Rue FW 21/22

Rue FW 21/22
Source: rueonline.com
Published: September 2021

Credits for this picture: Can Sever (Photographer), Tugce Özakdag (Fashion Editor/Stylist)

All people in this campaign:
Can Sever – Photographer
Tugce Özakdag – Fashion Editor/Stylist

Credits for this picture: Can Sever (Photographer), Tugce Özakdag (Fashion Editor/Stylist)
Credits for this picture: Can Sever (Photographer), Tugce Özakdag (Fashion Editor/Stylist)
Credits for this picture: Can Sever (Photographer), Tugce Özakdag (Fashion Editor/Stylist)
Credits for this picture: Can Sever (Photographer), Tugce Özakdag (Fashion Editor/Stylist)
Credits for this picture: Can Sever (Photographer), Tugce Özakdag (Fashion Editor/Stylist)

Hyères 36 Backstage!

The 36th edition of the International Festival of Fashion, Photography and Fashion accessories, Hyères, took place between Thursday 14th and Sunday 17th October 2021 at the villa Noailles and salin des Pesquiers. Our photographer Marc Medina went backstage to capture the collections of the menswear designers, in exclusive for Fucking Young!

A 36ª edição do Festival Internacional de Moda, Fotografia e Acessórios de Moda, Hyères, decorreu entre quinta-feira, 14 e domingo, 17 de outubro de 2021, na villa Noailles e salin des Pesquiers. O fotógrafo Marc Medina foi aos bastidores captar as coleções dos estilistas de moda masculina, em exclusividade para Fucking Young!

Take a look below:

Nagorny Models Junior | Spring Summer 2022 | Full Show

Nagorny Models Junior | Spring Summer 2022 | Full Fashion Show in High Definition.(Widescreen – Exclusive Video/1080p – Belarus Fashion Week) #BFW #SS22

Alerta Vermelho | Trailer oficial | Netflix

O alerta vermelho é um aviso da Interpol para procurar e capturar os bandidos mais procurados do mundo. Mas como saber o que pode acontecer em um assalto que reúne o melhor agente do FBI (Johnson) e dois criminosos rivais (Gadot, Reynolds)?

Dwayne Johnson, Ryan Reynolds e Gal Gadot estrelam em Alerta Vermelho. Na Netflix, em 12 de novembro:

Mostra de Cinema de SP tem sessão com ‘Parasita’ em preto e branco nesta sexta

Versão especial do badalado filme sul-coreano é uma das atrações do festival no dia 22

Cena da edição especial do filme "Parasita", em preto e branco, exibida na Mostra de Cinema de São Paulo
Cena da edição especial do filme “Parasita”, em preto e branco, exibida na Mostra de Cinema de São Paulo – Divulgação

SÃO PAULO – Não é exagero dizer que a 45ª Mostra Internacional de Cinema de São Paulo é uma maratona. São 264 filmes exibidos em duas semanas de festival. Para ajudar os indecisos a escolher a que assistir neste oceano de opções, confira uma seleção com cinco longas para esta sexta (22).

Entre as indicações, estão uma versão em preto e branco do badalado longa sul-coreano “Parasita”vencedor do Oscar de 2020, e “Lamb”, novo terror sobrenatural do estúdio americano A24, conhecido por fazer produções de pegada artística tidos como cult.

Esta edição da Mostra tem formato híbrido, com 264 filmes exibidos em sessões presenciais em salas de cinemas na capital paulista e também em três plataformas de streaming —Mostra Play, Sesc Digital e Itaú Cultural Play.

Os ingressos para as sessões presenciais podem ser comprados no aplicativo da Mostra. Mas fique atento, pois as sessões só terão convites liberados para a venda online dois dias antes da exibição do filme. As bilheterias físicas dos cinemas só venderão ingressos da programação daquele dia —neste caso, o jeito é torcer para que as entradas já não estejam esgotadas.

Quem for acompanhar a programação nas telonas desembolsa R$ 24 nos ingressos avulsos das sessões de segunda a quinta. Das sextas aos domingos, o preço pula para R$ 30. Há também bilheterias mais acessíveis no Centro Cultural São Paulo e a da Biblioteca Roberto Santos, com sessões a R$ 2 e R$ 4.

