Matrix 4 | Processada, Warner diz que nunca prometeu lançamento só nos cinemas

Produtora move ação contra o estúdio por estreia simultânea na HBO Max, nos Estados Unidos
EDUARDO PEREIRA

Pôster oficial de “Matrix Resurrections”

Processada pela Village Roadshow Pictures por ter lançado Matrix Resurrections simultaneamente nos cinemas e na HBO Max, nos Estados Unidos, a Warner Bros. reagiu afirmando em novos documentos que nunca concordou com um lançamento exclusivo nas telonas. O estúdio ainda afirma que a produtora deve US$112.5 milhões em gastos de produção no projeto.

ENTENDA O CASO

A produtora Village Roadshow, que ajudou a financiar Matrix Resurrections, processou o estúdio Warner Bros. pela decisão de lançar o filme simultaneamente nos cinemas e no catálogo da HBO Max nos EUA. O Deadline trouxe mais informações do processo.

No texto, os advogados da coprodutora argumentam que a decisão de lançar o filme no streaming ao mesmo que na tela grande “eviscerou o valor considerável de uma propriedade intelectual que também pertence à Village Roadshow“.

Matrix Resurrections não fez bons números na bilheteria norte-americana, arrecadando pouco mais de US$ 37 milhões desde sua estreia, em dezembro. A performance fora dos EUA empurrou o filme para US$153 milhões de bilheteria mundial.

No ano passado, a decisão da Warner Media, empresa-mãe da Warner Bros., de lançar todos os seus grandes filmes de maneira simultânea no cinema e no streaming indignou muitos produtores, exibidores e diretores. Denis Villeneuve, que dirigiu Duna para o estúdio, foi um dos mais enfáticos em suas críticas ao modelo.

A Village Roadshow, no entanto, é a primeira a processar a Warner diretamente pelo ocorrido. Os advogados da empresa australiana, que tem laços fortes em Hollywood, não especificaram o valor de reparação financeira que gostariam de receber caso vençam o caso.

O processo está em trâmite na Corte Superior de Los Angeles, nos EUA. Embora não tenha sido lançado de maneira simultânea aos cinemas no Brasil, Matrix Resurrections já está disponível para streaming na HBO Max por aqui.

Michael Kors | Fall Winter 2022/2023 | Full Show

Michael Kors Collection | Fall Winter 2022/2023 by Karl Anderson Jr. | Full Fashion Show in High Definition. (Widescreen – Exclusive Video/1080p – New York Fashion Week) #MK #Michaelkors #FW22 #NYFW

Jonathan Michael Clark – Drown Me/Can’t Get Over You/Lights Go Out

Christian Siriano Fall/Winter 2022/23 New York

Christian Siriano Fall/Winter 2022/23 New York

O que é ‘hardballing’, tendência da geração Z para iniciar relacionamentos

SANDRINE LUNGUMBU

‘Hardballing’ busca enfoque mais sensato sobre os encontros amorosos – Getty Images/BBC

BBC NEWS BRASIL – Todos nós sabemos que, em um aplicativo de encontros, as pessoas estão procurando conhecer alguém. Mas elas estão buscando exatamente o quê?

Essa pergunta pode ter respostas muito diferentes: um parceiro futuro para estabelecer família, um romance de conto de fadas ou simplesmente uma aventura.

Uma nova tendência entre os jovens surgiu com o objetivo de desfazer a confusão e os mal-entendidos que costumam acompanhar a busca de encontros. Seu nome em inglês é hardballing (“jogar pesado”, em português) e designa um enfoque mais sensato sobre os encontros amorosos.

A ideia principal é: seja sincero e explique logo de cara suas intenções e expectativas –antes até do primeiro encontro.

Lakshmi Rengarajan, criadora do podcast Paired by the People (“Unidos pelas pessoas”, em tradução livre), afirma que a pandemia criou o ambiente perfeito para essa nova tendência. Para ela, “nós reduzimos a velocidade para recomeçar e pensar em tudo o que dá sentido às nossas vidas”.

A vida é curta e preciosa –e as pessoas são exigentes, de forma que não há tempo a perder com relações românticas indefinidas.

Por isso, enquanto a maioria dos países comemorava o segundo Dia de São Valentim da pandemia, dois solteiros nos contaram por que os encontros amorosos nunca mais serão os mesmos para eles.

‘QUATRO REQUISITOS BÁSICOS’

Para Mary (nome fictício), 25, o mundo dos encontros na capital do Quênia, Nairóbi, é “difícil”.

