Ana Abril para Harper’s Bazaar Vietnam com Andrea Romero

Fotógrafa e Diretora Criativa: Ana Abril . Estilista de Moda: Caterina Ospina . Cabelo e Maquiagem: Antonio Romero . Arte: Begoña Baeza . Retoque: Alba Stark . Modelo: Andréa Romero

Capas da revista Dazed para a primavera de 2022

Capas da revista Dazed para a primavera de 2022
Fonte: dazeddigital.com
Publicado em março de 2022

Nesta foto: Adit Priscilla , Raynara Negrine , Seohyun Kim , Skarla Ali , Tara Halliwell
Créditos para esta foto: Will Scarborough (fotógrafo), Ib Kamara (editor), Sarah Jo Palmer (cabeleireiro), Thomasin Waite (maquilhador), Mischa Notcutt (diretor de elenco)

Todas as pessoas neste trabalho:

Paolo Roversi – Fotógrafo Viviane Sassen – Fotógrafa Will Scarborough – Fotógrafo Ib Kamara – Editor Gareth Wrighton – Diretor de Arte Ib Kamara – Editor de Moda/Estilista Imruh Asha – Editor de moda/estilista Olivier Schawalder – Cabeleireiro Sarah Jo Palmer – Cabeleireira Yann Turchi – Cabeleireiro Aurore Gibrien – Maquiadora Min Kim – Maquiador Thomasin Waite – Maquiador Olivia Aine – cenógrafo Samuel Overs – Cenógrafo Mischa Notcutt – Diretor de Elenco Lauren Michelle Pires – Manicure Adit Priscilla – Modelo Elyas Polat – Modelo Ismael Savane – Modelo Malick Bodian – Modelo Omar Sesay – Modelo Omari Phipps – Modelo Raynara Negrine – Modelo Seohyun Kim – Modelo Skarla Ali – Modelo Solal Zaoui – ModeloTara Halliwell – Modelo Yuuki Tang – Modelo

Todas as marcas nesta capa de revista:

Loro Piana
Louis Vuitton

Nesta foto: Ismael Savane , Malick Bodian , Solal Zaoui , Yuuki Tang
Créditos para esta foto: Viviane Sassen (Fotógrafo), Ib Kamara (Editor), Ib Kamara (Estilista/Editor de Moda), Olivier Schawalder (Estilista de Cabelo), Min Kim (Maquilhador), Mischa Notcutt (Diretor de Elenco)

Schutz se lança no vestuário e ambiciona que até 2026 este responda por 50% das vendas

A movimentação é parte do início da estratégia do Arezzo & Co. para fincar os pés também no vestuário feminino
VÍVIAN SOTOCÓRNO

Fotografadas no ateliê da marca em São Paulo, Milena Penteado usa blazer (R$ 1.290), t-shirt (R$ 220), calça (R$ 945) e escarpim (R$ 450); e Cacá Garcia usa camisa (R$ 495), calça (R$ 645) e escarpim (R$ 450), tudo Schutz. (Foto: João Bertholini)

Foi da união entre a Schutz, fundada em 1995, com a Arezzo, em 2007, que nasceu o grupo Arezzo & Co. Hoje, 15 anos depois dessa fusão, o conglomerado é um dos mais importantes do mundo no setor, e a Schutz segue como um dos principais vetores dessa expansão. Nos nove primeiros meses de 2021, foram 2 milhões de pares de sapatos vendidos, 400 mil bolsas e quase meio bilhão de faturamento na marca. Para 2022, a expectativa é que as vendas batam R$ 1 bilhão. Se os números parecem superlativos, a ambição segue a mesma medida: a meta é que, até 2026, tais sapatos e bolsas respondam por apenas 50% do faturamento da Schutz. É que no que depender dos planos do grupo, em breve, vai ficar difícil lembrar que a Schutz já foi uma etiqueta “somente” de calçados: a partir de abril, como lançamento da linha de roupas, ela será a primeira marca brasileira de sapatos a ser tornar full look.

