Amazon, Apple e outras se juntam em mercado para tecnologias de baixo carbono

O anúncio acontece na COP26, conferência sobre aquecimento global das Nações Unidas
Carolina Firmino

Imagem: Reprodução Flickr/Nhattan

AmazonAppleBank of AmericaDelta Air Lines e United Airlines são algumas das empresas que se comprometeram a criar um mercado para tecnologias emergentes de baixo carbono como esforço para fomentar a inovação em áreas de combustíveis sustentáveis, veículos elétricos e outras tecnologias de baixa emissão.

O anúncio acontece no contexto da COP26, conferência sobre aquecimento global das Nações Unidas em Glasgow. No início desta semana, um grupo de bancos e seguradoras responsável por movimentar 130 trilhões de dólares no mundo afirmou que se comprometeria com as metas de reduzir 50% das emissões de carbono ainda nesta década.

Segundo o site Fast Company, essa coalizão é uma parceria do Fórum Econômico Mundial e do enviado dos Estados Unidos pra tratar de assuntos do clima, John Kerry.

Antonia Gawel, chefe da plataforma de ação climática do Fórum Econômico Mundial, destaca a importância de uma união entre inciativas públicas e privadas :“Não vamos resolver isso apenas com os governos. Não vamos resolver isso apenas por meio de ações privadas. Precisamos de ambos e precisamos da colaboração entre os dois”, diz.

O novo grupo foi apelidado de First Movers Coalition e a expectativa é criar uma demanda por esses produtos emergentes, em que as pessoas se comprometam a comprar bens e serviços com emissão zero. 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.