Giuseppe Vaccaro for L’Officiel Mexico with Andrea Carrazco

Photographer: Giuseppe Vaccaro. Fashion Stylists: Vittoria Rossi Provesi & Mirko De Propris. Art Director: Ivano Mansueto. Hair Stylist: Piera Berdicchia. Makeup Artist: Ginevra Calie. Casting: Mattia Marazzi. Post Production: unrealitycheck. Model: Andrea Carrazco.

Chanel e Miu Miu apostam na liberdade feminina e em colegiais fogosas em Paris

Brilho, silhueta solta e signos de internatos para milionários marcam desfiles ao fim da Semana que teve gosto amargo
Pedro Diniz

Modelos desfilam coleção de Virginie Viard para a Chanel durante a Semana de Moda de Paris – Piroscka van de Wouw/REUTERS

PARIS – No Dia da Mulher, duas marcas das mais femininas do calendário de moda parisiense subiram à passarela para defender o expurgo dos códigos tradicionais de estilo. Tanto a Chanel da estilista Virginie Viard quanto a Miu Miu, sob a tutela da italiana Miuccia Prada, avançaram o relógio das tendências para oferecer uma nova imagem de liberdade às mulheres da nova geração fashionista.

Desde que assumiu a grife após a morte do estilista Karl Lagerfeld, em 2019, Viard afia sua tesoura de olho na revisão do espírito tradicionalista que ronda a grife centenária fundada por Coco Chanel.

Nesse sentido, o tweed, tramado nas montanhas escocesas e que virou emblema da feminilidade quando a designer o transportou, ainda nos 1920, da moda masculina para a feminina, foi o objeto de estudo da nova diretora criativa. O puído que poderia saltar do tecido, porém, ficou longe da coleção apresentada pela Chanel.

Os casacos foram tingidos com cores amenas retiradas do crepúsculo das colinas, numa cartela concisa que transita entre os rosáceos, branco e azuis para, depois, se fechar no preto que pincela as sombras da névoa local.

Brilhos entremeados ao tecido conferiam a modernidade pretendida pela coleção, cuja silhueta mais solta poderia vestir corpos fora dos padrões magros demais da moda clássica francesa.

Minissaias bem cortadas combinadas a blusas e jaquetas mostram como a Chanel quer atingir cada vez mais um grupo de mulheres com pouco apego a seu passado um tanto classudo demais.

A veia pop de Lagerfeld cede lugar a uma costura que tenta libertar o corpo feminino.

Faz sentido porque, afinal, esse foi o principal propósito de Chanel quando ela decidiu ampliar sua marca de chapéus e passar a vestir mulheres cansadas de tantos panos e cinturas marcadas. Por isso, no desfile também houve vestidinhos folgados de alças finas, adornados com paetês geométricos, e pele aparente coberta por uma fina camada de tule bordado no bloco final da passarela.

O corpo para essa estilista não é algo a ser escondido ou maquiado, mas valorizado com umbigos à mostra, pedaços de coxas que respiram acima dos meiões combinados a botas e colos enfeitados com as famosas correntes que definem a imagem de moda perpetuada pela Chanel.

Curiosamente, o corpo, a revisão de tendências já antiquadas e um verniz repaginado para o “girlie” —a estética algo adolescente preenchida pelo armário do tipo colegial— norteou a coleção deste outono-inverno da Miu Miu.

Miuccia Prada não costuma se explicar muito quando cria peças para sua segunda marca, menos intelectualizada que a etiqueta de seu sobrenome, mas avisa que procura em sua criação “um antídoto para uma novidade sem sentido”.

Ela trata, obviamente, do estado das coisas e de como a busca por novas ideias muitas vezes acaba fazendo com que a moda gire em círculos. Em vez de explorar uma nova abordagem para o passado, usa o que já há à disposição para desalinhar as proporções.

Uma camiseta polo pode ter as golas esgarçadas para trás, o tronco cortado e as costuras cobertas por fitas fininhas para virar uma outra peça. O pendor esportivo é inerente às propostas dessa nova garota sem saco para procurar a última tendência. Ela prefere jogar o jogo sem pisar nas linhas da quadra, aqui, muitas vezes inspirada na do tênis.