Já os cinéfilos de carteirinha podem comprar pacotes de ingressos. O Permanente Especial custa R$ 150 e dá acesso a 20 sessões, mas apenas de segunda a sexta até às 17h55 —a modalidade não contempla os fins de semana nem horários noturnos. Assinantes da Folha têm 15% de desconto nesse ingresso especial.Há ainda mais duas opções. O combo de 30 ingressos sem restrição de dias e horários sai por R$ 340, enquanto 20 ingressos custam R$ 250.

Para aqueles que preferirem os serviços de streaming, os ingressos unitários na plataforma Mostra Play custarão R$ 12. Poderão ser adquiridos pacotes de cinco ingressos por R$ 57, de dez entradas por R$ 105 ou de 15 ingressos por R$ 150.

Já nas plataformas Sesc Digital e Itaú Cultural Play, as exibições dos filmes selecionados serão gratuitas.

Para mais informações, acesse o site 45.mostra.org.

7 Prisioneiros
Um jovem vai a São Paulo para trabalhar em um ferro-velho. Lá, descobre que a oportunidade era, na verdade, um golpe que o transforma em vítima de um sistema de trabalho análogo à escravidão. Com Rodrigo Santoro no elenco, o longa brasileiro foi Vencedor dos prêmios Sorriso Diverso Venezia de melhor filme estrangeiro e menção honrosa da Fundação Fai Persona Lavoro Ambiente, na seção Horizontes Extra, do Festival de Veneza. Sessão única.

Brasil, 2021. Direção: Alexandre Moratto. Com: Christian Malheiros, Rodrigo Santoro e Bruno Rocha. Sessão presencial no Museu da Imigração, dia 22, às 19h. Ingr.: R$ 10


Lamb
O novo longa do estúdio A24 (o mesmo de filmes como “Hereditário”) é um suspense sobrenatural no qual um casal sem filhos adota o filhote de uma de suas ovelhas, criando-o como uma criança humana. Vencedor de prêmio na sessão Um Certo Olhar em Cannes.

Islândia, Suécia e Polônia, 2021. Direção: Valdimar Jóhannsson. Com: Noomi Rapace e Hilmir Snær Guðnason. 16 anos. Sessão presencial no Espaço Itaú Frei Caneca, dia 22, às 18h40https://www.youtube.com/embed/81qSYds7zC8?enablejsapi=1


Pequena Palestina, Diário de Um Cerco
Entre 2011 e 2015, o diretor do filme, Abdallah Al-Khatib, e seus amigos documentaram o cotidiano do distrito de Yarmouk, em Damasco, na Síria. A região abrigou o maior campo de refugiados palestinos do mundo entre 1957 e 2018. Com o início da Guerra Civil Síria, o distrito começou a ser sitiado a partir de 2013, ficando gradualmente isolado do resto do mundo.

Líbano, França, Catar, 2021. Direção: Abdallah Al-Khatib. 14 anos. Exibição online no Mostra Play. Sessão presencial no Espaço Itaú de Cinema, dia 22, às 13h30


Parasita
Um dos filmes mais celebrados de 2019 ganha uma exibição especial, em preto e branco. O longa retrata duas famílias sul-coreanas —uma miserável que começa a trabalhar para uma rica. Este contato gera uma sequência incontrolável de problemas.Vencedor da Palma de Ouro no Festival de Cannes e do Oscar de melhor filme, melhor filme estrangeiro, roteiro original e direção.

Coreia do Sul, 2019. Direção: Bong Joon Ho. Com: Song Kang-ho, Lee Sun-kyun, Cho Yeo-jeong. 16 anos. Sessão presencial no Espaço Itaú Pompeia, dia 22, às 19h1 10


Tarsilinha
A animação brasileira se inspira na vida da artista Tarsila do Amaral para contar a história de uma menina de 8 anos que embarca em uma jornada para resgatar memórias da mãe. Com trilha sonora de Zeca Baleiro e Zezinho Mutarelli.

