Fintech Kamino recebe US$ 6,1 mi para inaugurar operação no Brasil

Fundador do Guiabolso e veteranos do setor criam fintech para ajudar startups a otimizar capital
Por Elisa Calmon – O Estado de S. Paulo

Guto, Perenha, Benjamin e Gonzalo são os fundadores da Kamino
Guto, Perenha, Benjamin e Gonzalo são os fundadores da Kamino

Quatro veteranos do mundo de startups se uniram para lançar uma fintech capaz de facilitar o percurso financeiro de empresas de rápido crescimento, desde a captação de recursos até a gestão do investimento. A Kamino chega ao mercado com um aporte de US$ 6,1 milhões (cerca de R$ 32 milhões) liderado pelo fundo Inspired Capital, na  maior captação pré-seed (estágio inicial) recente da América Latina.

Benjamin Gleason, fundador do Guiabolso, e Gonzalo Parejo, criador da startup de seguros Bidu no Brasil e a logitech Ontruck na Europa lideram o negócio ao lado dos brasileiros Guto Fragoso, um dos líderes de Produto da Amazon Brasil, e Rodrigo Perenha, ex-diretor de tecnologia do Mercado Pago. Juntos, os quatro nomes somam seis startups fundadas.

A fintech já nasce internacional. Gleason e Parejo são nascidos nos Estados Unidos e Espanha, respectivamente, e trabalharam juntos no Groupon.

A Kamino oferece para empresas de rápido crescimento — principalmente startups — a criação e gestão da estrutura offshore e local para receber recursos captados, processo que pode demorar até três meses. Concede também linha de crédito àquelas que contem com um compromisso de investimento firme de um fundo reputado. Dessa forma, elas não precisam aguardar o recebimento do dinheiro do investimento para começar a operar.

A atuação da fintech acompanha toda a trajetória do capital levantado pelas startups. “Queremos remover as fricções para que essas empresas não só tenham acesso mais rápido aos aportes, mas consigam maximizar o uso desse investimento”, explica Parejo. A fintech fornece também conta bancária local sem tarifas, cartão de crédito com limite adequado e adaptado para pagamento de serviços digitais (SaaS) e serviço de remessa internacional.

Gleason complementa que apesar do desenvolvimento do setor, a burocracia ainda limita o crescimento das empresas nacionais de inovação. “O ecossistema melhorou muito no Brasil nos últimos anos. Há mais entrada de capital, de fundos de investimento e de talentos. Mas continuamos com os mesmos desafios de infraestrutura financeira e corporativa”, complementa o executivo que em 2012 criou o Guiabolso, uma das primeiras fintechs do mercado latinoamericano, recentemente adquirida pelo PicPay.

A Kamino conta com 25 investidores anjos e nove fundos de investimentos regionais e dos Estados Unidos. O aporte levantado na rodada pré-seed será utilizado para acelerar a contratação de talentos para a construção de uma plataforma que integrará todos os produtos que uma startup em estágio inicial precisa para captar venture capital de fundos internacionais, iniciar a operação imediatamente e, na sequência, acelerar seu crescimento.

A meta dos empreendedores é ganhar espaço no mercado brasileiro, considerado o carro chefe quando se trata de inovação na América Latina. A  expansão para países vizinhos também está nos planos. “Nosso propósito é trazer mais recursos, alavancar o ecossistema no Brasil e na região. Queremos que a Kamino seja catalisadora da economia latino-americana”, afirma Perenha.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.