Minishorts abertos nas laterais, blusas confortáveis nas quais os decotes passeiam pelo torso e microssaias quase indecentes para os padrões europeus produzem a imagem de colegial atrevida que é a cara dessa fase de tesoura menos burocrática de Prada.

Ela rememora os tempos em que a Miu Miu fazia roupas para garotos, com jaquetas fáceis, destacáveis da imagem final, que agregam um perfume sem gênero cujo guarda-roupa já faz parte da geração Z abraçada pela marca.

Vestidos de renda com aplicações de brilho, um deles usado por um modelo, se conectam aos xadrezes clássicos e às malhas de estampa argyle num desenho ambíguo de passado e presente que remete à classe de jovens afeitos ao estilo milionário de colégio interno.

Nesse baile cabem botas, casacões com ombros ampliados e uma série de itens de couro detonado —aqui, eles foram reciclados pela marca— que parecem saídos dos velhos armários para ganhar vida nova no corpo dessa juventude mais consciente.

Para este final de temporada com gosto amargo traduzido pelo noticiário internacional, Paris celebra uma de suas características mais sólidas na cultura, que é conseguir servir de oráculo dos novos pontos de vista sobre os costumes do Ocidente.

Scarlett Johansson Breaks Down 12 Looks From 1996 to Now | Life in Looks | Vogue

In this edition of Life in Looks, Scarlett Johansson walks Vogue through her personal style over the years.

Nesta edição da Life in Looks, Scarlett Johansson mostra a Vogue seu estilo pessoal ao longo dos anos.

Director: Max Bartick

DP: Steven Mastorelli

Editor: Alana McNair

Producer: Nicola Pardy

Associate Producer: Qieara Lesesne

Manager, Creative Development: Alexandra Gurvitch

Director, Creative Development: Anna Page Nadin

Assistant Camera: Mike Ciecierski

Audio: Gabe Quiroga

Gaffer: Devan Davies-Wood

Set Designer: Matt Pecina

Prop Stylist: Daniel Wing

Hair Stylist: Danny DiMauro

Makeup Stylist: Maki Ryoke

Covid Supervisor: Heather Drew

Line Producer: Tina Magnuson

Production Manager: Emma Gil

Post-Production Supervisor: Marco Glinbizzi

Post Production Coordinator: Andrea Farr

Filmed on location: The Carlyle Hotel

VP, Digital Video Programming and Development,Vogue (English Language): Joe Pickard

Senior Director, Digital Video: Tara Homeri

Director of Content, Vogue: Rahel Gebreyes

Apple Studio Mac event in 11 minutes

Apple just wrapped its “Peek Performance” event and announced the Mac Studio and Studio Display, new iPhone SE with 5G, and iPad Air, plus a new M1 chip — the M1 Ultra. Here’s everything from the event in 11 minutes.

The 7 biggest announcements from Apple’s Peek Performance event: https://bit.ly/3sUXCzu

A Apple acabou de encerrar seu evento “Peek Performance” e anunciou o Mac Studio e Studio Display, o novo iPhone SE com 5G e o iPad Air, além de um novo chip M1 – o M1 Ultra. Aqui está tudo do evento em 11 minutos.

Os 7 maiores anúncios do evento Peek Performance da Apple: https://bit.ly/3sUXCzu

0:00 – iPhone SE (3rd generation)

1:06 – iPad Air (5th generation)

2:13 – M1 Ultra

4:42 – Mac Studio

8:18 – Mac Studio Display

10:47 – Studio and Display Price and Availability

Mac Studio chega a R$95 mil; Apple Studio Display, a R$26 mil

A Apple apresentou hoje dois novos produtos voltados para performance: o Mac Studio e o Apple Studio Display. Como de praxe, porém, os dispositivos custam o olho da cara no Brasil. Veja só, abaixo.

Mac Studio

Antes de conferir os preços, vale lembrar que o Mac Studio é o novo candidato a queridinho de profissionais com um fluxo de trabalho pesado, isso por que ele é equipado com o novo chip M1 Ultra — o qual possui configurações de 20 núcleos de CPU1, 48 ou 64 núcleos de GPU2 e Neural Engine de 32 núcleos.

Escolhendo a configuração mínima (M1 Max com CPU de 10 núcleos e GPU de 24 núcleos), memória unificada de 32GB e SSD de 512GB), o Mac Studio sai por R$23 mil.

