Karine Jean-Pierre será 1ª mulher negra e LGBT+ como porta-voz da Casa Branca

Karine Jean-Pierre em conversa com jornalistas, na Casa Branca – Mandel Ngan – 5.maio.22/ AFP

A porta-voz da Casa Branca, Jen Psaki, comunicou nesta quinta-feira (5) que deixará o cargo em breve. Em seu lugar ficará Karine Jean-Pierre, até então vice-secretária de Imprensa do governo Joe Biden —ela será a primeira mulher negra e a primeira pessoa abertamente LGBTQIA+ a assumir o cargo.

Em uma publicação no Twitter, Psaki agradeceu ao democrata, à primeira-dama, Jill Biden, e ao restante da família do presidente americano pela confiança em seu trabalho.

Sobre sua substituta, afirmou que “representatividade importa” e que Jean-Pierre “dará voz a muitos e também fará muitos sonharem alto com o que é realmente possível”.

Psaki foi porta-voz do governo desde o primeiro dia da gestão Biden, em janeiro de 2021. Desde então, protagonizou momentos emblemáticos com jornalistas que cobrem a Casa Branca. Um dos mais famosos ocorreu há quatro meses, quando ela respondeu didaticamente a um repórter da Fox News, explicando a importância da imunização contra a Covid por meio da diferença entre vacinados e não vacinados.

Ao sair do cargo, Psaki carregará, porém, marcas dele: ela está na lista de pessoas alvo de sanções do Kremlin e está proibida de entrar na Rússia —uma resposta do governo russo às sanções ocidentais ao país.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.