Brasil, 2021. Direção: Celia Catunda e Kiko Mistrorigo. Livre. Exibição online no Itaú Cultural Play. Sessão presencial no Petra Belas Artes, dia 22, às 18h

Olga Rubio Dalmau for Harper’s Bazaar Arabia with Patricia Zajacova

Photographer: Olga Rubio Dalmau. Fashion Stylist: Alba Gracia. Hair & Makeup: Nieves Elorduy. Model: Patricia Zajacova at Focus.

Salehe Bembury, o designer de calçados que já trabalhou para Beyoncé, Kanye West e Versace

Depois de criar sua própria marca, ele está prestes a lançar uma colaboração com a Crocs, além de uma parceria de acessórios com a New Balance
Sandra E. Garcia, The New York Times – Life/Style, O Estado de S.Paulo

NYT - Life/Style (não usar em outras publicações).
O estilista de sapatos Salehe Bembury, em seu estúdio em Los Angeles. Foto: Celeste Sloman/The New York Times

LOS ANGELES – O estúdio de Salehe Bembury no centro de Los Angeles foi inundado pelos sons suaves do Tiny Desk Concert de Erykah Badu, que estava passando em seu computador. Uma chapa elétrica, pãezinhos havaianos, cebolas, carne moída e vários condimentos estavam dispostos em uma mesa dobrável de madeira no meio da sala.

Bembury, que tem 35 anos e é designer de calçados, queria minha ajuda para fazer sanduíches de carne picada com queijo, o clássico controverso de Nova York. Os melhores são encontrados no Harlem ou no Bronx, mas Bembury está longe da lanchonete do seu bairro. “Descobri o sanduíche de carne picada com queijo há uns quatro anos. É uma delícia e ainda me dá a oportunidade de ficar mais próximo de minhas raízes nova-iorquinas.”

Bembury, que cresceu em Tribeca, sempre soube identificar o que era descolado, mesmo que nem sempre fosse bem compreendido. Seu gosto e seu senso estético o levaram para a Payless, na qual criou uma linha de tênis em parceria com Donatella Versace. “Percebi muito cedo que os calçados eram importantes para mim, por isso tinha certeza que queria trabalhar com isso. Eles faziam com que eu me sentisse poderoso, como se eu pudesse voar.”

Ele se destaca por ser um dos poucos designers negros no setor, cuja obra transformou a cultura dos tênis. No ano passado, ele foi revistado por policiais em Rodeo Drive, depois de sair de uma loja da Versace na qual havia comprado um par de tênis que ele mesmo projetara. Bembury gravou o encontro, durante o qual disse aos policiais que estava se sentindo “um pouco nervoso”. “Por ser um homem negro de 35 anos, estou 90 por cento acostumado com essas experiências. Essa foi a mais grave de todas para mim e demorei um pouco a superar, mas tentei ficar bem e deixar isso para trás.”

Bembury realmente superou a situação e, pouco depois, lançou sua segunda colaboração com a New Balance. Os tênis se venderam rapidamente; muitas vezes, aliás, são revendidos por pelo menos US$ 200 acima do valor original. “Há três anos, isso não acontecia. Isso diz muito sobre Salehe e nossos outros parceiros – as pessoas ficam empolgadas porque confiam nele. Ele demonstrou de tal maneira sua habilidade que todo mundo sabe que, não importa o que faça, vai ser um sucesso”, disse Kevin Trotman, gerente de produtos associado para colaborações globais na New Balance.

Sua primeira colaboração com a New Balance foi um tênis peludo cor de laranja queimado que ele batizou de “Peace Be the Journey” (Que a paz esteja em sua caminhada). A colaboração deste ano resultou em um par de tênis verde limão, azul cerúleo e couro caramelo, chamado “Water Be the Guide” (Que a água sirva de guia).

Além disso, muitos estão aguardando o lançamento de um novo modelo em dezembro – uma colaboração com a Crocs. Seu design é uma novidade significativa para a marca: linhas, em vez de buracos, fluem em um padrão ondulado e envolvem o design. “A impressão digital é minha identidade de marca. O design tem uma relação próxima com a textura da madeira, que adoro, e indica as linhas orgânicas de uma impressão digital”, explicou Bembury. Ele é o primeiro designer a reconfigurar completamente o estilo dos Crocs.

