Windows 11: novo sistema começa a receber integração com apps Android

Recurso poderá ser testado apenas nos Estados Unidos, em aparelhos com processadores Intel, AMD ou Qualcomm

Amazon Appstore será integrada à Microsoft Store para exibir aplicativos Android no sistema

A versão de testes do Windows 11, novo sistema operacional da Microsoft, começou a receber nesta quarta-feira, 20, suporte para aplicativos Android. Os apps serão distribuídos por meio de uma parceria com a Amazon Appstore, loja de aplicativos da varejista americana. 

O recurso poderá ser testado apenas nos Estados Unidos, em aparelhos com processadores Intel, AMD ou Qualcomm. Ainda não há previsão para a função chegar ao Brasil. 

A Amazon Appstore será integrada à Microsoft Store – os aplicativos Android poderão ser executados ao lado de outros aplicativos do Windows. Inicialmente, serão disponibilizados 50 apps de Android para a distribuição no sistema, incluindo games, programas educacionais e o aplicativo do Kindle. 

O Windows 11 foi oficialmente lançado no dia 5 de outubro. Com instalação gratuita (que ocorrerá de maneira gradual para todos os usuários), a nova atualização traz mudanças como uma nova barra de ferramentas e integração com os aplicativos corporativos Teams. Nas aparências, o Windows 11 segue o padrão da interface gráfica do sistema anterior, o Windows 10. Ao contrário deste, no entanto, o novo sistema traz os tradicionais botão e o menu Iniciar centralizados na tela, e não posicionados à esquerda.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.