A movimentação é parte do início da estratégia do Arezzo & Co. para fincar os pés também no vestuário feminino, que incluiu ainda a aquisição da marca Carol Bassi. Ao incorporar a Reserva e a Baw Clothing, 18% das vendas do grupo já passaram a vir das roupas. Ao lado de Alexandre Birman, CEO do grupo, quem está por trás da empreitada, que está sendo desenvolvida desde maio de 2021, é Milena Penteado (diretora executiva das marcas Schutz e Alexandre Birman) e a estilista Cacá Garcia (convocada a assumir a direção criativa da linha). “É uma roupa que vai acompanhar a mulher 24 horas por dia, seja para trabalhar, levar os filhos na escola, uma balada, um jantar. É sobre peças-chave, atemporais, que estarão no seu armário para sempre e que vão muito de encontro ao que acredito para o futuro da moda: design com preço justo, roupa com propósito e diálogo com todas as mulheres”, conta Cacá, figura querida da moda nacional, que durante sete anos comandou ao lado de Helena Linhares a extinta Pelu, além de ter passado pela Cris Barros e pela Raya de Goeye.

Looks da coleção de estreia da linha de vestuário (Foto: João Bertholini)
Looks da coleção de estreia da linha de vestuário (Foto: João Bertholini)

Atemporais, nesse caso, que não necessariamente básicas. Com 300 modelos, a coleção de estreia imprime aquela sensação de que você pode até já ter uma camisa azul, mas não tem uma camisa azul com aquela mesma bossa – vide os looks usados por Milena e Cacá na foto acima. “Jeans, camisaria, alfaiataria, sarja e malharia são o foco dessa primeira coleção. E era importante para nós que as peças fossem fáceis, a vida hoje é muito corrida para estarmos muito montadas”, diz Cacá do ateliê que a grife montou em uma casa na Vila Olímpia (SP) e cuja equipe já reúne 15 pessoas (o desenvolvimento dos sapatos e bolsas seguem acontecendo na sede do grupo em Campo Bom, no Rio Grande do Sul). A exemplo dos calçados da Schutz, os best-sellers devem se tornar fixos nas coleções, ganhando novas roupagens a cada temporada, estratégia amplamente usada pelas marcas do Arezzo & Co.

 (Foto:  )
As quatro integrantes da Schutz Band, novo projeto da grife com neocantoras que lançam um videoclipe com sua primeira música no próximo mês (Foto: Divulgação)

Segundo pesquisa do grupo com clientes da marca, uma mulher adquire em média três peças de roupa a cada par de calçados. E a base de compradoras da Schutz é formada por 10 milhões de pessoas, 543 mil delas ativas. “Como 16,6% das ativas são heavy users, trocamos muitas informações com elas para ter certeza de que seria um tiro certo. Elas compram roupas duas vezes ao mês e 85% delas mostraram interesse na linha de vestuário da Schutz”, diz Milena, braço direito de Alexandre Birman na grife que leva o nome do empresário desde a fundação e que em 2020 assumiu também a Schutz. A partir do dia 7 de abril, entra no ar um e-commerce completamente reformulado para receber a linha, simultaneamente à abertura de duas lojas: na Oscar Freire (em São Paulo) e no Shopping Leblon (no Rio).

 (Foto:  )
Schutz Band (Foto: Divulgação)

Os endereços serão segmentados assim como lojas de departamentos, com salas dedicadas aos calçados, bolsas e roupas. A partir do verão, as roupas chegam também a multimarcas pelo Brasil. “Em dois anos, o potencial é que o vestuário já represente 25% da receita da marca”, diz Milena. “Vamos adicionar mais um capítulo à história da Schutz.”

