Como a presença de corpos ‘reais’ nas passarelas de alta-costura impactam a indústria da moda e o mundo

O movimento body positive é irreversível. Com isso, os variados perfis de mulheres conseguem se enxergar naquela situação
Gilberto Júnior

A modelo Rita Carreira Foto: Leo Faria / Leo Faria

O movimento não é necessariamente novo, porém ganhou mais força a partir da temporada de verão 2021, quando grifes como Versace, Balmain, Chloé e Lanvin passaram a enxergar que a beleza vai muito além do manequim 36. Desde então, as modelos Precious Lee, Alva Claire e Paloma Elsesser tornaram-se onipresentes. Posaram para revistas badaladas, estamparam campanhas importantes e dominaram as passarelas — nem todas, é verdade. Faltava uma peça para o quebra-cabeça ficar completo: a alta-costura. Jean Paul Gaultier até começou essa discussão décadas atrás. O francês, no entanto, era considerado um rebelde. Eis que no mês passado, a tradicional maison Valentino entrou na conversa e alçou a holandesa Jill Kortleve ao posto de musa da coleção. Finalmente, corpos maiores entraram na couture.

“Acredito que estamos vivendo um início de uma revolução na alta-costura”, observa a modelo plus size Rita Carreira. “A principal mensagem do desfile da Valentino era beleza, mas de forma acolhedora. É tão importante corpos não magros serem vistos como belo. Isso transforma toda uma geração”, acrescenta.

Representante das tops Alessandra Ambrosio e Carol Trentini, Anderson Baumgartner afirma que a edição de verão 2022 da couture foi a “concretização dos novos tempos”. “Não é algo passageiro. O movimento body positive é irreversível. Com isso, os variados perfis de mulheres conseguem se enxergar naquela situação. O vestido poderoso não é só para um perfil. Todas podem vesti-lo”, analisa Baumgartner.

Para Rita, os episódios recentes têm um impacto imediato: “Estamos no caminho certo e a luta continua.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.