Kuo: Apple TV mais barata deverá ser lançada no 2º semestre

Será que ainda há tempo para a Maçã correr atrás da concorrência?

Se você acha que a Apple TV — a caixinha preta, não o aplicativo — anda meio esquecida e poderia estar em vias de se juntar ao iPod touch no paraíso dos dispositivos da Maçã, pode reajustar as suas expectativas… ao menos segundo os prospectos mais recentes do nosso amigo de sempre, Ming-Chi Kuo.

De acordo com o analista, a Apple deverá lançar uma nova versão, mais barata, da set-top box no segundo semestre deste ano. Não há mais detalhes sobre como será essa (possível) vindoura Apple TV, mas Kuo opina que a estratégia da Maçã — de integrar ao máximo possível hardware, conteúdo e serviços — poderá, se combinada com um produto mais acessível, diminuir a desvantagem da empresa em relação a concorrentes como os Fire TV, da Amazon, e os da Roku.

Hoje, de fato, as diferenças são consideráveis: a Apple TV HD, versão mais barata do produto, sai por US$150 (ou R$1.884) com 32GB de armazenamento e hardware defasado. A Apple TV 4K, por sua vez, parte de US$180 (R$2.261) com a mesma capacidade — enquanto isso, concorrentes entregam uma experiência parecida, e resolução semelhante, por menos de US$100 (ou até mesmo US$50).

Vale notar que a Apple já tem alguma experiência com set-top boxes de custo mais baixo: a segunda e a terceira gerações da Apple TV foram lançadas por US$100, e a terceira geração chegou a ser vendida por US$70 no fim do seu ciclo. Ou seja, existe espaço para oferecer um produto mais barato sem perder tanto na margem de lucro — resta à Maçã se movimentar.

Por outro lado, fica claro que, mesmo mantendo a Apple TV na linha, a estratégia atual da empresa é descentralizar seu conteúdo: o aplicativo Apple TV, afinal de contas, já está disponível em uma série de dispositivos da concorrência, como smart TVs, consoles, set-top boxes e dongles.

Ou seja, o preço mais baixo de uma futura Apple TV (a caixinha) poderá ser um fator de atração para que a Maçã convença os usuários a se manter no seu ecossistema não apenas no universo dos serviços, mas também no de hardware. Veremos. [MacMagazine]

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.