Modelo portuguesa Layla da Costa de 24 anos é encontrada morta na Itália

Layla da Costa estava trabalhando em Bolonha; causa da morte ainda não foi divulgada

Layla da Costa, de 24 anos, foi encontrada morta na Itália Foto: Reprodução/Instagram

BOLONHA — Uma modelo portuguesa de apenas 24 anos foi encontrada morta em casa, na Itália, nesta segunda-feira. Layla da Costa era agenciada pela empresa FaceModels, com sede em Lisboa, e estava em Bolonha a trabalho.

A polícia ainda não confirmou a causa da morte. A estilista Fátima Lopes, dona da agência, disse ao jornal Observador que foi informada de que um ataque cardíaco pode ter causado o óbito. A jovem não tinha histórico de problemas de saúde.

Descrita pela estilista como sendo uma “das modelos mais promissoras” e uma das “pessoas mais incríveis” que conheceu, Layla da Costa foi Miss Mundo Guiné-Bissau, país para onde se mudou com apenas três meses de vida. Ela estreou nas passarelas na semana de moda de Paris aos 19 anos.

“É com profundo pesar que lamentamos o falecimento prematuro de um membro da nossa família Face Models, Layla Costa, aos 24 anos. A nossa modelo Layla ficará eternamente nos nossos corações, nunca esqueceremos a sua delicadeza, bondade, humildade, determinação, profissionalismo e tantas outras qualidades. Partilhamos a dor da família a quem apresentamos as nossas condolências e desejamos muita força neste terrível momento. Que a sua memória e o seu amor permaneçam vivos entre todos aqueles que tiveram a sorte de a conhecer. Até sempre”, informou a agência em comunicado.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.