A Modern Extension That Combined Simple Forms and Clean Lines with a Dark Kitchen Design

The clients, a couple and their two dogs, enjoy entertaining and having people over for dinner and drinks, so it was important for Andrew to facilitate their lifestyle in the design. The existing Victorian house was reconfigured, keeping the front two rooms as bedrooms and transforming one of the existing bedrooms into an ensuite and walk-in-robe. What was originally the fourth bedroom became a much-needed home office. The modern extension is separated from the heritage by a simple step down. The detailing is more linear and clean in the new part of the house.

A modernist approach to the extension uses simple forms and clean lines to frame views through to the outside. The recycled bricks have been painted with a bagged finish, giving a soft and subtle texture finish. The kitchen uses dark wood grain, rich veiny stone, and aged brass edging around the island benchtop.

The dark kitchen works because of plenty of natural light and texture that absorbs that light and creates visual interest. Without that natural light or texture, a dark interior would be dark. So often, with minimalist homes, it’s all about light and bright interiors. Still, a dark interior can ground a space and create an intimacy that isn’t felt otherwise. And through the dark material choices and a well proportion scale to the extension, there is an intimacy that suits the dinner parties.

This classic double-fronted Victorian home in the culturally-rich suburb of Footscray, in Melbourne’s west, was in dire need of a well-designed renovation. In the 80s or 90s, additions were made, but they did not bring any value to the owners. So when Andrew Stapleton of DOOD Studio was approached, the ad-hoc additions were removed, the heritage front was restored, and a modern extension was added.

Os clientes, um casal e seus dois cachorros, gostam de se divertir e receber pessoas para jantar e beber, por isso foi importante para Andrew facilitar seu estilo de vida no design. A casa vitoriana existente foi reconfigurada, mantendo os dois quartos da frente como quartos e transformando um dos quartos existentes em suite e walk-in-robe. O que era originalmente o quarto quarto tornou-se um escritório doméstico muito necessário. A extensão moderna é separada do patrimônio por um simples degrau. O detalhamento é mais linear e clean na parte nova da casa.

Uma abordagem modernista da extensão usa formas simples e linhas limpas para enquadrar as vistas para o exterior. Os tijolos reciclados foram pintados com acabamento ensacado, dando um acabamento de textura suave e sutil. A cozinha usa grãos de madeira escura, pedra rica em veias e bordas de latão envelhecido ao redor da bancada da ilha.

A cozinha escura funciona por causa da abundância de luz natural e textura que absorve essa luz e cria interesse visual. Sem essa luz natural ou textura, um interior escuro seria escuro. Muitas vezes, com casas minimalistas, trata-se de interiores leves e brilhantes. Ainda assim, um interior escuro pode fundamentar um espaço e criar uma intimidade que não é sentida de outra forma. E através das escolhas de materiais escuros e uma escala bem proporcional à extensão, há uma intimidade que combina com os jantares.

Esta clássica casa vitoriana de fachada dupla no subúrbio culturalmente rico de Footscray, no oeste de Melbourne, precisava urgentemente de uma reforma bem projetada. Nos anos 80 ou 90, foram feitos acréscimos, mas não trouxeram nenhum valor aos proprietários. Então, quando Andrew Stapleton, do DOOD Studio, foi abordado, as adições ad-hoc foram removidas, a fachada do patrimônio foi restaurada e uma extensão moderna foi adicionada.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.