Nas configurações mais parrudas (M1 Ultra com CPU de 20 núcleos e GPU de 64 núcleos, memória unificada de 128GB e SSD de 8TB) o Mac Studio sai por exorbitantes R$95 mil.

Preço do Mac Studio

Vale notar que ainda não há previsão de disponibilidade do Mac Studio no Brasil.

Apple Studio Display

Já o Apple Studio Display, por sua vez, ostenta uma tela Retina 5K de 27 polegadas. Ele também possui câmera ultra-angular de 12 megapixels com suporte ao Palco Central, três microfones e seis alto-falantes com Áudio Espacial.

Como o finado iMac 5K de 27 polegadas e o Pro Display XDR, o Apple Studio Display vem em duas configurações de tela: vidro convencional e vidro nano-texture.

Escolhendo o vidro convencional, a opção equipada com base com ajuste de inclinação ou adaptador para montagem VESA sai por R$18 mil. Optando pela base com ajuste de inclinação e altura, o monitor custa R$23 mil.

Com vidro nano-texture, o modelo com base com ajuste de inclinação ou adaptador para montagem VESA sai por R$21 mil, enquanto a opção com base com ajuste de inclinação e altura chega a R$26 mil.

Preço do Apple Studio Display

De acordo com a Apple, o monitor externo estará disponível a partir de 18/3.


Lembrando que todos os produtos podem ser divididos em 12x e que, pagando à vista, a Apple oferece 10% de desconto. Não surpreendentemente, preços pouco convidativos para a maioria dos usuários em terras tupiniquins…

M1 Ultra | Changing the game | Apple

See how the all-new M1 Ultra is helping these six extraordinary developers change the game. The 20-core CPU, 64-core GPU, 128GB of unified memory, and 114 billion transistors are just a few of the reasons this chip is going to enable developers and other pro users alike to create incredible things.

Veja como o novo M1 Ultra está ajudando esses seis desenvolvedores extraordinários a mudar o jogo. A CPU de 20 núcleos, GPU de 64 núcleos, 128 GB de memória unificada e 114 bilhões de transistores são apenas algumas das razões pelas quais esse chip permitirá que desenvolvedores e outros usuários profissionais criem coisas incríveis.

Apple Event — March 8

Watch the special Apple Event to learn about the all-new Mac Studio and Studio Display, new iPad Air, new iPhone SE, and iPhone 13 Pro and iPhone 13 in two new shades of green.

Assista ao evento especial da Apple para saber mais sobre o novo Mac Studio e Studio Display, o novo iPad Air, o novo iPhone SE e o iPhone 13 Pro e o iPhone 13 em dois novos tons de verde.

“Cool and Bendable” – Kalbells http://apple.co/Kalbells

“Welcome to The Future (feat. Shane Eli)” – CAMPFIRE http://apple.co/CAMPFIRE

“For The Whole Team” – MajorLeagueTrvll ft. Nate Traveller
“The Jungle” – Oliver Malcolm http://apple.co/OliverMalcolmTheJungle

“Brazilian Love Song” – Keys N Krates http://apple.co/KeysNKrates

“Plasmatisphere” – Chrome Sparks http://apple.co/ChromeSparks

“29” – Yaeji & OHHYUK http://apple.co/Yaeji

“Boomerang” – Yebba http://apple.co/YebbaBoomerang

“Noticed I cried (Flume Remix)” – PinkPantheress http://apple.co/NoticedICried

“Inner Light” – Elderbrook & Bob Moses http://apple.co/InnerLight

“Purgatory” – Cid Rim http://apple.co/CidRimPurgatory

“Mister Impossible” – Phantogram http://apple.co/MisterImpossible

“Message in a Hammer” – Obongjayar http://apple.co/Obongjayar

“Better Now (feat. MARO)” – ODESZA http://apple.co/OdeszaBetterNow

“No. 3” – Cosmo Sheldrake http://apple.co/CosmoSheldrakeNo3

“Feels Like I’m Flying” – Yeek http://apple.co/Yeek

LE STREET STYLE #5 : comment s’habiller pour la Fashion Week ? par Ellie Delphine | Vogue France