Styling: Sam Tavares
Beleza: Juliane Lima com produtos Lancôme, Dior Beauty e Chanel Beauty

NOPIN | Fall Winter 2022/2023 | Full Show

NOPIN | Fall Winter 2022/2023 | Full Fashion Show in High Definition. (Widescreen – Exclusive Video/1080p – Portugal Fashion) #NOPIN #FW22 #Portugalfashion

Novo MacBook Air chegará até o fim do ano; Pro só em 2023, diz Mark Gurman

Desde o ano passado, havia especulações de que a Apple estava preparando o lançamento de um novo MacBook Airtotalmente redesenhado, e possivelmente algumas mudanças nos MacBooks Pro até meados deste ano. Após nenhum dos dois modelos terem sido mencionados no evento especial da Apple há algumas semanas, a dúvida agora é quando essas máquinas serão anunciadas.

Nesse sentido, o jornalista da Bloomberg Mark Gurman publicou, em seu boletim informativo “Power On” mais recente, que a Apple planeja agora lançar o novo MacBook Air no terceiro ou quarto trimestre deste ano.

Dessa forma, agora as previsões de Gurman se alinham com as de outras fontes, como o analista Ming-Chi Kuo — o qual também disse há alguns dias que o novo MacBook Air poderá chegar até o fim do terceiro trimestre.

Gurman afirmou, ainda, que não espera que a Apple atualize os MacBooks Pro de 14 e 16 polegadas este ano, sendo que a próxima geração, a qual poderá ser equipada com os chips “‌M2‌ Pro” e “‌M2‌ Max”, é prevista só pro ano que vem. Ainda para 2022, ele aponta que a única atualização provável do MacBook Pro será a do modelo de entrada, de 13″, com o chip ‌”M2‌”. [MacMagazine]

Laut | Spring Summer 2022 | Full Show

Laut | Spring Summer 2022 | Full Fashion Show in High Definition. (Widescreen – Exclusive Video/1080p – Gran Canaria Swim Week by Moda Cálida) #Laut #SS22

Andrea Rocha – Desierto

Um olhar dentro do novo escritório de Londres da Sopra Steria

A empresa de software Sopra Steria contratou recentemente o estúdio de design de local de trabalho Peldon Rose para projetar seu novo escritório em Londres, Inglaterra.

Espaço de breakout

“Para entender completamente os principais impulsionadores do negócio e sua força de trabalho, a Sopra Steria empregou uma prática arquitetônica para realizar um estudo de consulta no local de trabalho, o que forneceu os dados brutos de que precisávamos para ajudar a moldar o resumo do projeto estratégico com o cliente.

O objetivo era criar um espaço que funcionasse para todos, para todos os tipos demográficos e de personalidade. A ambição era construir uma comunidade diversificada e inspiradora dentro do escritório. Nossa abordagem centrada nas pessoas nos permitiu realmente usar os dados coletados para expandir com confiança os limites do nosso conceito de design. Conseguimos reduzir algumas das soluções mais estáticas, como salas de reunião por celular e escritórios particulares, e focar em soluções mais flexíveis e multifuncionais, alinhadas com o programa Future of Work da Sopra Steria.

Desde executivos que podem ter um espaço privado para reuniões de alto nível, até graduados com liberdade e espaço para colaborar com membros seniores da equipe e para funcionários que desejam trabalhar em uma mesa ou em um espaço tranquilo sozinhos – havia um espaço para atender a todos os tipos de trabalho baseado em atividades.

O novo espaço de trabalho da Sopra Steria está localizado no nível seis do One Bartholomew, um edifício que Peldon Rose conhece bem. Eles estão em boa companhia em compartilhar o prédio com nossos outros clientes, InfraRed e theTradeDesk. É vital que tenhamos criado um design exclusivamente relevante e contextual para nossos clientes que realmente capture sua individualidade, era imperativo que o design fosse diferente e único de seus vizinhos imediatos nos andares acima.

A filosofia de design da frente da casa neste conceito rompe com a experiência tradicional de ‘recepção’. Aqui é onde o concierge faz parte da área de refresco e descanso. É uma vibração altamente envolvente para clientes e funcionários, oferecendo um ambiente agitado e descontraído, mais parecido com um saguão de hotel ou salão de negócios do que um escritório tradicional.

