Kuo fala de “AirPods Pro 2” no 2º semestre e cortes na produção

O analista Ming-Chi Kuo voltou a atualizar suas previsões hoje sobre as vendas dos AirPods de terceira geração, os quais teriam sofrido cortes na produção devido à baixa demanda. Na semana passada, ele já havia feito outra previsão semelhante (sem especificar os modelos de fones afetados), mas foi contrariado por duas fornecedoras da Apple que negaram publicamente os cortes.

De acordo com Kuo, a Apple teria diminuído os pedidos dos seus fones de ouvido sem fio mais recentes em 30% para os segundo e terceiro trimestre de 2022, com a demanda atingindo números bem menores do que os registrados com os AirPods de segunda geração, que continuam à venda.

Para o analista, esse fenômeno seria um impacto da atual “segmentação” da linha de AirPods, com os consumidores apresentando certa resistência em gastar mais US$50 pelos AirPods de terceira geração enquanto a versão anterior ainda continua disponível.

Isso, segundo Kuo, deve fazer com que Apple descontinue os atuais AirPods Pro com o iminente lançamento da sua próxima geração, cotada para chegar ainda no segundo semestre deste ano. Esse movimento deverá impedir que atual geração atrapalhe as vendas dos futuros fones.

Em janeiro, Kuo afirmou que os possíveis AirPods Pro segunda geração terão design totalmente repaginado, sem as famosas “hastes” laterais e com um formato mais compacto. Além disso, os fones também seriam compatíveis com áudio Lossless e contariam com novo um estojo de recarga com novos recursos de rastreamento e alerta integrados. [MacMagazine]

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.