“Passei por muitas situações em que meu sucesso profissional não agradou à outra pessoa e ele quis que eu me encolhesse”, conta ela à BBC. “Se precisasse escolher entre um homem e meu trabalho, com certeza escolheria minha segurança.”

Isso não foi sempre assim para Mary, que agora trabalha como gerente de produtos em uma empresa de tecnologia. Por dois anos, ela saiu com um empresário que havia conhecido durante seus estudos. Ela disse que estava disposta a largar tudo e até desarranjar sua vida por ele.

Mas Mary conta que agora não é “a única que deve fazer os maiores sacrifícios em uma relação”. Naquela época, ela não tinha emprego estável e sua renda era muito irregular.

“Digamos que nunca mais voltarei a sair com um empresário”, afirma ela, “porque não existe segurança para o trabalho. Cresci na pobreza e não quero nunca estar em uma relação em que o meu parceiro não possa desenvolver seu lado profissional e contribuir financeiramente como eu”, explica ela.

Ter crescido como filha única de uma mãe solteira fez com que a segurança financeira ficasse agora à frente da tomada de decisões de Mary.

Ela afirma que seu parceiro deve atender a “quatro requisitos básicos”: além de um trabalho seguro, sua fé, seus valores fundamentais e a importância da família tornaram-se fatores decisivos.

“Agora, quando chego a conhecer pessoas no primeiro encontro, já apresentei meus conceitos básicos e sei se estou ou não disposta a continuar”, afirma ela.

‘SEJA HONESTO’

A milhares de quilômetros de distância de Mary, Owen Moore descobriu que os encontros em Washington, nos Estados Unidos, apresentam os mesmos desafios.

“Acredito que, devido à natureza transitória da cidade, realmente tem sido difícil encontrar pessoas que desejem criar raízes”, comentou ele à BBC.

Até a pandemia, Moore havia evitado os encontros via internet. Isso agora mudou, mas seu objetivo continua sendo idealmente “sair do aplicativo o quanto antes”.

“Realmente acredito nos encontros onde há honestidade e boa intenção”, afirma ele, que é consultor e tem 27 anos. “Mas realmente estou enfrentando dificuldades para fazer com que eles não sejam necessariamente incômodos.”

Mas quem disse que os encontros modernos são fáceis? A especialista em relacionamentos Lakshmi Rengarajan afirma que existem muitos desafios no mundo atual na procura pelo amor.

Talvez a experiência mais temida seja a conhecida em inglês como ghosting, que ocorre quando a pessoa corta repentinamente todas as comunicações, sem dar explicações. “Isso é impulsionado pela cultura das relações descartáveis da era digital”, segundo Rengarajan.

Ela argumenta que a cultura atual dos encontros converteu-se em um jogo de quem consegue mais e isso se tornou mais importante que conhecer lentamente a outra pessoa. “Mas, depois de finalmente ver o impacto coletivo da cultura dos encontros descartáveis, as pessoas estão tentando descobrir como neutralizar essa situação”, afirma Rengarajan.

E é aqui que entra em jogo o hardballing: um enfoque mais honesto para eliminar a tensão e a ansiedade dos encontros modernos.

QUESTÃO DE CONTROLE

“Fazer encontros em um espaço digital tornou mais fácil para as pessoas simplesmente ignorar ou bloquear alguém, em vez de ter uma conversa incômoda”, afirma Moore. Para ele, “existe um medo real de ficar para trás porque pode surgir alguém mais emocionante ou interessante a qualquer momento”.

Moore afirma que a ideia dos encontros é construir conexões e verificar se pode surgir um relacionamento. “Acredito totalmente que nem tudo precisa necessariamente ser branco ou negro e que existe muito cinza no mundo”, segundo ele.

Ele conta que tem expectativas sobre uma possível parceira, mas também acredita que o hardballing deveria vir acompanhado de alguma flexibilidade. “Não acredito que as pessoas devam ir a um encontro com a mentalidade de que, se essa pessoa não se encaixar em cada uma das minhas exigências, não terá um segundo encontro”, segundo ele.

Para Lakshmi Rengarajan, a tendência do hardballing resume-se em ter uma sensação de controle, depois desses dois anos turbulentos para muitas pessoas.

“É uma forma de proteger-nos”, afirma ela, “o que faz muito sentido.”

