CINEMA I Estreias: Cidade Perdida, Detetives do Prédio Azul 3, Flee, A Noite do Triunfo, Nunca Fomos Tão Modernos

Cinemas têm 5 estreias no feriado, como filme com Sandra Bullock e ‘Flee’, indicado ao Oscar

Sandra Bullock e Channing Tatum em cena do filme ‘Cidade Perdida’ – Divulgação

SÃO PAULO – Não é de hoje que Hollywood brinca com seus próprios clichês para fazer filmes. Mas é nesse caminho que vai “Cidade Perdida”, comédia romântica estrelada por Sandra Bullock e Channing Tatum, em que ela vive uma autora de livros de aventura, enquanto ele é o modelo que empresta seu tanquinho para as capas das aventuras.

Mas o galã acredita que, no fundo, é mais do que um abdômen sarado. Ele e um bilionário, vivido por Daniel Radcliffe —sim, o eterno Harry Potter—, acham que o tesouro dos romances é de fato real. Então a autora é raptada e obrigada a encontrar a tal cidade perdida da ficção. É a chance perfeita para que o modelo mostre que pode ser mesmo um herói.

Já para quem busca um filme mais sério, a pedida é “Flee: Nenhum Lugar Para Chamar de Lar”, indicado a três estatuetas do Oscar. Ele parte de um lugar não tão comum, que é fazer um documentário animado, para contar a história de um jovem afegão forçado a fugir de seu país quando o Talibã toma o poder. Os desenhos dão uma nova perspectiva para uma tragédia tão repetida, exibindo o drama dos refugiados e as experiências de suas travessias.

Dentre as inspirações na vida real, “A Noite do Triunfo” é outro filme nessa toada. Ele conta a história de um ator desempregado que vai ministrar uma oficina de teatro para presidiários que acaba resultando em uma bem-sucedida montagem de “Esperando Godot”, que rende até turnês pela França.

Já entre as estreias nacionais, a semana tem “Detetives do Prédio Azul 3 – Uma Aventura no Fim do Mundo”, novo capítulo com o trio de detetives mirins que tenta salvar um porteiro enfeitiçado, e “Nunca Fomos Tão Modernos”, comédia romântica em que a personagem de Letícia Spiller pede que o melhor amigo do marido comece a provocá-lo para que fique com ciúmes e tente dar mais atenção a ela.

Confira abaixo as estreias da semana.

Cidade Perdida
Sandra Bullock vive uma badalada escritora de livros de aventura que enfrenta um bloqueio criativo. O sucesso, porém, desperta a ganância de um bilionário que acredita que o tesouro perdido da literatura existe de verdade —até que ela é raptada para ajudar a encontrá-lo. Nisso, o galã, vivido por Channing Tatum, também não aceita que tudo é ficção e parte numa missão para mostrar à autora que, além de um belo abdômen, ele também pode ser um herói de verdade.
EUA, 2022. Direção: Aaron Nee e Adam Nee. Com: Sandra Bullock, Channing Tatum e Daniel Radcliffe. 14 anos


Detetives do Prédio Azul 3 – Uma Aventura no Fim do Mundo
O trio de detetives mirins que protagoniza uma série desde 2012 chega ao terceiro longa-metragem com uma trama em que terão de ir à cidade mais ao sul do planeta para libertar o simpático porteiro Severino, que encontrou um medalhão ancestral e ficou possuído por uma entidade maligna.
Brasil, 2021. Direção: Mauro Lima. Com: Anderson Lima, Letícia Braga e Pedro Henriques Motta. Livre


Flee – Nenhum Lugar Para Chamar de Lar
Indicado a três estatuetas do Oscar, o filme dinamarquês traz a proposta pouco comum de fazer um documentário animado. A história acompanha um jovem afegão forçado a fugir de seu país quando o Talibã toma o poder, viajando para uma Rússia recém-convertida ao capitalismo. Sem documentos, ele e família tentam migrar para um país nórdico e, nessa trajetória, passarão por experiências que, na forma de desenho animado, nos ajudam a ver uma situação lancinante de uma nova perspectiva.
Dinamarca, 2021. Direção: Jonas Poher Rasmussen. 14 anos


A Noite do Triunfo
Um ator desempregado é convidado a fazer uma oficina de teatro com presidiários que não têm qualquer proximidade com as artes. Daí que ele propõe nada menos do que uma encenação de “Esperando Godot”, de Samuel Beckett. E, contra todas as expectativas, o trabalho acaba sendo um sucesso, que inclusive leva a trupe para uma turnê pela França. Inspirado em uma história real, o filme foi exibido no Festival de Cannes.
França, 2020. Direção: Emmanuel Courcol. Com: Kad Merad, Marina Hands e Laurent Stocker. 14 anos


Nunca Fomos Tão Modernos
Santiago é um homem azarado, mas que conseguiu uma bela mulher. Mas o casamento não vai muito bem. Daí que ela, interpretada por Letícia Spiller, convence o melhor amigo do marido a despertar os ciúmes dele. Ao longo dessa comédia romântica, como era de se esperar, os planos acabam gerando uma confusão ainda maior.
Brasil, 2022. Direção: Alexandre Moretzsohn e Guga Coelho. Com: Letícia Spiller, Dudu Azevedo e Guga Coelho. 14 anos

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.