Pritzker é dado a Francis Kéré, primeiro negro a vencer Nobel da arquitetura

Natural de Burkina Faso, arquiteto é conhecido entre seus pares por construir edifícios sustentáveis para populações pobres

O arquiteto Diébedo Francis Kéré, natural de Burkina Faso, vencedor do prêmio Pritzker em 2022 – Niklas Hallen/AFP

O arquiteto Diébedo Francis Kéré, natural do país africano Burkina Faso, venceu o prêmio Pritzker de 2022, considerado uma espécie de Nobel da arquitetura, anunciou a organização da premiação nesta terça (15).

Kéré foi premiado por seus desenhos pioneiros que são “sustentáveis para a Terra e seus habitantes em terrenos de escassez extremas”, disse em comunicado Tom Pritzker, presidente da Hyatt Foundation, patrocinadora do evento.

Com dupla cidadania, de Burkina Faso e da Alemanha, Kere é o 51° vencedor do prêmio.

Ele é conhecido entre seus pares por construir escolas, centros de saúde, casas, edifícios residenciais e espaços públicos em países africanos como Benin, Togo, Quênia, Moçambique e Sudão, além de Burkina Faso, sua terra natal.

Ganhadores do Priztker nos últimos dez anos
2021 – Anne Lacaton e Jean-Philippe Vassal
2020 – Yvonne Farrell e Shelley McNamara
2019 – Arata Isozaki
2018 – Balkrishna Doshi
2017 – Rafael Aranda, Carme Pigem e Ramon Vilalta
2016 –  Alejandro Aravena
2015 – Frei Otto
2014 – Shigeru Ban
2013 – Toyo Ito
2012 –  Wang Shu

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.