Star Trek 4 sairá do papel com retorno de Chris Pine, Zachary Quinto, Zoe Saldana, Karl Urban

Star Trek: Sem Fronteiras (Reprodução)

Star Trek 4 finalmente sairá do papel! J.J. Abrams anunciou que o novo filme da sequência iniciada em 2009 manterá o elenco dos outros três longas: Chris Pine (Kirk), Zachary Quinto (Spock), Zoe Saldana (Uhura), Karl Urban (Bones), John Cho (Sulu) e Simon Pegg (Scotty).

“Estamos empolgados por dizer que estamos trabalhando duro em um novo filme de Star Trek que será filmado até o final do ano, apresentando nosso elenco original e alguns novos personagens que acho que serão muito divertidos. É emocionante ajudar a levar Star Trek para áreas que nunca vimos antes”, disse Abrams durante um evento da Paramount, nesta terça-feira (15).

“Estamos entusiasmados com este filme, temos um monte de outras histórias sobre as quais estamos falando que achamos que serão realmente empolgantes, então mal podemos esperar para vocês vers o que estamos preparando. Mas, até lá, vida longa e próspera”, emendou o diretor com a clássica saudação vulcana. 

Matt Shakman, diretor de WandaVision e episódios de Game of Thrones e The Boys, vai dirigir o próximo filme da franquia.

O último Star Trek a chegar aos cinemas foi Star Trek: Sem Fronteiras, de 2016. Dirigido por Justin Lin, o filme fez US$ 343 milhões nas bilheterias mundiais.

Hailey Bieber x Levi’s® 501® 90’s

Roupas confortáveis ​​não são apenas confortáveis, mas também devem fazer você se sentir bem. Pense em seus velhos jeans favoritos que lembram seus dias despreocupados e juvenis. Neste caso, os anos 90, quando celebridades e ícones de estilo usavam seus 501® mais soltos para um look descontraído e casual. Por exemplo, Hailey Bieber – uma verdadeira defensora do estilo dos anos 90 – agora prefere usar seu 501®. Hora de relançar aquele ajuste mais solto e nostálgico como parte do SS22. O resultado: o Levi’s® 501® 90’s ..

O 501® 90’s é mais relaxado nos quadris e coxas, tem uma silhueta mais solta que o 501® tradicional, mas também não é totalmente folgado. Você o usa logo abaixo da cintura. O jeans é estiloso, mas tem um caimento mais folgado. Escolha um tamanho maior ou apenas um tamanho menor que o normal: isso depende da sua preferência. A inspiração vem do final dos anos 90, quando os modelos mais soltos sugeriam um toque de atitude. A bebê dos anos 90 Hailey Bieber descreve assim: o caimento fica tão bom quanto hoje como naquela época, isso mostra como esse visual é atemporal.

“Seria seu estilo de roupa inspirado no que estava nele quando você nasceu? Eu acho isso uma loucura”, diz Hailey sobre seu amor pela moda dos anos 90. “Acho a estética de fotos, filmes e moda dos anos 90 simplesmente fascinante .”

Para dar vida à vibe dos anos 90, a mais recente adição à família 501® está disponível em uma variedade de acabamentos lavados e até mesmo com um visual desgastado baseado no estilo vintage popular da época. Como colocar seu 501® favorito do anos 90, ou viajar no tempo para os anos 90 para comprar um – mas com um toque moderno e bem pensado.

“Alguns ícones de estilo famosos do final dos anos 90 usavam seus 501® mais soltos e exalavam muita atitude. Isso foi inspirador, e parecia certo trazer esse visual de volta agora. Nos últimos anos, os acabamentos novos e stonewashed se tornaram populares. mais As cores desgastadas com toques vintage são, portanto, uma mudança popular. Os jeans não são apenas fisicamente bons: eles também trazem um toque de nostalgia aos jeans que você usava até a linha nos anos noventa. ”- Jill Guenza, vice-presidente da Design para vestuário feminino na Levi’s, Strauss & Co.

Lily Collins e Jesse Plemons estrelam suspense Sorte de Quem?

Filme com atriz de Emily em Paris e ator indicado ao Oscar estreia em 18 de março na Netflix
PAULO PACHECO

Após Emily em ParisLily Collins protagoniza o novo suspense da NetflixSorte de Quem? (Windfall). Inspirado em Alfred Hitchcock, o filme também conta no elenco com Jesse Plemons, indicado ao Oscar 2022 pelo papel em Ataque dos Cães. Assista acima ao trailer:

No filme, dirigido por Charlie McDowell (Complicações do Amor), Lily e Jesse interpretam um jovem casal feito de refém por um bandido em sua própria casa de férias na Califórnia. O ladrão é interpretado por Jason Segel (How I Met Your Mother).