NYT - Life/Style (não usar em outras publicações).
Salehe Bembury faz esboços de sua parceria com a Crocs. Foto: Celeste Sloman/The New York Times

Embora muitas celebridades, incluindo Justin BieberBad Bunny e Saweetie, tenham criado Jibbitz para colocar nos furos dos Crocs, Bembury criou um novo molde que, pela primeira vez, inclui um fecho com tira no calcanhar. O novo modelo, chamado Pollex, será vendido em três tons sóbrios: o spackle, cor de gesso; o menemsha, cor de café com leite; e o cucumber, verde-oliva profundo. “Salehe foi o primeiro parceiro com quem nos envolvemos que realmente é capaz de criar os próprios calçados. Ele trouxe uma nova linguagem de design, mas usou nosso DNA. Salehe realmente nos ajudou a dar um passo à frente”, afirmou Michael Sarantakos, diretor sênior de design global da Crocs.

Bembury comentou: “Esse calçado é o uso mais declarado da impressão digital, porque é feito a partir de três impressões digitais diferentes.”

Seus designs se baseiam em seu estilo de vida, que gira em torno da meditação de atenção plena, do autocuidado e da vida ao ar livre. “Peace Be the Journey” foi inspirado nos alaranjados, marrons e vermelhos intensos que ele percebeu ao seu redor enquanto fazia uma trilha no Antelope Canyon. A paleta de cores de “Water Be the Guide” foi influenciada pelos tons siena e água-marinha em que foi envolvido durante um acampamento em Havasu Falls. Segundo Bembury, “existe uma emoção ligada ao design para mim, e ela tem relação com o ato de usar e ver o objeto”.

Bembury ia de Tribeca para o Upper West Side quase todo dia quando estudava na Calhoun High School. Depois de se formar, em 2004, ele estudou desenho industrial na Universidade de Syracuse. Seu pai o incentivou a aprender uma habilidade que pudesse usar em qualquer lugar. Ele contou que, por causa disso, queria aprender a desenhar com um propósito.

Em 2009, conseguiu emprego na Payless, projetando sapados de salto alto e calçados formais para adultos e crianças. Alguns meses depois, começou a trabalhar em uma empresa de licenciamento que vendia seu trabalho para marcas como a Steve Madden e o selo criado por BeyoncéHouse of Deréon, atualmente extinto. “Fiquei muito feliz por trabalhar com marcas que eu conhecia”, observou Bembury.

Em 2010, durante seis meses, fez design gráfico para a galeria DD172, da Dame Dash, em Tribeca, antes de passar a trabalhar para a Cole Haan e, em seguida, trabalhar como freelancer. Em 2015, mudou-se para a Califórnia e começou a trabalhar com Kanye West. “Foi tudo muito acelerado, exigente e constante. Eu precisava ser flexível com as coisas que apareciam no caminho a todo momento. Esse trabalho me ensinou que posso fazer o que quiser. Kanye também me ajudou a repensar como abordar um produto”, disse Bembury.

Ele fez projetos para a terceira e a quarta temporada da Yeezy, e seu trabalho para o selo o tornou mais confiante. Ele guarda todos os calçados que desenhou ao longo dos anos em seu estúdio. Depois de um ano na Yeezy, Bembury sentiu vontade de sair. “Era hora de ir adiante.”

Certo dia, em 2017, ele estava passeando pelo LinkedIn, encontrou o diretor de design da Versace e lhe sugeriu: “E se a Versace produzisse tênis?”

Três dias depois, recebeu uma mensagem da própria Donatella Versace, perguntando se estaria disposto a lhe apresentar algumas ideias em Milão. Duas semanas depois, chegou à reunião com uma versão da sola do tênis impressa em 3D, que parecia uma corrente cubana magenta, inspirada pela icônica estampa de corrente de ouro da marca. Ele contou que foi contratado na hora. “Quando me contrataram, a missão era fazer algo que tivesse impacto. Como eu faria todo mundo saber que a Versace estava produzindo tênis? Refleti sobre o DNA da marca Versace.”