Du 28 février au 8 mars 2022, aux quatre coins de la capitale parisienne, se tiennent les défilés de la saison automne-hiver 2022-2023. Durant cette semaine de la mode, dans les rues de Paris, se remarque une profusion de styles éclectiques, nourrie d’inspirations venues du monde entier. Pour ce cinquième épisode de la nouvelle série Street Style, dans laquelle des personnalités inspirantes du monde de la mode analysent pour Vogue les meilleurs looks repérés dans les rues, c’est au tour d’Ellie Delphine (aussi connue sous le nom de @slipintostyle sur Instagram) de passer au filtre les looks repérés durant la Fashion Week. Et pour ce nouvel épisode, la créatrice de contenus est aussi allée à votre rencontre, dans la rue, pour parler avec vous de vos tenues les plus pointues. Ganni, Yohji Yamamoto, Dries Van Noten, Rouje, Bottega Veneta, Sacaï… Toutes les grandes marques se croisent dans le Street Style.

De 28 de fevereiro a 8 de março de 2022, são realizados em toda a capital parisiense os desfiles de moda da temporada outono-inverno 2022-2023. Durante esta semana de moda, nas ruas de Paris, pode-se ver uma profusão de estilos ecléticos, alimentados por inspirações de todo o mundo. Para este quinto episódio da nova série Street Style, em que personalidades inspiradoras do mundo da moda analisam para a Vogue os melhores looks vistos nas ruas, é a vez de Ellie Delphine (também conhecida como @slipintostyle no Instagram) filtrar os looks vistos durante a Semana de Moda. E para este novo episódio, o criador de conteúdo também foi ao seu encontro, na rua, para conversar com você sobre seus looks mais trendy. Ganni, Yohji Yamamoto, Dries Van Noten, Rouje, Bottega Veneta, Sacaï… Todas as grandes marcas se encontram no Street Style.

Look #1
Look #2
Look #3 : @verosabe
Look #4 : @oliviergliese
Look #5 : Janina Maidor
Look #6 : Erie Hanleng
Look #7 : Maeva Marshall
Look #8 : @latif.eu
Look #9 : @lauraannspence founder of Vaquera
Look #10 : Yuta Yamamoto
Look #11 : @ps.shadesofmylife
Look #12 : @clara___cecile
Look #13
Look #14
Look #15 : @semmilorraine
Look #16 : Leon Philippeau

Chef opérateur : Albert Oziouls
Ingénieur du son : Quentin Bourgeois
Monteur : Luca Thibault
Développement vidéo Vogue France : Mathias Holst, Louise des Ligneris
Producteur : Amaury Delcambre
Assistant producteur : Balthazar Chuffart
Casting : Adèle Ligerot
Programmation : Stéphanie Amaya
Youtube Channel Manager : Axelle de Benedittis
Head of editorial content : Eugénie Trochu

Purple Magazine #37 The Future Issue Spring/Summer 2022 Covers

Purple Magazine #37 The Future Issue Spring/Summer 2022 Covers
Source: purple.fr
Published: March 2022

Credits for this picture: Bruno Staub (Photographer), Marcus Correa (Fashion Editor/Stylist), Tsuki (Hair Stylist), Chiho Omae (Makeup Artist), Ricky Michiels (Casting Director), Marcos Fecchino (Producer)Brands in this picture: Bottega Veneta

All people in this work:

Bruno Staub – Photographer Casper Sejersen – Photographer Colin Dodgson – Photographer Harmony Korine – Photographer Henrik Purienne – Photographer Juergen Teller – Photographer Markn – Photographer Nadine Fraczkowski – Photographer Olivier Zahm – Photographer Philippe Jarrigeon – Photographer Suffo Moncloa – Photographer Takashi Homma – Photographer Torso – Photographer Marcus Correa – Fashion Editor/Stylist Tsuki – Hair Stylist Chiho Omae – Makeup Artist Jon Rafman – Artist Ricky Michiels – Casting Director Marcos Fecchino – Producer Mica Argañaraz – Model Xiaoqiao Wang – Model Eliza Douglas – Self

In this picture: Xiaoqiao Wang
Credits for this picture: Markn (Photographer)

All brands in this magazine cover:

Balenciaga
Bottega Veneta
Calvin Klein
Celine
Chanel
Comme des Garçons
Courrèges
Givenchy
Loewe
Louis Vuitton
Miu Miu
Saint Laurent