Escrito por Justin Lader e Andrew Kevin WalkerSorte de Quem? estreia em 18 de março na Netflix.

Sony lança novos fones sem fio com visual aberto bem curioso

Sony é bastante conhecida pelos seus vários modelos de headphones capazes de anular quase que por completo o som ambiente através do seu elogiado sistema de cancelamento ativo de ruído. Um dos modelos mais populares da empresa, o WH-1000XM4, inclusive, já foi até alvo de uma comparação feita por nós com os AirPods Max, da Apple.

A mais nova adição ao portfólio de produtos da empresa japonesa, contudo, vai exatamente na contramão de tudo isso. Chamados de LinkBuds, os novos fones totalmente sem fio da Sony contam com um “design de anel aberto” bastante curioso, projetado para deixar passar o máximo de som externo possível para o ouvido do usuário.

Segundo a Sony, o visual “vazado” permite reduzir a sensação de pressão nos ouvidos geradas por fones intra-auriculares convencionais em longas sessões de uso.

O produto também não conta com as tradicionais pontas de silicone, optando por um encaixe feito por um arco presente na parte superior dos fones. A empresa incluiu quatro tamanhos de arcos para um ajuste mais preciso na orelha do usuário.

Sony LinkBuds

Obviamente, ao contrário dos WH-1000XM4, os LinkBuds não trazem o cancelamento ativo de ruído, mas compartilham o mesmo chip V1 dos headphones maiores da empresa — responsável pelo upscalling de áudio DSEE.

Os earbuds chegam com drivers de 12mm e são capazes de entregar até 5h30 horas de reprodução contínua, sem contar as 12 horas adicionais obtidas com sua case que, infelizmente, não é compatível com carregamento sem fio Qi. Mesmo assim, os LinkBuds trazem consigo uma porta USB-C em sua case — o que, com certeza, é uma mão na roda.

Outro detalhe que chama a atenção são seus comandos que, ao contrário de outras opções no mercado (as quais geralmente usam botões ou construções sensíveis ao toque como solução), detecta comandos efetuados não nos fones, mas sim na pele do usuário (na área da costeleta).

Esse sistema no mínimo diferente e futurista oferece os mesmos controles de sempre, como iniciar/pausar uma música, pular/voltar uma faixa, aumentar/diminuir o volume e chamar a assistente virtual. É possível personalizar os comandos pelo app oficial da Sony.

Por fim, os LinkBuds também são compatíveis com emparelhamento rápido através dos protocolos Android Fast Pair e Windows Swift Pair, além de contarem com resistência IPX4 contra água e suor.

Eles já estão disponíveis em pré-venda nos Estados Unidos, nas cores cinza-escuro e branco, por US$180 — as primeiras entregas serão feitas no dia 17 de fevereiro. Infelizmente, a Sony ainda não confirmou se pretende lançá-los no Brasil. [MacMagazine]

VIA TECHCRUNCH

Mulher-Gato em Batman, Zoë Kravitz grava primeiro álbum solo

Atriz é filha do cantor Lenny Kravitz
PAULO PACHECO

The Batman: Zoë Kravitz aparece como Selina Kyle, a Mulher-Gato, em fotos do set

Enquanto aguarda a estreia de Batman, Zoë Kravitz prepara seu primeiro álbum solo. A intérprete de Selina Kyle, a Mulher-Gato, está produzindo o trabalho musical com Jack Antonoff, conhecido por suas colaborações com Taylor SwiftLorde e Lana Del Rey.

“É um pouco assustador, mas fazer música me deixa feliz”, disse a atriz e cantora à revista Elle. As faixas do álbum, ainda sem data de lançamento, exploram amor e perda, entre outros temas.

Filha do cantor Lenny Kravitz, Zoë tem entrado aos poucos na música. Em setembro, foi uma das artistas convidadas para a música “Say Her Name (Hell You Talmbout)”, lançada por Janelle Monáe.

Padrasto de Zoë, Jason Momoa, o Aquaman dos filmes da DC, comemorou a estreia da enteada em Batman. Momoa foi casado com a mãe da atriz, Lisa Bonet, entre 2017 e este ano.

“Muito orgulhoso. Mal posso esperar. 4 de março. Te amo, ZoZo”, escreveu Momoa.

Além do protagonista Robert Pattinson, o novo Batman é estrelado por Kravitz (Mulher-Gato), Paul Dano (Charada), Jeffrey Wright (Comissário Gordon), Andy Serkis (Alfred) e Colin Farrell (Pinguim).

O filme chega aos cinemas em 3 de março de 2022.