A parceria com a Versace ajudou a evidenciar o nome de Bembury. Durante seu tempo lá, ele propôs o modelo “Peace be the Journey” para a New Balance. No fim de 2020, deixou o cargo na Versace e criou a Spunge, com uma linha própria de roupas e calçados. Sua primeira linha de acessórios em parceria com a New Balance será lançada em conjunto com seu novo calçado, o Yurt, tênis de caminhada que vem com um apito, caso o usuário se perca.

Bembury gosta de contar histórias com seus designs, mas também é muito pragmático. Para ele, é importante que seus produtos tenham alma e propósito. Seguir o próprio caminho tem sido uma estratégia arriscada, mas ele está disposto a correr o risco. “Estou igualmente assustado, motivado e inspirado. A questão agora é: para quem vou fazer os tênis, para ter um impacto em sua cultura? Qual será o look dessa campanha? Tenho de pensar em muito mais coisas que são de minha responsabilidade. Estou só me adaptando.”

Fernanda Torres conta os segredos de sua pele | Superbonita

Os cuidados com a pele ganharam um novo nome nestas duas décadas: é a rotina de skincare, alavancada pelas influencers do mundo digital. Os tutoriais de maquiagem também criaram uma nova cultura no universo da beleza e a pele negra foi valorizada. Isso sem falar em todos os modismos e cores de make! Todos estes assuntos são abordados por Taís Araújo, que revisita os arquivos do SuperBonita ao lado de Fernanda Torres.

SONIC EXTENSIONS – Unclean Machine Walkthrough

A New Experience for Omnisphere! https://www.sonicextensions.com/uncle…

Living in Retroland…

Get ready for the ultimate LO-FI experience! With Omnisphere’s famous “Retroland” category becoming a major hit with producers, we decided it was time to develop an entire Sonic Extension dedicated to these iconic sounds. With the ultra-vibey new Unclean FX and a gigantic variety of over 2,000 sounds, Unclean Machine™ is the perfect sauce for getting those nostalgic feels cooking!

  • A tour de force by Retroland master Tolga Gurpinar
  • Exclusive new “Unclean Channel” lo-fi channel strip effect!
  • Exclusive new “Unclean Verb” retro reverb/ambience effect!
  • Over 2,000 sounds with tons of character and attitude
  • Immense variety with 17 different sound categories
  • Playable classics and phrases that feel lifted from vintage vinyl
  • Unique Custom Controls for every patch for experimentation
  • Highly creative and fresh, rhythmic arpeggiator patches
  • Features over 200 new multisampled soundsources
  • Lo-Fi Keys, Bells, Pads, Guitars, Strings, Basses, and much more…
  • Requires Omnisphere 2.8 or higher

Uma nova experiência para a Omnisfera! https: //www.sonicextensions.com/uncle …

Morando em Retroland…

Prepare-se para a experiência final de LO-FI! Com a famosa categoria “Retroland” da Omnisphere se tornando um grande sucesso entre os produtores, decidimos que era hora de desenvolver uma extensão de Sonic inteira dedicada a esses sons icônicos. Com o ultra-vibrante Unclean FX e uma variedade gigantesca de mais de 2.000 sons, o Unclean Machine ™ é o molho perfeito para obter aquela sensação nostálgica ao cozinhar!

  • Um tour de force pelo mestre Retroland Tolga Gurpinar
  • Novo efeito exclusivo de faixa de canal lo-fi “Unclean Channel”!
  • Novo reverb retro / efeito ambiente exclusivo “Unclean Verb”!
  • Mais de 2.000 sons com toneladas de personalidade e atitude
  • Imensa variedade com 17 categorias de sons diferentes
  • Clássicos jogáveis ​​e frases que parecem tiradas de vinil vintage
  • Controles personalizados exclusivos para cada patch para experimentação
  • Patches de arpejador rítmico e altamente criativos
  • Apresenta mais de 200 novas fontes de som multisampled
  • Teclas Lo-Fi, sinos, pads, guitarras, cordas, baixos e muito mais …
  • Requer Omnisphere 2.8 ou superior