Uma lombada de salas de reuniões em vidro atravessa a frente da casa para criar uma divisão natural na paisagem do espaço de trabalho, ao mesmo tempo que proporciona uma visão das áreas de trabalho. O espaço de trabalho consiste em uma variedade de configurações de trabalho, incluindo um salão de negócios, uma área da prefeitura, bancos altos de colaboração, cabines de foco de uma pessoa, cápsulas fechadas e estações de trabalho.

O design capturou uma sensação de lar longe de casa; a sensação que você tem quando entra no salão de negócios de um hotel. Tem uma sensação relaxada, mas parece profissional e com visão de futuro. Exatamente o que você esperaria de um negócio de transformação digital.

O layout ágil e flexível oferece aos funcionários liberdade e autonomia sobre as configurações do local de trabalho para atender às suas próprias necessidades individuais. O design não depende apenas de paisagismo e móveis criativos, mas incorpora design biofílico, maximizando os benefícios da luz natural e utilizando plantas e materiais naturais. Várias estações de água também estão situadas em todo o espaço para promover o bem-estar e a oportunidade de momentos inesperados de bebedouros.”

  • Localização:Londres, Inglaterra
  • Data de conclusão:2022
  • Tamanho:12.000 pés quadrados
  • Projeto: Peldon Rose
Cabine telefônica
Espaço de breakout
Espaço de breakout
Espaço de breakout
Recepção
Espaço de breakout

Bohodot | Spring Summer 2022 | Full Show

Bohodot | Spring Summer 2022 | Full Fashion Show in High Definition. (Widescreen – Exclusive Video/1080p – Gran Canaria Swim Week by Moda Cálida) #Bohodot #SS22

Andrea Rocha – Desierto/Mi Barrio

‘Ruptura’: uma versão sombria de ‘The Office’ no Apple TV+

Série acompanha líder de uma equipe de funcionários de escritório cujas memórias entre a vida pessoal e profissional foram cirurgicamente separadas
Pedro Venceslau, O Estado de S.Paulo

Cena da série Ruptura (Severance), com John Turturro, que retrata o mundo dos negócios  Foto: Apple TV+

No momento em que o home office vai aos poucos sendo substituído pelo trabalho presencial, a série Ruptura, nova aposta da Apple TV+, usa uma pegada distópica para fazer uma reflexão sobre a rotina corporativa. A produção é tipo uma versão sombria de The Office, a série cômica que fez um tremendo sucesso tirando um sarro das manias, vícios e tipos que orbitam o escritório nosso de cada dia. Ruptura acompanha Mark Scout, o líder de uma equipe de funcionários de um escritório cujas memórias entre suas vidas pessoal e profissional foram cirurgicamente separadas. Burnout, estresse e assédio moral são coisas do passado. Esse experimento separa literalmente a vida do trabalho.

Voluntários

Que fique claro: todos ali são voluntários e toparam passar por isso. Assim que o empregado entra no elevador, uma chave vira e o coloca no modo trampo. Depois de 8 horas de labuta, o sujeito deixa o local e não se lembra de nada que aconteceu no expediente. Por óbvio, não existem relações sociais entre os funcionários, que nem se conhecem.

Luto

Foi a empresa da série, a Lumen Industries, que criou a tal tecnologia capaz de ligar ou desligar partes do cérebro. O protagonista, personagem de Adam Scott, entrou nessa porque perdeu a mulher há pouco tempo. Sendo assim, consegue se desligar do luto durante as oito horas que permanece na firma. 

Elencão

A série tem um elenco da pesada, com Patricia Arquette, Christopher Walken e John Turturro. Com nove episódios e uma segunda temporada garantida, Ruptura é mais um trabalho produzido e dirigido por Ben Stiller, mas no qual ele não atua.