Apple TV+ libera vídeo de making of de “A Tragédia de Macbeth”

Para dar um gostinho a mais da produção, que estreou hoje

“A Tragédia de Macbeth” (ou “The Tragedy of Macbeth”, no original) chegou hoje ao Apple TV+ como um dos filmes mais estrelados da plataforma até o momento — basta fazer um pequeno cálculo da quantidade de Oscars vencidos por seu trio principal, o diretor/roteirista Joel Coen (“Fargo”“Onde os Fracos Não Têm Vez”) e os protagonistas Denzel Washington (“Dia de Treinamento”) e Frances McDormand (“Nomadland”).

Pois, em meio a esta miríade de estrelas e hype, há um filme bastante curioso e de estética particular. E, para desvendar os mistérios por trás da produção, o canal do Apple TV no YouTube liberou hoje um mini-documentário em estilo making of, de 13 minutos, trazendo alguns bastidores do longa e entrevistas de algumas das pessoas envolvidas com as filmagens.

Além de Washington, temos entrevistas com a figurinista Mary Zophres, o co-editor Lucian Johnston, o supervisor de efeitos visuais Michael Huber, o diretor de fotografia Bruno Delbonnel, o designer de produção Stefen Dechant, a chefe do departamento de cabelos Cydney Cornell e muito mais.

Entre os assuntos tratados pela equipe, temos uma exploração sobre a impressionante visão em preto-e-branco trazida por Joel Coen, a escalação de Denzel Washington e Frances McDormand nos papéis principais, as escolhas pouco usuais de câmera e ângulos escolhidas pela equipe de cinematografia, a influência do expressionismo alemão… basicamente, um prato cheio para cinéfilos e pessoas interessadas. [MacMagazine]

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.