, uso do ecossistema da Maçã e muito mais.

Segundo a Apple, o seu ecossistema já é responsável pela criação de cerca de 200 mil empregos na Coreia do Sul. Tomara, portanto, que a iniciativa sirva para expandir esse número.

VIA APPLEINSIDERComparti

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.